Pesquisar este blog

11.30.2011

Torta de Banana a moda da Dona Antonia...

Torta de Banana a moda da Dona Antonia...


Esta torta de banana leva o nome de torta mais se parece é com um Bolo, esta receita desde que me conheço por gente a minha avó e minha mãe a Dona Antonia ja faziam e fica muito gostosa e saborosa.
Quando se esta fazendo perfuma a casa toda seja ela feita onde for, levo esta receita para onde vou sendo sucesso garantido, ja foi comigo para Hoteis que trabalhei como alguns restaurantes servida em forma individual e com sorvete. Vai para todos que gostam de banana esta delicia de familia...






Ingredientes:
2 colheres de sopa de manteiga
1 xícara de chá de açúcar
3 xícaras de chá de farinha de trigo
1 xícara e ½ de chá de leite integral
6 bananas cortadas em rodelas
1 colher de chá de baunilha
Açúcar e canela para polvilhar





Modo de Preparo:
Bata todos os ingredientes em uma batedeira (menos as bananas ) e misture
Em uma assadeira de fundo falso untada com manteiga e açúcar, despeje a massa




Coloque as rodelas de banana como desejar
Polvilhe com açúcar e canela
Leve ao forno por 40 minutos





Obs.: Se a farinha não tiver fermento, acrescentar 1 colher de sopa de fermento em pó na massa

Tarte Tropéziènne, história, sabor e delicia

Tarte Tropéziènne



HISTÓRIA

Alexandre Micka, desembarcou em Provence em 1945 vindo dos EUA, abre uma padaria em St. Tropez e vende suas pizzas, croissants e bolos, um bolo de creme, a partir de uma receita de sua terra natal, Polônia. Muito perto dali, uma equipe fazendo um filme ”E Deus Criou a Mulher”. Os nomes dos atores e diretor ainda são desconhecidos: Brigitte Bardot, Curd Jurgens, protagonista, Jean-Louis Trintignant, um novato e o jovem Roger Vadim, diretor. O filme iria incendiar o mundo.




Muito rapidamente, Alexandre Micka cuida de refeições para a equipe e o famoso bolo é a cada dia requisitado…




- “Você deve dar um nome para sua sobremesa”, aconselhou um dia BrigitteBardot. ”Por que você não chamá-lo de” a torta Saint-Tropez ”?” Finalmente, Alexandre Micka registrou a patente e marca registrada, nomeando seu bolo ”Pie Saint-Tropez”.
Em 1975, a Saint-Tropez Pie é conhecida localmente, mas a sua distribuição continua a ser ”caseira”. Foi então que Jean-Baptiste Doumeng, apelidado do “Billionaire Vermelho”, com o consentimento de Alexandre Micka, desenvolve e transmite toda a Europa uma ampla campanha publicitária para a comunidade e a “Torta Saint-Tropez” tornou-se famosa!





Ingredientes

200 g de farinha

1 ovo

15 g de açúcar

1 pitada de sal

50 ml de leite

12 g de levedo de cerveja

30 g de manteiga em pomada.




Ingredientes:

Glacê

50 g de manteiga

60 g de açúcar

1 colher de mel.

Ingredientes

(Guarnição)

1/2 litro de creme de confeiteiro (= 1/2 litro de leite - 60 g de farinha - 75 g de açúcar - 1 ovo inteiro - 2 gemas - perfume de baunilha ou raspa de limão)

açúcar de confeiteiro.





Preparação da massa

Fazer uma cova na farinha, colocar o ovo, o sal e o açúcar e misturar bem. Incorporar o levedo diluído no leite. Trabalhar muito a massa. Juntar a manteiga em pomada. Quando a massa se desprender da mão, deixar descansar até dobrar de volume.

O glacê

Derreter a manteiga, juntar o açúcar e o mel, misturar e deixar esfriar.

Untar uma placa com manteiga. Trabalhar de novo a massa e dispor na placa. Apertar e moldar para dar uma forma de disco de 2 cm de espessura. Passar o glacê por cima, com a ajuda de um pincel, e cozinhar em forno quente, preaquecido (200º C), durante 30 minutos. Deixar esfriar.





Cortar a torta em dois discos. Guarnecer o interior com o creme de confeiteiro e salpicar de açúcar de confeiteiro por cima.

O creme de confeiteiro

Trabalhar numa tigela a farinha peneirada, o açúcar, os ovos e a baunilha. Juntar aos poucos o leite e levar ao fogo, mexendo sem parar. Retirar no início da ebulição.

11.29.2011

Oeufs de Cailles en Gelée - (Ovos de codorna na gelatina)

Oeufs de Cailles en Gelée
(Ovos de codorna na gelatina)
Preparação: 1 hora
Cozimento: 10 minutos
Para: 6 pessoas




Ingredientes:

6 folhas de gelatina branca

1/2 litro de caldo de galinha

18 ovos de codorna

1 lata pequena de patê de fígado

1 ramo de salsa

folhas de estragão




Fazer ferver o caldo junto com umas hastes de salsa e umas folhas de estragão.

Amolecer a gelatina em água fria e dissolver em banho-maria. Diluir no caldo de galinha quente. Retirar os verdes antes. Mexer e deixar esfriar.

Cozer, em água fria, os ovos de codorna. Levantar a fervura durante 3 minutos. Colocar na água fria para esfriar.

Compor em forminhas: 3 folhinhas de estragão e 3 ovos descascados. Despejar 1 cm de caldo. Dispor pedacinhos de salsa e pequenas porções de patê. Cobrir com gelatina.

Reservar 1 hora no refrigerador.

Virar as forminhas sobre cada prato. Servir com alface, rabanete e pepino.

Flan d’Aubergine - (Pudim de berinjela)

Flan d’Aubergine
(Pudim de berinjela)
Preparação e cozimento: 75 minutos
Para: 4 pessoas





Ingredientes:

500 g de berinjelas

300 g de tomates

20 g de manteiga

sal e pimenta

400 ml de preparação para pudim:

2 ovos

150 ml de leite

150 ml de creme de leite fresco

noz moscada, ralada

sal e pimenta vermelha





Retirar os pedúnculos das berinjelas. Lavar e cortar em duas, ao comprido. Fazer incisão na carne. Cozer, no forno (180°C) durante 25 minutos.

Retirar a pele e as sementes dos tomates e picá-los.

Preparar o “coulis”

Cozer os tomates numa panela, com manteiga, durante 10 minutos. Temperar com sal e pimenta e passar pelo mixer. Reservar.

Retirar a polpa das berinjelas depois de cozidas, com uma colher. Mixar. Misturar esse purê na preparação para pudim (400 ml).

Derramar a composição em tigelas individuais ou em um prato grande. Untar antes com manteiga. Cozer em banho-maria, forno a 180ºC, durante 30 minutos.

Desenformar os flans. Servir rodeados do “coulis” de tomate.

Pode substituir a berinjela por outros legumes em purê. Serve para uma entrada. Tomar com um bom vinho branco.

11.28.2011

Salada Grega (Choriátiki Saláta) esta salada que é tradicional da Grécia é uma delicia e refrescante....

Salada Grega (Choriátiki Saláta)
Receita tradicional grega




Ingredientes


3 tomates
1 pepino
1 cebola
1 pimento verde



250g queijo feta
azeitonas
azeite, vinagre, sal, pimenta, orégãos





Modo de preparação


Corte os tomates em fatias e coloque-os numa travessa.
Corte o pepino e a cebola em rodelas finas, tire as grainhas do pimento e corte-o em tiras.



Espalhe por cima o queijo feta - cortado em cubos e enfeite com azeitonas.
Temperar q.b.


Laxpudding (“empadão” de salmão) este prato delicioso que vem da Suécia...

Laxpudding (“empadão” de salmão)
Receita tradicional sueca




 Laxpudding ou “empadão” de salmão é uma receita baseada na firme convicção das tradicionais donas de casa suecas, de que um bom jantar proporciona uma excelente base para o almoço do dia seguinte. O “empadão” de salmão é tradicionalmente servido com manteiga derretida, mas um pouco de sumo de limão também é uma boa alternativa.



Ingredientes


400g de salmão fumado
1½kg de batatas
4 ovos
300ml de natas para bater
400ml de leite
2 cebolas
1 punhado de endro/aneto (erva aromática muito utilizada na culinária sueca)
Sal e pimenta branca





Modo de preparação


Coza e descasque as batatas assim que arrefecerem.
Descasque e corte as cebolas às rodelas. Seguidamente, leve-as a saltear num pouco de manteiga até amolecerem, mas sem deixar alourar demasiado.
Unte um tabuleiro e cubra o fundo com uma camada de batatas cortadas às rodelas. Em seguida deitar, por esta ordem: metade das cebolas, metade do salmão e por fim o endro picado. Repita o processo pela mesma ordem, e termine com uma camada de batatas.




Numa tigela bata o leite com as natas, os ovos, o sal e a pimenta. Regue o “empadão” com o molho e coloque umas nozes de manteiga em cima da última camada de batatas.
Leve ao forno a 200ºC durante 45 a 60 minutos, ou até o “empadão” estar firme e consistente.
Sirva com manteiga derretida.







Fatias João Rigó (Rigó Jancsi) este bolo delicioso que vem da Hungria

Fatias João Rigó (Rigó Jancsi)


Receita tradicional húngara


Ingredientes


6 ovos
6 colheres de sopa de açúcar
2 tabletes de chocolate raladas
3 colheres de sopa de farinha de trigo




Ingredientes do recheio


400g de chantilly
80g de açúcar
40g de chocolate em pó
essência de baunilha





Ingredientes da cobertura


2 tabletes de chocolate raladas
Um pouco de água





Modo de preparação


Bata as gemas com o açúcar até esbranquiçar.
Junte as claras em castelo e depois a farinha e o chocolate às colheradas.
Divida a massa em duas partes iguais, com a espessura de 1cm cada, e leve ao forno em duas formas untadas.



Junte os ingredientes do recheio cuidadosamente.
Coloque este recheio sobre uma das placas da massa.
Cubra a segunda placa com as tabletes de chocolate raladas, derretidas em banho-maria com um pouco de água.



Recorte essa segunda placa em quadrados e coloque-os cuidadosamente sobre o recheio da primeira placa.
Corte os pedaços e envolva-os com papel impermeável, pondo-os no frigorífico por 2 horas.

11.27.2011

Qaghaq tal-ghasel (Anéis de melaço) esta receita que faz parte da ceia de Natal em Malta

Qaghaq tal-ghasel (Anéis de melaço)
Malta 




Receita de Natal maltesa

Ingredientes


500g de farinha
150g de manteiga
150g de sêmola
300g de margarina
150g de açúcar
1 gema de ovo
Leite q.b.





Recheio


500g de melaço
2 colheres de sopa e cacau
300g de açúcar
Raspa de limão
Raspa de laranja
4 cravos da Índia
2 colheres de sopa de anis
2 colheres de sopa de sêmola
1 colher de chá de especiarias
Água q.b.




Modo de preparação


Mistura-se a farinha com a manteiga, a sêmola e o açúcar.
Junta-se o leite e a gema.
Bate-se bem até ficar cremoso.
Deixa-se descansar.
À parte, mistura-se o melaço com o cacau, o açúcar, a raspa de limão, a raspa de laranja, anis, especiarias e água.



Deita-se esta mistura numa caçarola e leva-se ao lume até engrossar, acrescentando-lhe a sêmola a pouco e pouco.
Retira-se do lume e deixa-se arrefecer.
Estende-se a massa em tiras largas, recheiam-se e moldam-se em forma de tubos para depois formarem anéis.
Perfuram-se os anéis com uma faca afiada, colocam-se num tabuleiro untado com manteiga e levam-se ao forno até ficarem dourados.

Bolo de especiarias (Kruidkoek) outra opção Natalina que vem da Holanda

Bolo de especiarias (Kruidkoek)
Receita de Natal neerlandesa




Ingredientes


250g de farinha com fermento
Uma pitada de sal
50g de açúcar mascavado
1 colher de chá de canela
½ colher de chá de anis em pó
½ colher de chá de cravinho em pó
½ colher de chá de noz moscada ralada
½ colher de chá de pimenta
½ colher de chá de gengibre em pó
125g de melaço (6 colheres de sopa)
2 decilitros de leite
1 colher de sopa de rum





Modo de preparação


Unte uma forma de bolo redonda e polvilhe-a com farinha
Misture muito bem a farinha, as especiarias e o açúcar mascavado




Junte o melaço e o leite e mexa até obter uma massa cremosa
Ponha essa massa na forma e leve a forno médio (150 graus centígrados), previamente aquecido, durante 55 minutos
Deixe o bolo arrefecer, retire da forma e parta em fatias






Espelhinhos de São Nicolau (Speculaas) estes biscoitos natalino que vem da Holanda


Espelhinhos de São Nicolau (Speculaas)

Países Baixos 
Receita de Natal neerlandesa



Ingredientes


200g de farinha com fermento
Sal
1 ½ colher de mistura de especiarias para estas bolachas




125g de açúcar mascavado
125g de manteiga ou margarina
2 colheres de sopa de leite





Modo de preparação


Misture a farinha, o sal, as especiarias, o açúcar e a manteiga ou margarina numa tigela
Corte a manteiga ou a margarina, dentro da tigela, em bocadinhos
Junte o leite
Em seguida, amasse até obter uma pasta consistente
Embrulhe a massa em papel de alumínio e deixe descansar 24 horas no frigorífico




Tenda a massa com o rolo e recorte figurinhas, decalcando-a a na tábua especial para espelhinhos
Coloque as figurinhas de massa num tabuleiro untado
Coloque o tabuleiro na prateleira central do forno previamente aquecido (150 graus centígrados) e deixe 




cozer durante mais ou menos 20 minutos, até alourar
Quando estiverem cozidos retire-os imediatamente do forno e deixe-os arrefecer sobre uma grelha




Nota: Os Espelhinhos de São Nicolau são comidos tradicionalmente na noite de São Nicolau (6 de Dezembro....mas todos fazem novamente na noite de Natal....

11.26.2011

Christstollen" (bolo de Natal de Dresden)

Christstollen" (bolo de Natal de Dresden)
Alemanha 
Receita de Natal alemã




Ingredientes

750g de farinha

275g de manteiga

90g de açúcar

75g de fermento de padeiro

185g de leite morno




500g de passas

75g amêndoas doces picadas

20g de amêndoas amargas picadas

70g de casca de limão cristalizada

15g de casca de laranja cristalizada




raspa da casca de meio limão

1 pitada de sal

1/2 vagem de baunilha

1 pitada de canela moída

1 pitada de cardamomo moído

1 pitada de macis moído





Modo de preparação


Peneirar uma parte da farinha para cima da mesa e fazer um buraco no meio.
Colocar o fermento em pedaços pequenos, juntar um pouco de leite e de açúcar e fazer uma massa leve.
Espalhar com farinha e deixar ficar cerca de 15 minutos.



Depois, com o resto da farinha, o resto do leite e a manteiga partida em bocadinhos, fazer uma massa consistente, que se deixa ficar, durante cerca de 20 minutos, em local quente, numa tigela coberta com um pano.
Misturar os outros ingredientes muito bem à massa do "Stollen".



Deixar repousar tudo durante 20 minutos, formar um feitio comprido e fazer duas estrias longitudinais.
Colocar num tabuleiro de ir ao forno untado e cozer a cerca de 160 graus, em forno pré-aquecido, durante aprox. 35-50 minutos.



Depois de arrefecido, pincelar abundantemente com manteiga derretida.
Deixar repousar 2-3 semanas e salpicar com açúcar em pó.