Pesquisar este blog

11.22.2007

QUAL VINHO COMBINA COM QUE???







Vinho que combina com BACALHAU

DUQUE DE VISEU TINTO 2002 – Dão– Portugal
Vinho Tinto
Uvas: touriga nacional, jaen, alfrocheiro, tinta roriz
Rubi brilhante, frutado, macio, taninos médios.
Servir de 16°C a 18°C
(Wine House - Zahil)

QUINTA DO ENCONTRO 2000 – Bairrada - Portugal
Vinho Tinto
Uva: baga
Equilibrado, frutas silvestres, estruturado e elegante
Servir de 16°C a 18°C
(Expand)

GAVI DEI GAVI 2001 – Piemonte - Itália
Vinho Branco
Uva: cortese
Seco, longo, intenso, frutado, encorpado, final com nozes
Servir de 11°C a 13°C
(Grupo Franco Suíssa)

FINCA EL PORTILLO MALBEC 2003 – Mendoza - Argentina
Vinho Tinto
Uva: malbec
Vermelho intenso, frutado, eucalipto, tabaco, redondo, taninos macios e envolventes
Servir de 16°C a 18°C
(Wine House - Zahil)

LA JOYA CABERNET SAUVIGNON 2002 – Vale Colchagua - Chile
Vinho Tinto
Uva: cabernet sauvignon
Rubi intenso, corpo médio, taninos macios, elegante
Servir de 16°C a 18°C
(World Wine – La Pastina)

MASTERPIECE CHARDONNAY 2003 – Murray Valley - Austrália
Vinho Branco
Uva: chardonnay
Amarelo palha, frutado, seco, aroma cítricos, bom corpo e hamonioso
Servir de 10°C a 12°C
(Best Wine)


PERU

As melhores escolhas para harmonizar com este prato podem ser um vinho branco encorpado ou um tinto mais leve, com toques adocicados e frutados.

Pinot Noir norte americano
Principalmente do Oregon pode ser uma boa pedida, pois trata-se de um vinho leve e muito equilibrado que não iria brigar com a textura da carne do peru.

Cabernet Sauvignon
Desde que não seja tão encorpado e tânico, pode se dar bem também com a carne escura da coxa.

Merlot
Com sua doçura, frutas vermelhas e com pouco tanino, é o ideal para combinar com a doçura da carne da grande ave e com os pratos preparado com componentes assim chamados de californianos como pêssegos, ameixa etc.

Shiraz
Espumante tinto australiano, encorpado, escuro, aromático e com muita fruta, servido frio, pode ser uma combinação exótica para o peru.

Chardonnay
Encorpado, com um delicado toque de madeira (vale a pena experimentar os nacionais), pode ser uma surpresa pois a similaridade de cores (carne branca/vinho branco) estará totalmente de acordo.


QUEIJOS


BRIE
Características: Gordo, cremoso e francês Com outros queijos ou carne.
Como servir: Acompanhado de vinho branco Chardonnay, para bire jovem, ou tinto Shiraz, para brie maduro.

EMMENTAL
Características: Suíço, de casca rígida e salgado Em pratos de queijo e fondue.
Como servir: Vai bem com vinhos tintos Pinot Noir e Cabernet Sauvignon.

GORGONZOLA
Características: Casca fina, polvilhado de ervas.
Como servir: Cai muito bem com molhos de salada e vinho tinto encorpado do tipo San Giovese.

GRUYÈRE
Características: Suíço, geralmente muito grande e duro.
Como servir: Na tábua de queijos ou em quiches e pratos gratinados. Casa-se bem com vinho tinto Shiraz.

PARMESÃO
Características: Duro e de sabor picante.
Como servir: Em saladas e carpaccio ou ralado sobre massas. Uma boa opção é ser escoltado por vinho tinto Cabernet Sauvignon.

CAMEMBERT
Características: Pequeno e cremoso, coberto por uma casca de mofo.
Como servir: Com pão ou maçã verde. Com vinho tinto Shiraz, se o camember for maduro, ou um branco Chardonnay, se ele for jovem.

PROVOLONE
Características: Defumado, feito com leite de ovelha, tem sabor picante.
Como servir: Puro, assado ou à milanesa, combina com vinhos tintos Pinot Noir e San Giovese.

ROQUEFORT
Características: Levemente cremoso e com traços verdes.
Como servir: Com saladas, outros queijos e um vinho branco do tipo Semmilon Late Harvest.



CARNES

Carne vermelha


Norton Clasico


http://www.expandgroup.com.br


Altos Las Hormigas Malbec

http://www.mistral.com.br
http://www.pobrejuan.com.br


Luigi Bosca Reserva Cabernet Sauvignon

http://www.decanter.com.br
http://www.buenosairesclassic.com.br


Finca El Portillo Malbec

http://www.winehouse.com.br

San Felipe en Roble Malbec

Agua Negra Syrah

http://www.casafasano.com.br
http://www.martinfierro.com.br



PIZZAS


De um modo geral, devemos escolher vinhos brancos de boa acidez e tintos mais jovens, para harmonizar com a leveza da massa e a acidez do tomate.



Chardonnay Reserva 2001 Marson
País: Brasil
Características: Bem elaborado, leve com boa fruta e acidez. (Marson)

Sauvignon Blanc Estate Donã Paula
País: Argentina
Características: Um primoroso Sauvignon do 'Novo Mundo', frutado e muito equilibrado. (Grand Cru)

Fiano di Avellino DOC Feudi di San Gregorio
País: Itália
Características: Clássico, com acidez e corpo corretos e notas de avelãs tostadas. (World Wine)


Barbera 'La Rossa' DOC Colonna
País: Itália
Características: Uma Barbera como antigamente. Frutado, equilibrado e ótimo custo-benefício. (Cellar)

Dolcetto 'Le Coste' DOC Michele Chiarlo
País: Italia
Características: Frutado, com taninos muito macios e agradáveis. (Zahil - Wine House)

Chianti Classico DOCG Castello di Fonterutoli
País: Italia
Características: Um expoente dos novos Chianti. Concentrado, médio corpo e final de frutas vermelhas. (Expand)



PAELLA

8 vinhos para acompanhar uma Paella.


No caso da paella mixta (a paella mais comum no Brasil), elaborada com mariscos e carnes brancas, recomendamos desde brancos e rosados secos passando por tintos jovens e ligeiros e, inclusive, espumantes brut e brut nature. Neste caso, recomendamos o Cava, o espumante espanhol por excelência.



BRANCOS SECOS

Bodega Pirineos Macabeo Colheita Tardia 2001/Bogeda Pirineos
País: Espanha – DO Somontano
Preço de referência R$ 44,00
Importador: First Food

Características:

Vinho branco elaborado com 100% da variedade espanhola Macabeo, procedente de vinhas com mais de 20 anos, coletadas manualmente e selecionadas no período de máxima maturação. Envelhecido em carvalho francês por cerca de 12 meses, adquire grande complexidade, apresentando aromas elegantes que lembram frutas maduras, flores e especiarias. Boa estrutura e persistência na boca.

Morandé Dueto – Chardonnay/ Viña Morandé
País: Chile – Vale de Casablanca
Preço de referência R$ 45,00
Importador: Viña Morandé

Características:

Vinho da linha varietal Dueto, elaborado com Chardonnay expressando características desta variedade, com uma cor amarelo pálido e aromas a frutas do mediterrâneo e tropicais. Na boca é fresco, equilibrado com um final persistente, fino e elegante.

ROSADOS SECOS

Gran Feudo Rosado 2002/Julián Chivite
País: Espanha – DO Navarra
Preço de referência R$ 37,00
Importador: Mistral

Características:

Elaborado com 100% da variedade espanhola Garnacha, recebeu 80 pontos no guia Peñin, que define este vinho com uma cor framboesa intensa, aromas de frutas vermelhas com caroço. Na boca é saboroso, com notas amargosas e de especiarias além de uma boa acidez.

Viñas del Vero Rosado 2001/Viñas del Vero
País: Espanha – DO Somontano
Preço de referência R$ 37,00
Importador: Mistral

Características:

Elaborado com uvas Tempranillo, Moristel e Cabernet Sauvignon, apresenta cor vermelho-cereja brilhante com aromas a frutas vermelhas e do bosque. Na boca apresenta bom peso de fruta e acidez equilibrada.

TINTOS SECOS

Abadia Retuerta Primicia 2002/Abadia Retuerta
País: Espanha – Valle del Duero
Preço de referência R$ 46,00
Importador: First Food

Características:

Vinho jovem, sem madeira, contém 60% de Tempranillo, 20% de Cabernet Sauvignon e 20% de Merlot. Intensamente frutado, fresco e aromático.

Jávier Asensio Semi Crianza 2002/Asensio Viñedos y Bodegas
País: Espanha – DO Navarra
Preço de referência R$ 31,00
Importador: First Food

Características:

Elaborado com 50% de Cabernet Sauvignon, 40% de Tempranillo e 10% de Merlot, passa por um envelhecimento de 5 meses em tonéis de carvalho americano e 15 meses na garrafa. Apresenta uma cor vermelho-granada com aromas de frutas e especiarias; algo balsâmico. Na boca é potente, carnoso e persistente, com taninos redondos e doces.

Prado Rey Roble 2001-2002/Real Sitio de Ventosilla
País: Espanha – DO Ribera del Duero
Preço de referência R$ 77,00
Importador: Decanter

Características:

Vinho tinto de meia crianza, recebeu 80 pontos na guia Peñin 2004, segundo a qual apresenta uma tonalidade cereja escura e aromas tostados e maduros. Na boca é um vinho carnoso, saboroso com taninos provenientes da madeira e da fruta.

CAVA

Cava Brut Reserva/Bodegues Sumarroca
País: Espanha – DO Penedès
Preço de referência R$ 38,00
Importador: La Pastina

Características:

Cava espanhol elaborado com 42% da variedade Parrellada, 27% de Macabeo, 24% de Xarel-lo e 7% de Chardonnay, apresenta um tonalidade palha com aroma intenso, frutoso e com notas de crianza. Na boca é seco, cremoso e com um fundo amargoso.


SOPAS

SOPAS LEVES

Caldo verde
Vinho tinto
Dão, Bairrada, Brasileiro Reserva.

Justificativa
O caldo verde é um creme de couve com batatas e tem a variante que acompanha lingüiça. Este caldo não é muito encorpado e tem sabor levemente herbáceo. Perfeito para este estilo são os vinhos de corpo médio, aromas levemente frutados com notas de especiarias, caso dos vinhos da Bairrada e do Dão. Cuidado com vinhos muito frutados e alcoólicos como os do Alentejo ou Novo Mundo.

Sugestão
Dão Porta dos Cavaleiros 2003, Mistral. Marson famiglia 2002, Marson, Brasil.

Capelete in brodo
Vinho tinto

Chianti, Valpolicella, Rosso di Montalcino.

Justificativa
Bem leve e com sabor delicado de noz-moscada, esse caldo tem ainda a presença do capelete. Mas isso não interfere na textura.
O vinho ideal para este tipo de caldo (brodo) é de sabor levemente ácido e frutado, sem marca do carvalho. Neste caso experimente adicionar um gole do vinho ao caldo.

Sugestão
Clianti San Fabiano 2003, Decanter. Rosso di Montalcino Camigliano, 2003, Casa Flora.

SOPAS ENCORPADAS

Caldinho de feijão

Vinhos
Jerez manzanilla ou fino.

Justificativa
Este é um clássico. Cremoso, picante, com ou sem alho torrado por cima. A textura do prato, o sabor picante e a nota salgada que tem este caldo devem ser considerados para uma harmonização. Para resolver de forma eficiente o picante do alho torrado e da pimenta-de-cheiro é preciso um vinho de boa acidez, sabor discreto e levemente amendoado. O Jerez é o par ideal para este tipo de creme e para todas as demais comidas que têm características picantes e salgadas.

Sugestão
Jerez Fino La Ina, Pernod Ricard.

Minestrone

Vinho
Tintos encorpados com boa acidez e taninos.

Justificativa
Prato de textura e pedaços de carne e de legumes cozidos precisa de um vinho com bons taninos e alguma fruta. A untuosidade tem que ser equilibrada pela acidez do vinho, neste caso o ideal são os vinhos como os da Sicília ou da Campânia.

Sugestões
Aglianico Mastroberardino, Campania 2002, Mistral. Sédara Nero d´Avola , Sicília, World Wine.

Creme de mandioca (aipim)

Vinhos tintos
Malbec argentino, Cabernet chileno, Syrah australiano.

Justificativa
Textura grossa e de sabor pronunciado. Para suportar este creme é preciso ter corpo e muita fruta no sabor. Vinhos tintos frutados e encorpados darão conta da textura e do sabor deste creme.

Sugestões

Malbec Foster 2002, Argentina, Grand Cru. Cabernet Sauvignon Reserva Casa Silva 2003, Vinhos do Mundo.


Spaghetti al sugo

Seis sugestões de vinho para acompanhar spaghetti al sugo.

De um modo geral, devemos escolher vinhos brancos de boa acidez e tintos mais jovens, para harmonizar com a leveza da massa e a acidez do tomate.

Chardonnay Reserva 2001 Marson
País: Brasil
Características: Bem elaborado, leve com boa fruta e acidez. (Marson)

Sauvignon Blanc Estate Donã Paula
País: Argentina
Características: Um primoroso Sauvignon do 'Novo Mundo', frutado e muito equilibrado. (Grand Cru)

Fiano di Avellino DOC Feudi di San Gregorio
País: Itália
Características: Clássico, com acidez e corpo corretos e notas de avelãs tostadas. (World Wine)

Barbera 'La Rossa' DOC Colonna
País: Itália
Características: Uma Barbera como antigamente. Frutado, equilibrado e ótimo custo-benefício. (Cellar)

Dolcetto 'Le Coste' DOC Michele Chiarlo
País: Italia
Características: Frutado, com taninos muito macios e agradáveis. (Zahil - Wine House)

Chianti Classico DOCG Castello di Fonterutoli
País: Italia
Características: Um expoente dos novos Chianti. Concentrado, médio corpo e final de frutas vermelhas. (Expand)












Salada Marítima


Ingredientes

* ½kg de polvo
* 200g de bacalhau
* 500g de camarão rosinha
* 250g de salmão
* ½kg de cebola roxa
* ½ quilo de cenoura ralada
* 250g de pimentão em conserva sem pele
* 50g de Ajinomoto
* Sal a gosto
* 1 colher de chá de pimenta do reino
* 100ml de óleo Carbonel
* 50ml de Vinagre Logório
* 1 copo de suco de limão

Modo de Preparar

Para preparar essa salada especial, recheada de peixes e frutos do mar, primeiro é necessário cozinhar todos os frutos do mar ao dente, e também os peixes, para depois, misturar todos os temperos com essas delícias “marítimas” uma hora antes de servir, para que tudo fique bem saboroso.

Salada Waldorf

Ingredientes

* 3 maçãs médias, descascadas, sem caroço, picadas em cubinhos
* 6 rabanetes grandes cortados em meias rodelas
* 2 cenouras médias raspadas e cortadas em cubinhos
* 2 pepinos verdes, pequenos, cortados em cubinhos
* 2 xícaras de chá de maionese

Modo de Preparar

Lave bem os ingredientes antes de cortá-los, misture-os numa saladeira e tempere incorporando a maionese. Misture todo mais uma vez e deixe na geladeira antes de servir.

Salmão Grelhado com Purê de Pêras



Ingredientes

* 2 postas grandes de filé de salmão pesando cerca de 600g cada uma
* 1 colher de chá de sal
* 6 pêras
* 2 colheres de sopa de manteiga ou margarina sem sal
* 2 colheres de chá de sal

Modo de Preparar

Tempere as postas de salmão apenas salpicando o sal sobre elas e leve-as à grelha elétrica pré-aquecida em temperatura máxima (já com as resistências bem vermelhas), com a pele virada para baixo durante 5 minutos. Vire com muito cuidado e deixe assando durante mais 5 minutos. Sirva com o purê de pêras: corte as pêras descascadas em pedaços pequenos e cozinhe-os em 3 copos de água fervente durante 10 minutos, até que fiquem macias. Aqueça a manteiga ou margarina numa frigideira e refogue os pedaços de pêra já cozidos durante 2 minutos, acrescentando o sal. Deixe apurar até reduzir o volume de líquido. Sua consistência deve ser pastosa, mas ainda com alguns pedacinhos da fruta.

Atum com molho de papaia e melancia


Rendimento: 4 porções de 245 g

Ingredientes

Molho

* 1/2 pepino japonês médio . 110 g
* 6 ramos de coentro . 20 g
* 1/2 mamão papaia . 255 g
* 1 cebola pequena . 245 g
* 1/2 xícara (chá) de melancia em cubos pequenos . 95 g
* 1 colher (chá) de pimenta dedo-de-moça sem sementes e picada . 2 g
* 3 colheres (sopa) de suco de limão . 45 ml
* 4 colheres (sopa) de azeite de oliva espanhol . 40 g
* Sal e pimenta-do-reino a gosto

Peixe

4 filés de atum ou salmão. 460 g
3 colheres (sopa) de azeite de oliva espanhol Borges . 30 g
Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de Fazer

1. Lave o pepino e o coentro sob água corrente. Coloque-os em uma tigela com solução de hipoclorito. Siga as especificações do fabricante. Em seguida, escorra a solução e seque o pepino e o coentro com toalha de papel. Pique o pepino em cubos pequenos, sem descascar. Use somente a metade de 1 pepino. Separe somente as folhas de coentro e pique finamente. Reserve.
2-Tire as sementes do mamão com a ajuda de uma colher pequena. Descasque-o e corte em cubos pequenos. Pique a melancia em cubos pequenos, meça 1/2 xícara das de chá e reserve.
3. Descasque a cebola, lave-a e pique em pedaços pequenos. Lave a pimenta dedo-de-moça, tire a sementes e a parte branca externa, pique em pedaços bem pequenos e meça 1 colher das de chá. Reserve.
4. Coloque em uma tigela o mamão, a melancia, o pepino, a cebola, o coentro, a pimenta, o suco de limão, o azeite de oliva e o sal. Misture até todos os ingredientes estarem incorporados. Cubra a tigela com filme plástico e reserve.
5. Lave os filés em água corrente e seque com toalha de papel. Coloque-os em uma tigela e junte o azeite de oliva, o sal e a pimenta-do-reino. Envolva os filés nesse tempero. Cubra a tigela com filme plástico e deixe tomar gosto por 15 minutos.
6. Aqueça uma frigideira antiaderente (18 cm de diâmetro), abaixe o fogo e arrume os filés.
7-Arrume os filés em pratos individuais e sirva acompanhado do molho.

Pão de Alho


Ingredientes:

2 copos de leite morno
30 g de fermento
4 ovos (batidos como pão de ló, isto é, claras em neve, juntar a gema e bater)
20 g de margarina
20 g de manteiga
4 colheres de óleo
1 colher (sopa) de sal
1 colher (sobremesa) de açúcar
8 dentes de alho bem socados
1 kg de farinha de trigo


Preparo:
# Dissolver o fermento no leite, juntar todos os ingredientes restantes, menos o alho.
# Acrescente a farinha por ultimo.
# Sovar, fermentar, juntar o alho à massa.
# Sovar e fazer os pães.
# Deixar crescer novamente, pincelar com a gema e óleo e assar.
# Pode ate acrescentar mais alho se desejar.

Rende 10 pães

Pãozinho com Creme de Limão e Coco

ingredientes:

Massa:
30 g de fermento biológico
2 colheres (sopa) de açúcar refinado
1 pitada de sal
1 colher (sobremesa) de açúcar de baunilha (açúcar vanille)
2 ovos médios ligeiramente batidos
250 ml de leite em temperatura ambiente
100 g de manteiga sem sal, macia
2 colheres (sopa) de fécula de batata
500 g de farinha de trigo aproximadamente

Creme de Limão:
400 ml de leite em temperatura ambiente
4 gemas de ovos grandes peneiradas
180 g de açúcar refinado
50 g de amido de milho (maizena)
1 colher (chá) rasa de essência de baunilha
1 colher (sobremesa) de manteiga sem sal
100 ml de suco de limão, coado
1 colher (sobremesa) de raspas de limão

Calda de Coco:
1 lata de leite condensado
1 vidro de leite de coco (200 ml)
1 colher (sopa) de rum ou conhaque
Outros:
250 g de coco ralado seco

Preparo:

Massa:
Dissolva o fermento com o açúcar.
Junte o sal, o açúcar de baunilha, os ovos, o leite, a manteiga, a fécula de batata e mexa até obter uma mistura lisa e homogênea. Em seguida, vá acrescentando a farinha de trigo, aos poucos, e bata na batedeira até obter uma massa lisa e macia, porém enxuta. Imediatamente, modele os pãezinhos e deixe crescer até dobrar de volume.
Leve ao forno pré-aquecido à 200ºC e asse rapidamente.

Creme de Limão:
Coloque em uma panela média os quatro primeiros ingredientes e leve ao fogo, mexendo sempre, até obter um creme liso e brilhante. Junte os demais ingredientes e misture delicadamente. Deixe esfriar completamente .

Calda de Coco:
Misture todos os ingredientes.

Finalização:
Coloque o creme de maracujá em um saco de confeitar com bico perlê, aplique o creme no centro de cada pãozinho, passe pela calda e envolva no coco ralado seco.

TORTA MOUSSE DE MERENGUE E MORANGO E FRUTAS


Ingredientes: p/ 20 porções

10 claras
25 colheres de (sopa) de açúcar
8 colheres de (chá) de gelatina em pó sem sabor
4 colheres de (chá) de gelatina vermelha em pó
400 g de nata em chantilly
500 g de morangos
100 g de uvas
4 kiwis
1 mamão papaia.

Como preparar:

1) Bata as claras em neve,juntando o açúcar até ficar firme.
2) Dilua as gelatinas em, 1/2 xícara de água e leve ao fogo em banho-maria
3) Junte as claras batidas
4) Coloque em uma fôrma de abrir uma camada de mousse
5) Leve a geladeira
6) Bata a nata em chantilly
7) Distribua uma camada na forma e cubra com morangos
8) Coloque mais uma camada de mousse e leve para a gelar
9) Cubra com outra camada de chantilly e as frutas restantes como as uvas, as
fatias de kiwis e bolas de mamão papaia.
10) Mantenha na geladeira por mais de 2 horas antes de servir.

Creme brûlée


ingredientes:

- 600 ml creme de leite fresco
- fava de ½ baunilha (ou 6 gotas de essência de baunilha)
- 1 pedaço de casca de laranja
- 150 g açúcar
- 2 ovos
- 6 gemas
- açúcar refinado para caramelizar


Modo de preparo

Numa panela em fogo médio coloque o creme de leite fresco, a baunilha aberta e a casca de laranja e deixe ferver. Desligue o fogo, coe e reserve o líquido.
Numa tigela, coloque o açúcar, os ovos e as gemas e bata com um batedor de arame até formar um creme fofo. Acrescente o creme de leite fresco coado e bata vigorosamente.

Coloque a tigela sobre uma panela com água, em fogo médio (banho-maria), e mexa sempre enquanto cozinha, até engrossar.

Divida a mistura sobre 4 tigelinhas e leve para a geladeira por 2 horas.

Retire da geladeira e polvilhe açúcar. Com o auxílio de uma colher quente (Dica: coloque a colher sobre a chama do fogão até ficar bem quente) caramelize o açúcar, encostando a colher. (Ou utilize um maçarico de culinária). Sirva a seguir.

Rendimento: 4 porções

Risoto de Morango

Ingredientes:

300g de arroz para risoto (tipo Arbório)
60g de manteiga
50g de queijo parmesão ralado
1/2 copo de vinho branco seco
1 cebola média ralada
1 litro de caldo de galinha
2 xícaras (chá) de morangos inteiros

Modo de Preparar:

Em uma panela doure a cebola em 30 g de manteiga. Junte o arroz, mexa bem, adicione o vinho branco e deixe cozer por 1 min. Em fogo brando, junte o caldo de galinha, sem parar de mexer. Quando o caldo evaporar um pouco, coloque mais. Enquanto isso, corte os morangos em pequenos cubos e acrescente-os ao arroz quase cozido, mexa bem, adicione o restante da manteiga. Retire do fogo e junte o queijo parmesão. Sirva a seguir.

Arroz a Galache

Ingredientes:

3 xícaras (chá) de arroz
2 colheres (sopa) de manteiga
2 colheres (sopa) de óleo
1 xícara (chá) de champignon cortado
1 xícara (chá) de passas sem sementes
1/2 xícara (chá0 de nozes picadas
1 cebola pequena picada
1 xícara (chá) de champanhe
3 colheres (sopa) de queijo ralado
sal a gosto

Modo de Preparar:

Refogue a cebola na manteiga com o óleo. Adicione o arroz e refogue mais um pouco. Acrescente as passas, as nozes e o champignon. Cubra com cinco copos de água e deixe cozinhando até começar a secar. Antes de completar o cozimento, coloque o champanhe. Desligue o fogo quando o arroz já estiver seco e deixe descansar por 15 min. Molhe com água fria uma forma para pudim e disponha o arroz em camadas, alternando com queijo ralado. Aperte levemente. Desenforme na hora de servir.