Pesquisar este blog

8.20.2011

Zabaglione com Palitos Ia Reine

Zabaglione com Palitos Ia Reine

Este creme de ovos deve ser consumido imediatamente depois de ser feito. Muito rápida de preparar, é a sobremesa perfeita para convidados inesperados.
Tempo de preparação: 15 minutos
Tempo de cozedura: 20 minutos
Para 4-5 pessoas



Palitos la reine

2 ovos, claras e gemas separadas

50 g de açúcar granulado fino

50 de farinha sem fermento

Açúcar em pó para polvilhar





Zabaglione

4 gemas de ovo

100 g de açúcar granulado fino

75 ml de vinho Marsala




1 Preaqueça o forno a 200°C (Gás 6). Forre um tabuleiro do forno com papel vegetal isolante de gordura. Coloque um bico de 1 cm num saco de pasteleiro.



2 Para fazer os palitos Ia reine, bata as gemas com o açúcar até estarem cremosas e quase brancas. Numa outra tigela bata as claras em castelo firme. Envolva um terço das claras em castelo na gemada, usando uma colher de metal ou uma espátula de plástico. Peneire metade da farinha sobre a mistura e envolva cuidadosamente. Junte uma segunda porção de claras. Envolva a farinha restante e termine com o resto das claras, tentando não mexer demasiado para obter a massa mais leve possível. Coloque a mistura no saco de pasteleiro e desenhe palitos com 8 cm de comprimento, um pouco afastados, sobre o papel vegetal. Polvilhe liberalmente com o açúcar em pó e deixe repousar 5 minutos à temperatura ambiente. Isto fará com que o açúcar se dissolva, criando o efeito nacarado típico destes palitos. Coza no forno durante 10 minutos ou até estarem ligeiramente dourados. Retire o papel do tabuleiro, com os palitos agarrados, e volte-o ao contrário sobre uma superfície de trabalho. Salpique o papel com um pouco de água para ajudar a descolá-lo. Vire os bolinhos e deixe-os arrefecer sobre uma rede.






3 Para fazer o Zabaglione, leve um tacho meio cheio de água ao lume até ferver e baixe o lume. Bata as gemas com o açúcar, numa tigela resistente ao calor, até estarem quase brancas. Adicione o Marsala. Coloque a tigela sobre a água quente e bata até o volume inicial quadruplicar e apresentar uma textura firme e espumosa. Sirva imediatamente em copos de vinho grandes, acompanhado pelos palitos la reine.




Sugestão do Chef

O Zabaglione é uma sobremesa de emergência excelente para servir a convidados inesperados. Se não tiver o Marsala com que tradicionalmente é confeccionado, use vinho da Madeira

Pestiños Friturinhas com mel da Espanha



Aromatizados com anis e limão, banhados no mel e polvilhados com açúcar, os pestiños, típicos de La Mancha, são irresistíveis. Ficam ainda melhores se preparados de véspera.




1/2 xícara de chá de azeite de oliva + óleo para fritar

Casca de 1/2 limão

1 colher de sopa de sementes de anis

2 xícaras de farinha de trigo

1/2 colher de café de Sal

1/2 xícara de chá de vinho branco seco

Mel para banhar

Açúcar de confeiteiro para polvilhar

Canela para polvilhar





Numa frigideira pequena, esquente em fogo baixo 1/2 xícara de óleo, com a casca de limão e sementes de anis. Tire-a do fogo quando as sementes começarem a dourar. Deixe descansar por 10 min. Coe, descarte os sólidos e reserve o óleo.



Numa tigela grande, coloque a farinha, o sal, o vinho e o óleo reservado. Trabalhe a massa, acrescentando farinha de trigo, quando necessário, até formar uma bola. Cubra a massa e deixe-a descansar por 1 h.









Estenda a massa numa superfície enfarinhada e forme um retângulo com uns 2-3 mm de espessura. Corte-o em retângulos de 3 x 5 cm.Esquente a 190°C uns 2,5 em de óleo, numa frigideira grande, e frite os pequenos retângulos de massa, virando-os, até ficarem estufados e dourados. Com uma escumadeira, recolha-os e ponha-os para escorrer em papel absorvente. Deixe esfriar e mergulhe-os no mel ligeiramente afinado com um pouco de água e passe-os no açúcar de confeiteiro e na canela.





Nógados este bolinho portugues que é servido em folhas de laranjeiras


Ingredientes:

01 kg de farinha
12 ovos
80g de manteiga
0,5 dl de azeite
01 l de mel
óleo QB


Modo de Preparo:

Coloque a farinha dentro de um recipiente de vidro. Abra uma cova ao meio e coloque os ovos inteiros e a manteiga. Em seguida adicione o azeite e mexa bem. Amasse durante algum tempo.
Quando a massa estiver pronta e bem seca, estenda-a sobre a mesa em rolos finos e compridos; corte-os com uma tesoura em pedacinhos e de-lhes a forma de um grão de bico. frite-os em óleo ou em azeite.


Quando estiverem fritos, prepare com o mel uma calda, pondo-os ao fogo em banho maria e deixando-os aquecer.
Coloque-os para dentro da calda e coloque-os entretanto em cima de uma grade para esfriarem. Sirva-os frios por cima de folhas de laranjeiras como segue a tradição.



Ossobuco alla Milanese - Ossobuco à milanesa


Ingredientes para 4 pessoas:
4 ossobucos (cerca de 1 1/2 kg) - 3 colheres de sopa de farinha de trigo - 2 colheres de sopa de óleo - 2 colheres de sopa de manteiga - sal - pimenta-do-reino - alecrim - 1 cebola média, picada - 1 dente de alho, picado - 1 talo de salsão (só a parte branca) picado - 2 xícaras de chá de vinho branco seco - 1 colher de sopa de extrato de tomate - 1/2 xícara de chá de água morna - caldo de carne (opcional)
Tempo de preparação: 1 h 30 min


Modo de fazer: Passe os ossobucos ligeiramente pela farinha de trigo e frite-os na mistura de óleo e manteiga. Polvilhe-os com sal, pimenta-do-reino e alecrim. Junte a cebola, o alho e o salsão. Cozinhe por 5 min, adicione o vinho e espere evaporar. Dilua o extrato de tomate na água morna e despeje na panela. Tampe e deixe cozinhar por cerca de 2 h em fogo brando. Se necessário, junte de vez em quando um pouquinho de caldo de carne ou de água quente. Sirva com arroz.


Observação: Escolha ossobucos com cerca de 5 cm de espessura e bem cobertos de carne. Calcule 1 ossobuco por pessoa.






Galaktobúreko Bureka de leite - Torta folhada de Leite

O galaktoboureko é um creme delicioso envolto em massa folhada e coberto com calda açucarada muito tradicional na Grécia, é uma delicia...



Ingredientes para 12 pessoas
4 gemas - 1 1/4 de xícara de chá de açúcar - essência de baunilha - 1 litro de leite - 3 colheres de sopa de manteiga - 1 xícara de chá de semolina de trigo - 1/2 kg de massa em folhas - 1/2 xícara de chá de manteiga


Para a calda:
3 xícaras de chá de açúcar - casca e suco de limão
Tempo de preparação: 2 h 30 min


Modo de fazer: Bata as gemas com o açúcar e algumas gotas de essência de baunilha. Misture o leite e leve ao fogo para aquecer. Junte a manteiga e a semolina aos poucos e vá mexendo sem parar com uma colher de pau até engrossar. Retire do fogo e deixe esfriar, mexendo de vez em quando. Reserve.
Arrume metade das folhas de massa numa forma untada, pincelando uma a uma com manteiga derretida (veja como fazê-lo na receita de Folhado de amêndoa, página 50). Espalhe bem o creme reservado, depois cubra com o restante das folhas, pincelando-as também uma a uma. Risque quadrados ou losangos com uma lâmina e recorte o excesso de massa das bordas. Leve para assar em forno médio, preaquecido, por aproximadamente 30 min, ou até que as folhas fiquem douradas.


Enquanto isso, prepare a calda: ferva 2 xícaras de chá de água com o açúcar por 5 min. Junte a casca de 1 limão e 1 colher de sobremesa do seu suco e ferva por mais 3 min. Depois que o doce estiver assado, retire do forno e despeje sobre ele a calda ainda quente. Corte em pedaços seguindo o desenho e espere esfriar para servir.





Leche Frita esta delicia espanhola

Apesar da tradução literal, leche frita é um creme firme, que pode ser fatiado. Cortado em quadrados, é passado no ovo e na farinha, e depois frito. Fica crocante por fora e macio por dentro. Devem ser consumidos imediatamente, mas podem ser mantidos em fogo baixo por breve tempo.



2 xícaras de chá de leite
1 pauzinho de canela
Casca de 1 limão
3 gemas
1/4 de xícara de chá de farinha de trigo
3 colheres de sopa de maisena
3/4 de xícara de chá de açúcar
1 colher de chá de baunilha
1/2 colher de chá de canela em pó
2 ovos inteiros, ligeiramente batidos
1 colher de chá de água
Óleo para fritar


Numa panela grande, ponha para ferver o leite, canela e casca de limão, abaixe o fogo e cozinhe por 15 min. Descarte os sólidos.
Bata as gemas, coloque-a em outra panela e junte, mexendo, a farinha de trigo, a maisena e 1/4 de xícara de chá de açúcar. Acrescente, bem devagar e aos poucos, o leite quente e cozinhe em fogo médio, mexendo, por uns 3 min, até obter um creme grosso e suave (use um batedor manual, se necessário, para eliminar eventuais grumos). Retire do fogo, junte a baunilha e deixe esfriar por 5 min, mexendo de vez em quando. Despeje o creme numa fôrma de bolo quadrada, untada, e deixe esfriar completamente. Leve à geladeira coberto com papel-manteiga, até solidificar.


Numa tigela pequena, misture o açúcar restante e a canela e reserve. Bata ligeiramente os ovos com a água, numa tigela baixa. Corte o creme em quadrados de 5 cm. Numa frigideira, esquente o óleo à temperatura de 190°C. Passe com cuidado os quadrados de creme na farinha, depois mergulhe-os no ovo batido e frite-os, até ficarem dourados, virando-os uma vez. Com uma escumadeira, retire-os, escorra-os em papel absorvente e deixe esfriar.
Polvilhe-os com canela e a mistura de açúcar