Pesquisar este blog

12.06.2007

VOLTA AO MUNDO COM SEUS SABORES


Rústica é a maior característica da culinária portuguesa. Os descobridores do Brail aprenderam a combinar e aproveitar os ingredientes disponíveis com maestria. E o resultado é sempre uma explosão de cores, aromas e sabores no prato.

Foi de Portugal que partiram para o resto do mundo pratos como as sopas, os cozidos, as migas e os pratos à base de arroz.

Em sua viagens os portugueses levaram alimentos que modificaram a dieta de outros povos e incorporaram a seu cardápio outros tantos, como exemplo do que estamos falando, temos o tão famoso bacalhau.

Mas com toda esse grande culinária, as refeições são relativamente baratas em Portugal. Seus pratos típicos são simples, como por exemplo, o caldo verde. O frango assado e temperado com alho, também é bem popular.

Os restaurantes normalmente oferecem um menu turístico, que inclui uma entrada ou uma sopa, um prato principal e uma sobremesa, pão e uma bebida, tudo por um preço menor do que o de um prato principal do cardápio. Vale a pena conferir!!!



MARISCOS NA CATAPLANA
INGREDIENTES:
1/2 xícara de chá de vinho branco
2 colheres de sopa de azeite
400g de lula limpa em pedaços
300g de mexilhão cozido
4 dentes de alho picados
1 cebola média picada
1 ramo de salsa picada
Sal
Pimenta do reino


MODO DE PREPARO:
Refogue em fogo alto a cebola com alho no azeite sem deixar dourar. Adicione os frutos do mar e refogue por mais 4 minutos. Tempere com sal e pimenta. Acrescente o vinho, mexendo de vez em quando, deixe cozinhar por 10 minutos com a panela tampada. Polvilhe salsa e sirva.

Curiosidade:
A cataplana é um dos símbolos da cozinha do Algarve. Era feito de ferro batido e zinco, mas hoje em dia é feito de cobre. Na região de Beira Baixa essa panela é conhecida como prussiana.
Rendimento : 4 porções - Calorias : 296 por porção



CALDO VERDE PORTUGUêS
INGREDIENTES:
250g de couve-manteiga
3 chouriços médios
1kg de batata sem casca
Água
1/2 colher de sopa de sal
1 cebola média cortada em quatro
1 dente de alho cortado em lâminas
1/2 xícara de chá de azeite de oliva


MODO DE PREPARO:
Lave a couve sob água corrente, retire os talos e seque-as com toalha de papel. Pique-a em tiras finas e arrume em uma peneira. Coloque em uma panela 2 litros de água e leve ao fogo por 15 minutos ou até ferver. Retire do fogo e despeje sobre a couve. Reserve.

Lave as batatas, descasque-as e pique em pedaços pequenos. Reserve.Descasque a cebola, lave-a e corte em 4 gomos. Reserve. Descasque o alho e pique-o em lâminas. Reserve.Coloque em uma panela 1 litro de água e os chouriços. Leve ao fogo por 8 minutos ou até a água ferver. Retire do fogo, escorra a água e corte os chouriços em rodelas finas. Reserve.

Coloque em uma outra panela as batatas, a cebola, o alho, metade do azeite de oliva, 1 e 1/2 litro de água e 1 colher de sopa de sal. Leve ao fogo e cozinhe por 45 minutos ou até as batatas ficarem macias. Retire do fogo, espere amornar por 10 minutos e transfira para o copo do liquidificador.

Bata por 1 minuto ou até obter um creme homogêneo e despeje de volta na panela. Acrescente o restante do azeite de oliva. Leve ao fogo e cozinhe, mexendo de vez em quando, por mais 5 minutos ou até começar a engrossar. Misture a couve, o chouriço.Acerte o sal e retire do fogo. Sirva em seguida.

Tempo de Preparo : 1:30
Rendimento : 16 porções de 185g



BATATAS AO MURRO
INGREDIENTES:
3/4 xícara de chá de azeite
8 batatas médias com casca
3 dentes de alho sem casca
Sal


MODO DE PREPARO:
Aqueça o forno em temperatura alta.

Lave e escove bem as batatas. Coloque-as em uma assadeira e leve ao forno até que fiquem macias. Retire do forno e com a mão em volta de uma pano deprato de um murro em cada batata. Aqueça o azeite com o alho e junte aos poucos as batatas. Frite de cada lado até dourar bem. Retire o alho para não queimar. Deixe a batata escorrer em papel absorvente. Tempere e sirva quente.

Curiosidade:
Esta receita é típica da região da Beira Alta onde é costume passar a batata no sal grosso para depois levar para assar. Antes de servir é salpicado mais sal e regado com azeite.
Rendimento : 8 porções


PASTEL DE SANTA CLARA

INGREDIENTES:
Massa:
4 xícaras de chá de farinha de trigo peneirada
1 xícara de chá de água
1/2 colher de chá de sal
2 ovos

Recheio:
3 1/3 xícara de chá de açúcar
2 xícaras de chá de água
2 colheres de sopa de farinha de trigo
2 colheres de chá de manteiga
1 colher de chá de baunilha
20 gemas

Açúcar de confeiteiro para polvilhar

MODO DE PREPARO:
Massa:
Bata os ovos com o sal. Junte água e farinha. Misture com as mãos e despeje em uma superfície enfarinhada. Amasse a massa por 3 minutos, batendo bem para ficar elástica. Coloque em uma tigela enfarinhada, cubra com filme plástico e deixe por 1 hora.

Recheio:
Leve ao fogo o açúcar com água até dissolver bem. Cozinhe sem mexer para que a calda fique um pouco grossa. Retire do fogo e deixe esfriar. Junte manteiga, farinha, gemas e baunilha à calda e leve ao fogo baixo, mexendo até soltar do fundo da panela. Deixe esfriar.

Montagem:
Divida a massa em várias partes. Abra uma parte bem fina com o rolo sobre um pano limpo e enfarinhado. Deixe descansar por 3 minutos cada parte aberta. Estique a massa em todas as direções até ficar bem fina e transparente. Deixe descansar sobre o pano até começar a secar, ficar áspera, sem grudar nas mãos.

Aqueça o forno em temperatura média. Corte a massa com um cortador de biscoitos de 10cm de diâmetro. Pegue 2 pedaços cortados e coloque no fundo de uma forminha canelada, redonda, alta e com 7cm de diâmetro. Forre a forminha com a massa e coloque 1 colher de sopa do recheio. Pegue mais dois círculos cortados e cubra a forminha recheada, apertando bem com o cabo de uma colher. Faça isso com todo o recheio e massa.

Coloque as forminhas em uma assadeira e asse por 10 minutos ou até que a massa fique crocante e ligeiramente dourada. Retire do forno, deixe esfriar e desenforme. Polvilhe com o açúcar e sirva.

Curiosidade:
Pastel de Santa Clara, Pao-de-Anjo, Toucinho-do-Céu e Queijinho-do-Céu foram criados por freiras e noviças nos conventos medievais, onde se cultivava o hábito da boa mesa. Daí seus nomes serem uma alusão à religião.
Rendimento : 45 unidades - Calorias : 143 por unidade


ARROZ SARRABULBO
INGREDIENTES:
7 xícaras de chá de água
5 xícaras de chá de arroz lavado
1 1/2 xícara de chá de angue de porco fresco
4 colheres de sopa de louro em pó
2 colheres de sopa de sal
1/2 colher de chá de pimenta-do-reino
1/2 colher de chá de cominho
1/2 colher de chá de noz-moscada em pó
500g de acém
500g de frnago sem pele e osso
500g de costeleta de porco
250g de bofe de porco
150g de linguiça fresca
10 cravos da índia
1 coração de porco


MODO DE PREPARO:
Leve ao fogo médio para cozinhar por 1 hora ou até que tudo esteja macio : acém, frango, costeleta, linguiça, coração, bofe, água e temperos.

Retire as carnes e corte tudo em pequenos pedaços. Na mesma água que sobrou coloque o arroz e cozinhe até ficar "al dente". Junte as carnes e o sangue, misture tudo. Deixe cozinhar por mais 5 minutos ou até que o arroz esteja macio. Sirva em seguida.

Curiosidade:
Esta receita é da região do Douro onde existem outras versões do prato como o sarapatel ou as Papas de Sarrabulbo com miúdos de porco.
Rendimento : 30 porções



BACALHOADA
INGREDIENTES:
3 colheres de sopa de azeite
3kg de bacalhau
8 cebolas médias sem casca
8 ovos
8 batatas médias sem casca
2 maços de couve sem talo
Sal
Pimenta do reino


MODO DE PREPARO:
Coloque o bacalhau de molho de véspera em uma peneira sobre uma tigela grande, mas não deixe que a peneira fique próximo do fundo. Troque a água 3 ou 4 vezes.

Leve para cozinhar as batatas com água. Junte as cebolas e os ovos com casca. Quando as batatas estiverem quase cozidas, retire os ovos e descasque-os. Adicione o bacalhau. sal e pimenta. Cozinhe por mais 10 minutos. Tire do fogo. Reserve a batata e o bacalhau separadamente. Junte a couve com água e um pouco do caldo do cozimento do bacalhau. Cozinhe por 20 minutos ou até ficar "al dente". Escorra a verdura e o bacalhau. Arrume os ingredientes em uma travessa, regue com azeite e sirva.
Rendimento : 10 porções - Calorias : 590 por porção


FATIAS DOURADAS
INGREDIENTES:
1 xícara de chá de açúcar
1 xícara de chá de farinha de trigo
1 colher de chá de fermento em pó
6 ovos
1 pitada de sal

Calda:
4 xícaras de chá de açúcar
2 1/2 xícara de chá de água
1 colher de chá de farinha de trigo
15 gemas peneiradas
Canela em pó


MODO DE PREPARO:
Aqueça o forno em temperatura média.

Bata na batedeira os ovos até que doubrem de volume. Junte o açúcar e continue batendo. Acrescente a farinha, fermento e sal, misture tudo. Despeje em uma fôrma para bolo inglês de 28,5x11,5cm untada com manteiga e asse até dourar ligeiramente. Deixe amornar, desenforme e corte em 12 fatias.

Calda:
Leve para ferver o açúcar com 2 xícaras de água até o ponto de fio fraco, que se rompe facilmente. Passe cada fatia na calda. Escorra e coloque em uma travessa. Adicione a água restante à calda que sobrou e peneire. Leve ao fogo até dar ponto de pérola. Ponha um pouco de calda sobre as gemas. Adicione a farinha às gemas e misture. Despeje na calda restante. Leve ao fogo e mexa até engrossar. Sirva sobre as fatias de pão-de-ló e polvilhe com canela.
Rendimento : 12 fatias - Calorias : 489 por fatia



VOLTA AO MUNDO COM SEUS SABORES

Dentre os principais patrimônios que caracterizam a Itália, além de suas belezas paisagísticas e de sua arte, está a gastronomia. A cozinha italiana é talvez uma das mais ricas do mundo, principalmente no que diz respeito aos ingredientes característicos da cozinha típica e regional. Isso é sem duvida conseqüência dos vários povos que passaram pela península itálica através dos séculos e lá deixaram sua marca com a introdução de novos elementos e alguns pratos hoje apreciados em todo o mundo.

Uma das etnias que mais influenciou na formação dessa cultura foram os árabes, que, a partir do século IX, principalmente na Sicília, implementaram a culinária local com o açúcar, o arroz, a canela, o açafrão, a berinjela e os doces de marzipã. Além disso, transmitiram as técnicas de produção de figos secos e passas.

A partir de 1600 os espanhóis também deixaram sua marca, principalmente com novos produtos originários da América como, por exemplo, o tomate, a batata, o feijão, o milho, o cacau, o rum e o café. Na época de Napoleão Bonaparte, os franceses transmitiram agregaram à culinária italiana a utilização de pratos com produtos derivados do leite, como manteiga e creme de leite. Eles também ensinaram aos cozinheiros italianos formas mais refinadas de apresentação dos pratos, com um visual mais elaborado. Com a imigração dos italianos para a América (Nova York, Buenos Aires e São Paulo), a partir de 1900, a Itália exportou sua culinária, principalmente com napolitanos, que passaram a divulgar a pizza e o famoso “spaghetti al sugo”, pratos conhecidos e apreciados em todo o mundo.

Portanto, é difícil falar numa cozinha italiana, o mais correto é falar em cozinha típica regional italiana. Além das diferenças gastronômicas entre o sul e o norte, dentro da mesma região encontra-se em várias cidades, até mesmo próximas, diferenças históricas, devido aos povos que passaram no local, geográficas e climáticas que determinam os tipos de produtos elaborados e que, por sua vez, vão constituir os ingredientes dos pratos tipicamente regionais.



ANTEPASTO DE PIMENTÃO


Ingredientes

100 g de anchovas ao sal
10 ml de azeite
10 g de manteiga
4 pimentões amarelo
2 dentes de alho
3 colheres de leite

Modo de Preparar

Lave e enxugue os pimentões, depois corte em 4 partes, cada um, tire as sementes e os filamentos internos. Lave as anchovas e retire a parte central (espinha) e pique com os dentes de alho. Em uma frigideira, no fogo brando, coloque a mistura de anchovas e alho, o óleo, a manteiga e o leite, mexa tudo. Junte as fatias de pimentão e cozinhe em fogo brando, mexendo sempre, jogando por cima o molho formado. Sirva quente.

Acciughe Biance

Ingredientes

marcador 300g de anchovas frescas
marcador 20 ml de azeite
marcador 6 limões
marcador orégano
marcador sal e pimenta

Modo de Preparar

Tire a cabeça das anchovas, abra-as, escame-as, lave e enxágüe. Disponha-as em uma travessa. Derrame o suco dos limões onde foram diluídos o sal e a pimenta a gosto. Deixe repousar na geladeira por pelo menos 12 horas. No momento de servir, escore a água que se formou e torne a enxaguar. Disponha as anchovas em uma travessa e despeje sobre elas o azeite e polvilhe o orégano. Decore a travessa com fatias de limão.


CAPELLETTI ALLÁ ROMAGNOLA

Ingredientes

250 g de capelletti

150 g de presunto picado

150 g de cogumelos

200 g de ervilhas frescas

2 colheres (sopa) de manteiga

¼ de cebola picada

1 copo de creme de leite

queijo parmesão ralado

sal


Modo de Preparar

Cozinhe os cogumelos em água e sal, escorra-os e reserve-os. Refogue a cebola na manteiga até dourar, acrescente o presunto e deixe fritar alguns minutos, mexendo sempre. Acrescente as ervilhas, os cogumelos e o creme de leite. Cubra os capelletti cozidos em abundante água salgada, polvilhe queijo ralado e sirva quente.



PALHA ITALIANA

Ingredientes

1 lata de leite condensado
1 colher (sopa) de manteiga
2 colheres (sopa) de cacau em pó
200 g de biscoitos Maria esmigalhados
manteiga para untar

Modo de Preparar

Misture o leite condensado, a manteiga e o cacau em pó. Leve ao fogo brando e mexa até desprender do fundo da panela. Retire do fogo, acrescente o biscoito e misture bem. Despeje numa assadeira pequena, untada e deixe esfriar. Corte em quadrados pequenos e coloque-os em forminhas de papel.

Rende 30 docinhos.

CARPACCIO DE BRESAOLA COM RÚCULA

Ingredientes

50 g de bresaola cortada em fatias bem finas

uma porção pequena de alcaparras picadas

suco de 2 limões

azeite de oliva

queijo parmesão ralado em lascas grossas (utilizar ralador de legumes)

uma porção de folhas de rúcula, de preferência pequenas


Modo de Preparar

Em um prato grande raso espalhar as fatias de bresaola, sem sobrepô-las. Regá-las com o suco de limão junto com as alcaparras picadas. Distribuir por cima as folhas de rúcula e salpicar com o queijo parmesão ralado. Regar com azeite de oliva.

Rendimento para 4 pessoas.

Tempo de preparo: 10 minutos.


PÊRAS AO CHOCOLATE

Ingredientes

marcador

6 pêras bem firmes

marcador

1 ½ xícara (chá) de açúcar

marcador

3 colheres (sopa) de manteiga

marcador

3 xícaras (chá) de chocolate derretido

marcador

1/2 copo de vinho Marsala seco

marcador

1 colher (chá) de casca de limão ralada

marcador 4 colheres (sopa) de vinho Marsala doce

Modo de Preparar

Descasque cuidadosamente as pêras, deixando os cabinhos. Refogue-as na manteiga por 5 min. Junte o Marsala e polvilhe o açúcar e a casca de limão. Cozinhe em fogo baixo, regando sempre com o vinho, até que as pêras fiquem macias, mas inteiras. Retire-as do fogo e coloque-as para escorrer numa peneira. Derreta o chocolate em banho-maria e regue com ele as pêras, depois de frias. Ao servir, aromatize com o vinho Marsala doce.


RISOTO DE LIMÃO

Ingredientes

marcador 2 xícaras de Arboro Rice
marcador 6 xícaras de caldo de carne (não serve caldo em tabletes)
marcador 1 média cebola ralada
marcador 2 colheres de sopa de manteiga
marcador 1 colher de sopa de azeite de oliva
marcador 2 colheres de sopa de caldo de limão
marcador 1 colher de chá de casca de limão (ralado)
marcador 3 colheres de sopa de queijo parmesão ralado
marcador pimenta do reino e sal a gosto
marcador pitada de noz moscada
Modo de Preparar

Refogar a cebola em no azeite de oliva por 3 minutos em fogo brando, acrescentar o caldo de carne, o suco de limão, casca de limão ralada, sal, pimenta do reino, e noz moscada. Assim que começar a ferver acrescentar o arroz. Voltando à segunda fervura, cozinhar em fogo médio por exatamente 15 minutos. Desligar, acrescentar o queijo parmesão e a manteiga misturando suavemente, deixar descansar por 5 minutos. Enformar nos pratos individuais ou travessa para o centro da mesa, e servir imediatamente. Sugestões para acompanhamento: Camarão com alho na manteiga, Camarão com suco de laranja e mostarda, ou Peito de frango grelhado com molho de cogumelo.

Rendimento para 6 pessoas.



SPAGHETTI ALLÁ PUTTANESCA


Ingredientes

250 g de macarrão tipo espaguete
2 dentes de alho amassados
¼ de xícara de azeite de oliva
4 filés de anchova em conserva escorridos
¼ de xícara de alcaparra em conserva, escorrida, lavada e picada
1/3 de xícara de azeitona preta, sem caroço picadas
6 tomates grandes bem maduros, sem pele e sem sementes, picados
1 pimentão vermelho médio, picado
1 colher de chá de sal
1 pitada de pimenta-do-reino
1 colher de sopa de salsinha picada

Modo de Preparar

Num caldeirão, aqueça 3 litros de água em fogo alto. Quando começar a ferver, acrescente 1 colher de sopa de sal. Junte o macarrão de uma só vez e cozinhe até ficar "al dente". Enquanto isso, comece a preparar o molho. Numa panela média, em fogo alto, refogue o alho no azeite de oliva, mexendo de vez em quando com uma colher de pau, até começar a dourar. Junte a anchova e refogue rapidamente amassando com a colher de pau. Acrescente a alcaparra e a azeitona e misture bem. Adicione o tomate e o pimentão e mexa bem. Tempere com o sal e a pimenta-do-reino. Reduza o fogo para médio, tampe a panela e cozinhe, mexendo de vez em quando, até obter um molho espesso. Acrescente a salsinha, misture e tire do fogo. Escorra o macarrão, transfira para uma tigela e junte o molho. Misture delicadamente e sirva a seguir.
FETUCINE ALFREDO

Ingredientes

400 g de fetucine

250 g de creme de leite (ou panna)

100 g de queijo parmesão ralado

60 g de manteiga

sal e pimenta branca moída a gosto


Modo de Preparar

Leve a massa para cozinhar, normalmente, em água salgada. Cerca de dois minutos antes de terminar o cozimento, retire a massa, escorra-a e coloque-a novamente na panela do cozimento. Coloque o creme de leite, um pouco de sal e pimenta branca e termine o cozimento. Desligue o fogo, acrescente a manteiga e o parmesão e sirva imediatamente.

Rendimento para 4 pessoas.