Pesquisar este blog

4.06.2011

Gastronomia Animar Desanimando...ame-a ou deixe-a...


Há 15 anos atrás, não existiam escolas de gastronomia no Brasil.O jeito de aprender a profissão era encarar a cozinha, no calor, no peito e na raça os cursos começaram a aparecer por todo o país e hoje, já estabelecidos, se preocupam em elevar o nível de ensino, que é muito criticado e considerado de má qualidade.
Segundo o INEP (Instituto Nacional de Aprendizagem e Pesquisas Educacionais), o Brasil tem 111 cursos de gastronomia registrados, sendo 101 de graduação e 10 sequenciais. Dentre todas as escolas de graduação, apenas 7 oferecem o título de bacharel, enquanto as outras 94, de tecnólogo. Nessa conta, existem 2 escolas federais, 2 estaduais e 97 escolas particulares, normalmente muito caras.
Seduzidos pela badalação em torno dos chefs e pelos encantos da boa comida, cada vez mais candidatos procuram os cursos da área, que se multiplicaram nos últimos tempos. Da mesma forma, o perfil dessa turma está mudando em ritmo acelerado. Há poucos anos, quem procurava esse tipo de aprendizado era a classe baixa. Agora o interesse pela cozinha vem das classes abastadas, seduzidas justamente pelo glamour e pela badalação e do grande destaque que a mídia tem dado a carreira de chef de cozinha.
Cada dia mais presente em revistas e vendo chefs se tornando celebridades, a carreira conquista milhares de jovens endinheirados, que se deixam levar pelo lado fashion da profissão. Para os mais ricos, o final do curso marca o começo de uma carreira internacional, com viagens à Europa e EUA. Mas, mal sabem que a vida de chef não é nada glamourosa e que o trabalho pesado é a única forma de alcançar o sucesso na profissão. Os grandes chefs internacionais, que hoje são celebridades, não deixam de exigir muita garra, esforço e determinação de seus aprendizes.
Ao ingressar no mercado de trabalho, os alunos, orgulhosos de seus diplomas, se deparam com um mundo completamente diferente do que sonhavam ou aprenderam nas escolas. Chefs como Laurent Suaudeau, concordam com o estudo como forma de difusão da cultura gastronômica, mas é categórico ao afirmar que os alunos levam de 5 a 10 anos de trabalho duro para se tornarem chefs. E esse conceito é altamente ignorado pelos estudantes, que se denominam chefs desde a entrada nas escolas.
A verdade é que, se o perfil de quem sonha com as cozinhas mudou, aquele procurado pelo mercado também tem se transformado. Ser um chef exige cada vez mais qualificação, dedicação e conhecimentos multidisciplinares, como em todas as profissões que evoluíram muito nos últimos anos. Ser cozinheiro virou trabalho sério.
O crescimento na busca pelos cursos de cozinha, no entanto, não se resume aos profissionais que procuram melhorar seu desempenho ou aqueles que querem ingressar no mercado. Grande parte dos aprendizes quer simplesmente aprender mais sobre as manhas do fogão. Aproximadamente 40% dos estudantes de gastronomia só estão interessados em prazer, e conhecimento, com o desejo de aperfeiçoar seus hobbys e alguns simplesmente pelo glamour e fama.
Hoje em dia um estagiário recém formado nem ao menos recebe ajuda de condução para estagiar em restaurantes renomados do eixo SP-RJ, trabalham e fazem a parte digamos a que ninguém quer fazer dentro da cozinha, aos mais velhos hoje dependendo do tempo que esta na profissão um cozinheiro líder ganhar de 1500,00 a 2000,00, um auxiliar em torno de 700,00, e um ajudante por volta de 500,00. O investimento de uma escola de Gastronomia hoje é absurdo, quanto vale a pena você investir para trabalhar na área já que as faculdades não passam um feedback de como é realmente a vida dentro de uma cozinha.
Não custa lembrar que a vida de chef de cozinha não é tão fácil e muito menos glamourosa quanto parece. O trabalho dentro de uma cozinha profissional é pesado. Passa-se muito tempo em pé, em ambiente úmido, quente e tenso, afinal, todos trabalham estressados, cada um com uma faca na mão...

Cozinha acima de tudo é paixão é determinação e aprendizagem, então na hora de escolher Gastronomia pense bem, não é querer animar desanimando....mas se vc ama esta área corra atrás e tenha garra.

Fonte: Varias lidas e reproduzidas mas com algumas pitadas minha.

Um comentário:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.