Pesquisar este blog

8.19.2011

Challah o Pão trançado judaico que é cercado de rituais e simbolismos

Challah o tradicional pão trançado judaico. O modo de trançar é o segredo da challah. O pão judaico, que se pronuncia "ralá", é consumido durante cerimônia realizada no dia do descanso semanal sagrado, às sextas-feiras, após o pôr-do-sol.



A culinária judaica é assim, sempre acompanhada de rituais. Não se deve, por exemplo, misturar leite e carne. Essa tradição é baseada na lei de Moisés que diz: "não comer o bezerro no leite da mãe".
Também só podem ser consumidos animais de quatro patas e que tenham casco fendido. Acredita-se que o casco que o separa da terra demonstra que sua ligação com o chão onde pisa não é demasiada. Assim, gados e carneiros estão liberados para os judeus.


O leite não faz parte dos ingredientes, pois isso impediria o consumo com carnes, servidas nas cerimônias do Shabat. "A challah é um pão simbólico do povo judeu que consumimos na sexta-feira, à noite, durante o Shabat. É uma cerimônia religiosa que marca o final da semana e o início do dia do descanso. Na Bíblia, conta-se que Deus fez o mundo em seis dias e no sétimo ele descansou"
O ritual começa com as velas, que devem ser acesas pelas mulheres. No jantar, o pão deve ser cortado com as mãos e distribuído entre os presentes.


2 colheres de café de fermento em pó - 1 xícara de chá de água morna - 4 ovos batidos - 6 colheres de sopa de óleo - 1 colher de sopa de açúcar - 2 colheres de chá de sal - 4 a 5 xícaras de chá de farinha de trigo - manteiga para untar - 1 ovo batido para pincelar


Modo de fazer: Numa tigela funda, dissolva o fermento na água morna. Deixe descansar por 5 min. Misture em seguida os ovos, o óleo, o açúcar e o sal. Acrescente a farinha aos poucos, mexendo bem até obter uma massa consistente e uniforme. Coloque a massa sobre uma superfície enfarinhada e, com as mãos também enfarinhadas, amasse bem por 5 min. Deixe descansar em local protegido até dobrar de tamanho. Divida a massa em 3 partes iguais e enrole formando 3 rolos. Com cada rolo faça uma trança. Coloque as tranças numa assadeira untada e enfarinhada. Pincele com o ovo batido. Leve para assar em forno quente (375°C), preaquecido, por mais ou menos 45 min, ou até ficarem douradas.


O pão de Shabat é, talvez, a única receita que se encontra em todo lar judaico de qualquer lugar do mundo.









2 comentários:

Guloso e Saudável disse...

O texto está informativo e muito interessante, não conhecia tanto pormenor do Challah, o ritual que o envolve.
O pão é muito bom.

Bruna do Gourmandisme disse...

Excelente post, com conteúdo e receita muito interessantes. Abs e bom fim de semana!