Pesquisar este blog

8.22.2011

Queen of Puddings


Queen of Puddings




Será que este pudim, uma vez eleito para uma posição real, também merece o título de "Sua Majestade" ? Os manuais sobre as boas maneiras nada dizem sobre este assunto. No entanto, é fácil imaginar as gravuras que, por exemplo, Hogarth da Corte teria de fazer deste rei de pudim: o Christmas Pudding (pudim de Natal) desempenharia o papel de soberano da corte e um grupo de pequenos Plumpuddings em uniformes de pagens desfilaria nas arcadas.
No padrão do merengue devem dominar os tons vermelhos, alcançando o efeito mais bonito com uma mistura de compotas de alperce e de framboesa. Com frutos maduros e carnudos e a quantidade certa de açúcar é fácil obter os tons de cor pretendidos.
Além disso, este "rei dos pudins" (em Inglês fala-se, por motivos de bom gosto, antes da "rainha dos pudins", contudo, em Português, o "pudim" é masculino) distingue-se pela sua leveza porque, ao contrário dos seus súbditos, não contém banha. Este pudim também não é cozido numa panela a vapor, mas sim em banho-maria, através do qual obtém uma consistência diferente.
Por último, não há que esquecer uma característica especial da massa do merengue suíço: a massa não endurece imediatamente e ao cozer no forno adquire uma cor bonita. Tudo isto combina bem com o creme inglês, que só pode ser levemente aquecido para que se torne cremoso e aromático.


Para 8 pessoas

100 g de compota de alperce

100 g de compota de framboesa

Massa de pudim

500 ml de leite

8 gemas

2 ovos

175 g de açúcar granulado fino

500 ml de crème fraîche (40% gordura)

225 g de pão branco fresco, esfarelado

Raspas de 2 limões




Merengue suíço

8 claras

500 g de açúcar em pó

Sumo de limão



Creme de groselhas

500 g de groselhas vermelhas

50 g de geléia de groselha

100 g de açúcar





1. Para a massa do pudim, ferver o leite com o crème fraîche. Bater os ovos e as gemas com o açúcar. Adicionar o leite e o crème fraiche e passar por um passador. Misturar o pão branco esfarelado com as raspas de limão. Creme de groselha: ferver todos os ingredientes até obter uma massa cremosa; passá-la por um passador e deixar arrefecer.

2. Colocar o pão branco esfareldo dentro de uma forma refratária, assim como a massa de ovos e leite. Deixar repousar durante 10 minutos, e deixar escalfar em banho-maria no forno a 160 °C durante 30-40 minutos. Retirar do forno, logo que o pudim estiver solidificado.



3. Merengue suíço: bater todos os ingredientes num recipiente em banho-maria até obter uma massa sólida. Fazer, com um saco de pasteleiro com bico em estrela, o padrão do merengue e o enfeite do rebordo.

4. Colocar no forno a uma temperatura de 230 °C, para dourar um pouco a massa de merengue. Deixar arrefecer. Encher alternadamente os intervalos do padrão do merengue com compota de alperce e compota de framboesas. Servir o pudim com o creme de groselha.


Nenhum comentário: