Pesquisar este blog

9.26.2011

DICAS E TRUQUES QUE VÃO FACILITAR E AJUDAR EM SUA COZINHA

DICAS E TRUQUES QUE VÃO FACILITAR E AJUDAR EM SUA COZINHA



BATATAS FRITAS SECAS E CROCANTES POR FORA


Esta na verdade não é um receita, mas um valioso truque para fritar batatas e deixá-la sequinha, crocante por fora e macia por dentro, ou seja perfeita!!!

Corte as batatas como de costume, seque-as em papel absorvente e reserve. Coloque o óleo para ferver, quando estiver bem quente, retire meia xícara (de chá) do óleo quente e misture meia colher (de sopa) de amido de milho. Despeje o óleo de volta na frigideira e em seguida coloque as batatas para fritar. Retire, deposite sobre papel absorvente e salgue a gosto. Elas ficarão super sequinhas.


FRITANDO BIFES



Dicas:
- O sal faz a carne soltar seu líquido. O melhor é fritar um lado e colocar o sal apenas quando virar os bifes, que ficarão mais suculentos. Não é a maneira tradicional, entretanto.
- Se quiser fazer bife com molho, antes de colocá-los no mesmo, frite-os como acima descrito e, na mesma frigideira em que foram fritos, refogue os ingredientes do molho (cebola, alho, tomate e o que mais quiser, refogando, primeiro as cebolas e alho, antes de colocar os tomates e temperos).
- O processo de fritura, fecha os poros da carne, deixando-a mais suculenta e macia. Daí a necessidade de fritá-los um de cada vez, evitando que junte água.
- A gordura do bife não é muito saudável. Entretanto, os bifes ficarão mais saborosos se fritá-los com a gordura e deixar que cada um retire a parte gorda, já no prato, ou retire-as depois de fritos. Se quiser, tire as gorduras antes de fritar, mas mantenha sempre um pedaço delas na frigideira, enquanto os frita, para passarem seu sabor, enquanto derretem. A menos que esteja fazendo dieta.
- O tempo de fritura varia de corte para corte. O contra filé é, mais rápido, pois tem a trama mais aberta. Vai variar, também conforme o gosto de cada um. O bem passado deve ficar também frito na parte interna, que fica de uma cor bege, enquanto o mal passado fica vermelho, ainda e o ao ponto fica rosado. Para um filé com cerca de 2 centímetros de espessura, calcule dois minutos e meio de cada lado, se mal passado, três minutos de cada lado, se ao ponto e quatro minutos para os bem passados. Mas, atenção, não deixe esturricar o bife, pois quanto mais o bife fica na frigideira, mais seco e duro ficará.

DICAS GERAIS



Para eliminar a baba do quiabo, lave-o ainda inteiro, seque-o e coloque-o numa tigela com um pouco de suco de limão, deixando repousar durante 15 minutos. Depois lave ligeiramente, corte e cozinhe.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . .
A perdiz pode ser assada, frita ou ensopada, mas a primeira é a melhor forma de preparo. Recomenda-se cobrir a perdiz com bacon para evitar que a carne fique muito seca. A perdiz também é ótima para refogados e temperada com alguma bebida alcoólica (conhaque, vinho branco ou champanha).
. . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Calcule o feijão: 1 xícara de feijão cru serve três pessoas depois de pronto.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Para descongelar frutos do mar, coloque o pacote ou vasilha na geladeira e deixe descongelar lentamente, sem tirar da embalagem.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Para que as batatas fritas fiquem bem sequinhas, depois de cortadas, coloque-as em água fervendo por alguns minutinhos e, em seguida, em água com gelo. Escorra bem, frite em bastante óleo e escorra em papel-toalha.
. . . . . . . . . . . . . . . . .
Quando o purê fica muito aguado, basta salpicar a mistura com um pouco de leite em pó.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Antes de fritar a banana, passe-a em farinha de trigo. Assim ela não fica encharcada na gordura.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Para manter a couve-flor branca, adicione um pouco de leite a água do cozimento.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Uma colher (chá) de gelatina em pó, equivale a uma folha.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Se os biscoitos grudarem na assadeira, coloque-os sobre a chama do fogão durante alguns segundos. Eles soltarão facilmente.

Para que o bolo não grude no prato em que vai ser desenformado, polvilhe o prato com açúcar de confeiteiro.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Sempre que congelar algum prato pronto, evite temperá-lo muito, pois o congelamento acentua o sabor dos temperos.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Dica nutritiva: em vez de untar a forma de bolo com farinha de trigo, use aveia , farinha de rosca ou farelo de trigo. Além de saudável, o bolo adquire uma textura diferente.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Um molho de tomate rápido?
Refogue 1 lata de tomates pelados no azeite com alho picado por 5 minutos. Junte 1 xícara de suco de laranja e cozinhe por 10 minutos. Sirva sobre massas, pizzas, etc.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Uma cobertura de bolo rápida e fácil?
Misture partes iguais de creme de leite e iogurte natural. Adoce com açúcar de confeiteiro.
......................................
Calcule o feijão: 1 xícara de feijão cru serve três pessoas depois de pronto.
. . . . . . . . .. . . . . . . . . . . .
Antes de fritar a banana, passe-a em farinha de trigo. Assim ela não fica encharcada na gordura.


DICAS PARA MOLHOS:



Molho agüado
Use para engrossar um molho. Misture uma colher (chá) de maisena com 2 colheres (chá) de água fria. Junte ao molho e mexa em fogo moderado até engrossar.

Molho empelotado
Bata-o no liquidificador até ficar homogêneo ou passe-o pela peneira.

Maionese
Se a maionese separar, bata uma gema à parte e junte à maionese, gota a gota, batendo até engrossar

Molho bechamel
Truque:
Se o molho não vai ser usado imediatamente, retire-o do fogo e deixe amornar levemente. Em seguida, passe sobre a superfície um pedaço de manteiga espetado em um garfo. Assim, evita-se a formação de uma película dura na superfície do molho. Quando o bechamel estiver completamente frio, cubra a panela com filme plástico e coloque na geladeira.


DICAS PARA CONGELAMENTO:




A banana só poderá ser congelada se for frita, cozida ou em pasta

Os docinhos feitos com Leite Moça como o Brigadeiro, o Beijinho e o Cajuzinho podem ser congelados depois de prontos por até 3 meses, em freezer ou duplex. Para o consumo, deixá-los cerca de 1 hora em temperatura ambiente

As frutas oleaginosas como castanhas, nozes, amendoim etc. podem ser congeladas com ou sem casca. Para o consumo devem ficar 4 horas em temperatura ambiente

As gelatinas e maionese poderão ser congeladas se forem utilizadas como ingredientes em receitas como as mousses doces ou salgadas

A mandioca pode ser congelada crua ou aferventada

Os ovos cozidos não devem ser congelados, pois adquirem consistência borrachuda

O sabor delicado de peixes e frutos do mar congelados conserva-se melhor quando o descongelamento é feito na própria geladeira, por cerca de 10 a 12 horas, sem abrir a embalagem. Nunca mergulhe o produto em água para acelerar o descongelamento

A pêra, só se for em calda ou em pasta com açúcar

A salsa, a cebolinha verde, o coentro e a hortelã devem ser lavados, enxutos e congelados em pequenas porções.

Não é aconselhado o congelamento de vegetais como rabanete, pepinos ou tomates crus. Os tomates devem ser cozidos em forma de molhos, purês ou suco

Algumas verduras tais como brócolis, couve etc. devem ser escaldadas e rapidamente resfriadas antes de serem embaladas para o congelamento. Este processo se chama branqueamento

O frio intenso pode provocar alterações indesejáveis na textura, na consistência e na cor do produto. Por isso, não é aconselhável guardá-lo no freezer ou no congelador, seja na lata fechada ou já transferido para outro recipiente.


CONGELADOS QUE NÃO PODEM IR AO FREEZER:

Maionese: Porque o óleo se separa dos demais ingredientes.

Gelatina Pronta: cristaliza

Batatas cozidas: Perdem sabor e têm a textura modificada

Ovos cozidos ou crus com casca: A casca se rompe e a gema fica granulada

Gema pura crua: Fica cheia de grânulos

Vegetais que serão usados cruz: Perdem a textura original

Manjares e pudins a base de maisena: A água se separa e o sabor se modifica

Carne salgada e defumada

Creme de leite

Curau- Doces caramelados

Leite fresco- Iogurte

Picles

Pudim de claras

Pudim de leite condensado

Queijos

Receita com Saladas cruas

Tomates.


Tempo de conservação de cada alimento no freezer
As Carnes:

BOI
carne magra - 10 a 12 meses
carne gorda ou com osso - 4 a 6 meses
carne moída ou picada - 3 a 4 meses
miúdos - 2 a 3 meses
carne salgada ou defumada - 1 mês

PORCO
carne magra - 5 a 6 meses
carne gorda ou com osso - 2 a 3 meses
carne moída - 1 a 3 meses
presunto - 2 meses
toicinho - 1 mês

CORDEIRO E CABRITO
carne magra - 7 a 9 meses
carne gorda ou com osso - 4 a 5 meses
carne moída - 2 a 3 meses

VITELA
peças grandes, bifes e costelas - 6 a 9 meses
carne moída - 2 a 3 meses

CARNE COZIDA
de primeira, sem gordura - 3 a 4 meses
de primeira com gordura - 2 a 3 meses
de segunda, sem gordura - 1 a 2 meses
de segunda, com gordura - 1 mês

FRIOS
salsicha, lingüiça, chouriço - 1 mês


Tempo de conservação de cada alimento no freezer
As Aves

FRANGO, CAPÃO, GALO, PERU, GALINHA, CODORNA E PERDIZ
inteiro - meses
em pedaços - 9 meses
miúdos - 3 meses

PATO E GANSO
inteiro - 6 meses
em pedaços - 3 meses

AVE COZIDA EM PEDAÇOS
com molho ou caldo - 6 meses
sem molho - 1 mês


Tempo de conservação de cada alimento no freezer
Os Peixes

PEIXES GORDOS (SARDINHA, TAÍNHA, ATUM, ETC.)
inteiros - 1 a 3 meses
filés ou postas - 3 a 4 meses

PEIXES MAGROS ( LINGUADO, PESCADA, BADEJO, ETC.)
inteiros - 4 a 6 meses
filés ou postas - 6 a 8 meses
peixes cozidos - 1 a 2 meses

Os Frutos do Mar

ostras - 2 meses

vôngole - 6 meses

mexilhão - 3 meses

vieira - 3 meses

siri e caranguejo - 3 meses

camarão - 6 meses

lagosta - 3 meses

lula - 3 meses

polvo - 6 meses


Tempo de conservação de cada alimento no freezer
Massas

Pão doce - 3 meses

Pão caseiro - 2 meses

Outros pães - 4 meses

Bolo simples - 8 meses

Bolo decorado - 4 meses

Torta crua - 6 meses

Pizza disco - 4 meses

Pizza preparada (mussarela) - 3 meses

Pizza preparada (atum, camarão, lingüiça)
- 1 mês

Esfiha - 3 meses

Pastéis - 3 meses

Coxinhas - 3 meses

Croquetes - 3 meses

Quibes - 3 meses

Sanduíches - 1 mês


DICAS PARA MASSAS




O macarrão ficará mais gostoso se você acrescentar ao molho raspas de noz-moscada.

Para pincelar tortas e empadas, misture bem a gema com óleo e depois acrescente uma pitada de açúcar com algumas gotas de café forte.

A massa de torta não ficará estufada se você furar com um garfo toda a sua superfície e as bordas, quando ela estiver na assadeira.

Faça sempre o recheio para tortas com antecedência ou deixe esfriar antes de usar. Se você colocar o recheio ainda quente, a massa cozinhará antes de ser levada ao forno, ficando com uma aparência desagradável e pouco saborosa.

Massas doces ficarão mais macias se você usar gordura não gelada e mexer com movimentos leves.

As panquecas ficarão mais saborosas se você acrescentar no liqüidificador, junto com a massa, uma cebola ou um pedaço de queijo.

Para assar massa folhada, não unte nem polvilhe a assadeira. Use sempre uma assadeira molhada.

Acrescente à massa de pizza uma batata cozida. A massa ficará mais leve.

Para que a massa de torta não encolha na assadeira coloque uma folha de papel-manteiga por cima, depois cubra toda a superfície com feijão cru. Leve a forma para assar desta maneira.

Empadas, tortas e baguetes de massa podre devem esfriar antes de serem retiradas das formas.

Para a massa de pão crescer mais rápido, sove bem e coloque num saco plástico, bem fechado.

Prepare a massa de nhoque normalmente. Pegue um saco plástico de leite, vazio, faça uma abertura num dos lados e um furo num dos cantos do lado oposto. Coloque a massa de nhoque dentro e vá cortando os nhoques com uma tesoura, diretamente na panela de água fervente.

Arrume a lasanha crua, de véspera, numa vasilha refratária, cubra com leite e leve à geladeira. Coloque a lasanha no forno quarenta minutos antes de servir.


RECIPIENTES:



Vidro Refratário
Recipientes de vidro refratário podem ser usados para cozimentos e aquecimentos, desde que não possuem filetes ou desenhos metálicos. Existem panelas e utensílios de vidro refratário, próprios para cozimentos em altas temperaturas, que podem ser usados no microondas.

Cerâmica Vitrificada
Recipientes fabricados com este material podem ser usados para cozinhar e aquecer e são muito práticos, já que podem ir diretamente do forno à mesa.
Não use as tampas de plástico que acompanham as tigelas, a não ser que venham com indicação "Próprio para microondas".

Plásticos e Papel
Use apenas plásticos rígidos, e sacos plásticos próprios para microondas, que não liberam toxinas quando aquecidos. Papel toalha, guardanapos de papel, papel-manteiga e pratos de papelão são práticos para cobrir ou reaquecer alimentos.
Evite embalagens ou recipientes parafinados, pois o calor do alimento pode derreter a parafina.

Porcelana e Louça
Porcelana e Louça resistentes, sem acabamentos ou frisos metálicos, podem ser usados com sucesso no microondas. Pratos rasos são especialmente práticos para preparar porções individuais e também podem ser utilizados em lugar de tampas.

Cerâmica e Stoneware
Recipientes e stoneware e de cerâmica vitrificada, sem detalhes metálicos, podem ser usados para cozinhar e aquecer alimentos. Evite peças que apresentam acabamento com brilho metálico. Materiais naturais, como madeira, palha e vime, também podem ser usados para aquecimentos rápidos (30 seg. a 1 min. no máximo).


DICAS PARA DOCES



Doces
Doce de banana
Se você juntar limão ao doce de banana, ele adquirirá uma cor brilhante e avermelhada.


Arroz doce no ponto
Ao preparar pratos doces com arroz, nunca cozinhe o açúcar, o leite e outros ingredientes antes do arroz estar cozido. Deixe para acrescentá-los depois que o arroz amaciar.


Suspiros
Depois de bater a clara com açúcar até o ponto de suspiro, acrescente umas gotas de limão e bata mais um pouco. O suspiro vai ficar mais branquinho e consistente por um tempo maior.


Mel açucarado
Se o mel açucarou, leve-o ao fogo em banho-maria, abaixando o fogo quando ferver, até que esteja líquido novamente.


Açúcar empedrado
Para evitar que o açúcar empedre quando guardado na lata, coloque dentro dela algumas bolachas salgadas ou algumas frutas secas.


Conservando o mel
Para a perfeita conservação, guarde-o em lugar fresco e escuro, ou pelo menos em vidros pouco transparentes.


Quando você não tiver açúcar de confeiteiro em casa
Bata o açúcar normal no liquidificador, que ele vai ficar fininho. Pode ser usado para fazer glacê.


DICAS PARA PEIXES E FRUTOS DO MAR:





Grelhar peixe sem que ele agarre na grelha
Se a grelha estiver bem quente o peixe não gruda. Para que o peixe que está na grelha fique mais saboroso, borrife-o de vez em quando com um raminho de salsa molhado em azeite e vinagre batidos juntos.

Como saber se o peixe está cozido
Quando o peixe começar a boiar é sinal de que está cozido

Para tirar mais facilmente a pele do bacalhau
Junte à primeira água de demolhar o bacalhau uma colher de café de fermento em pó. A pele incha e sai com muita facilidade.

Quando o tempo é curto e o bacalhau está salgado
Se o bacalhau está muito salgado e o tempo é curto, cubra-o com leite fervendo e espere alguns minutos.

Truques para cozinhar bacalhau
A água deve cobrir apenas a posta e manter uma fervura muito leve durante 10 minutos. Se ferver muito, as fibras do bacalhau podem ficar secas, rijas e escuras. Depois, deve-se retirar o bacalhau do fogo e deixá-lo repousar por cerca de 20 minutos. Por fim, o bacalhau deve ser escorrido.

Lulas e polvos macios I
A lula e o polvo são os únicos frutos do mar que têm dois ponto de cocção, os quais vão depender do seu tamanho. Em geral, em óleo entre 170ºC a 200ºC, a lula fica macia e crocante em sete minutos. Quando do cozimento em água, se, depois de macios, por algum motivo, o polvo ou a lula ficarem duros, deixe cozinhado por mais 45 minutos.

Para o polvo não largar a pele durante o cozimento
Você deve mergulhá-lho três vezes seguidas na água fervente antes de o colocar lá dentro.

Saiba quando o polvo está cozido
Para verificar se o polvo está cozido, junte uma cebola crua. Quando a cebola estiver cozida, o polvo estará pronto.

Lulas recheadas
Para fazer lulas recheadas não é necessário colocar palitos. Basta que, ao lavar as lulas, elas sejam viradas ao contrário. Assim que entram em contato com o calor, elas se fecham.

Saiba se o peixe está realmente fresco
Ele deve estar com as guelras vermelhas, a carne rija e os olhos brilhantes.


DICAS PARA BOLOS E PUDINS:



Rechear bolos com chantilly
Quando for rechear um bolo que leve natas, para que estas rendam e façam um bom chantilly, bata-as com um pouco de açúcar. À parte, bata duas claras em neve e depois envolva com o chantilly. Rende muito mais e fica supercremoso.

Como bater natas rapidamente
Quando bater as natas para fazer chantilly, junte umas gotas de limão para que elas fiquem mais firmes.

Pelar amêndoas
Coloque as amêndoas por dois minutos em água fervendo, passando-as em seguida na água fria.

Se o bolo ficar dourado antes que esteja completamente assado
Coloque uma fôrma com água na prateleira superior do forno.

Desenformar pudins
Passe a fôrma por água fria antes de colocar o preparado. Quando for desenformar, faça-o quando o pudim já estiver totalmente frio.

Bolo cozido
Para verificar se um bolo está cozido, espete um palito no bolo. Se não vier massa agarrada é porque já está pronto

Não deixe o bolo murchar
Ao retirar o bolo do forno, cubra-o imediatamente com um pano seco. Isso evitará que ele tome vento e, em consequência, murche.

Uvas passas
Para as passas não descerem ao fundo dos bolos e pudins, passe-as em farinha ou coloque-as de molho em vinho.

Pão de ló mais leve
Para o pão-de-ló não murchar, bater primeiro as claras com o açúcar, depois as gemas e, por último, a farinha de trigo.

Cremes para tortas
Cozinhe cascas de maçã com pedaços de canela em pau e uma colher de mel (ou açúcar). Depois de moles, bata no liquidificador e coe. Se precisar, engrosse com maizena. Você terá um delícioso molho para cobrir pudins, panquecas e tortas de frutas.

Desenformar
Nunca se deve desenformar os cremes e pudins enquanto estejam muito quentes.

Para desenformar bolos
Se o bolo não quer desenformar, embrulhe a fôrma ainda quente em um pano e deixe esfriar. Ele soltará todinho.


BO L O S   E  T O R T A S




Poupando Tempo
Se usar uma fôrma em especial para assar, corte vários moldes dela em papel-manteiga. Guarde os moldes para usar sempre que precisar da fôrma.

Fôrma de Pão
Ao usá-la, forre-a sempre com papel-manteiga duplo para proteger os cantos do assado do excesso de calor.

Untando
Use óleo para untar; é mais fácil de espalhar e gruda menos.

Papel-manteiga Ponha um pequeno quadrado nele no fundo de uma fôrma untada para ajudar a desenformar.
Dica Saudável
Unte uma fôrma como de costume, mas em vez de farinha, polvilhe-a com farelo de aveia ou de trigo para adiconar fibras e textura ao bolo. Polvilhe o fundo e as laterais da fôrma igual

Fôrma com Furo (usando uma lata)
Faça uma fôrma com furo colocando uma lata alta cheia de feijão seco no centro de uma fôrma redonda. O feijão evitará que a lata se mova ao despejar a mistura.


Verificando o Ponto
Pressione levemente o topo de um pão-de-ló com as pontas dos dedos. Ele deve parecer-lhe firme e voltar à forma sem ficar marcado.

Verifique bem em volta de um bolo. Se estiver cozido por inteiro, o bolo deve encolher ligeiramente nas laterais da fôrma.

Usando um palito verifique o ponto de um bolo enfiando um palito no centro. O palito sairá limpo se o bolo estiver cozido.

Desenformando
Descansar Deixe o pão-de-ló por 2-3 min para contrair e firmar antes de desenformá-lo. O bolo de frutas deve esfriar bem antes de ser desenformado.

Soltando os Lados Passe uma faca na lateral interna da fôrma para soltar o bolo.

Para desenformar o bolo da fôrma de abrir, coloque um apoio embaixo e desprenda as laterais da fôrma.

Evite que o pão-de-ló murche ao desenformar deixando-o coberto com a fôrma.

Grade do forno: Use-a para esfriar bolos. Coloque-a sobre um apoio para ficar acima da superfície.


DICAS PARA PREPARAR UMA MASSA PERFEITA:



Cozinhe a massa em fogo alto numa panela grande com bastante água (calcule 1 litro de água para cada 100g de massa crua). Esse recurso é necessário pois a massa cresce muito durante o cozimento e precisa de espaço para se expandir (a água não deve ultrapassar 3/4 da altura da panela).

Quando a água estiver quase fervendo, acrescente o sal: calcule 2 colheres (chá)(cerca de 10g) de sal para cada litro de água. A massa vai absorver o sabor do sal durante o cozimento.

Assim que a água ferver, junte a massa de uma só vez e mexa imediatamente para para cozinhar por igual e não ficar grudada. Não cozinhe massa de formatos variados ao mesmo tempo, pois tem tempos de cozimentos diferentes.

Deixe a água voltar ao ponto de fervura e cozinhe a massa, mexendo de vez em quando, até ficar al dente, isto é , macia mas levemente resistente ao ser mordida, nem dura nem mole demais (você deverá sentir o formato da massa os mastigar). Não deixe a massa passar do ponto, pois continua a cozinhar mesmo depois de escorrida.

Em seguida, coloque a massa numa prato de servir previamente aquecido, de preferência largo e de borda alta (se você estiver preparando uma salada ou prato frio, esse procedimento não é necessário).

Junte o molho quente imediatamente, e misture bem para envolver toda a massa no molho. Para facilitar, você pode colocar a massa e o molho aos poucos, alternadamente, no parto de servir, e misturar no final. Se a receita pedir, acompanhe com queijo parmesão ralado na hora, à parte. Sirva em seguida.

Antes de preparar a receita, calcule cerca de 150g de massa crua por pessoa.


DEIXE SEUS PRATOS MAIS ATRAENTES COM ALGUNS TOQUES:



Sabor exótico
Experimente fazer uma milanesa diferente passando filés de peixe no ovo batido e em seguida em coco ralado fresco. Frite-os em óleo quente e sirva em seguida.

Macarrão picante
Misturar um pouco de pimenta-do-reino em pó no queijo ralado para dar um toque especial a macarronada.


Toque de chef
Aquele frango ensopado - simples, do dia-a-dia - fica muito gostoso se você acrescentar meio copo de cerveja durante o cozimento.


Truque saboroso
Para empanar carnes ou frango, junte queijo ralado no ralo grosso com a farinha de rosca. Fica bem mais crocante.


Batata aromática
Polvilhe noz-moscada nas batatas cozidas pouco antes de servir. Com o calor, o sabor e o aroma desse ingrediente são valorizados.


Variando o dia-a-dia
Coloque fatias de manga na abertura do pescoço do frango e asse normalmente. A fruta derrete durante o cozimento e você dá um sabor diferente a sua receita.


AÇÚCAR - Dica para não empedrar
1 - Coloque uma ameixa ou algumas bolachas salgadas, ou ainda frutas secas, dentro do recipiente que você guarda o açúcar. Assim ele não empedra.


2 - Como o açúcar mascavo é granulado, tome cuidado na hora de medir: comprima o açúcar dentro da medida que você estiver usando.


Pequenos truques quando o assunto é Aves...
» Aves recheadas devem ser costuradas. Em vez de linha, use fio dental, que é mais resistente e não rasga a pele.

» As aves assadas ficam mais úmidas quando cobertas com fatias de bacon.

» Frango, se descongela em temperatura ambiente. Mas se você tiver pressa, deixe-o sob um fio de água corrente.

» Frangos defumados não devem ser temperados. Basta levar ao forno, cobertos com pedacinhos de manteiga, o tempo suficiente para aquecer.

» Experimente esfregar a pele do frango com maionese antes de levar ao forno para assar. Terá uma pele dourada e pururuca.

» O frango cora facilmente se, antes de fritá-los, você dourar com uma pitada de açúcar na gordura.

» Asse o frango com maçãs dentro. Darão um sabor delicioso e deixam a carne mais úmida.

» Para limpar uma galinha, lave bem os pedaços de carne e coloque-os de molho em água com duas colheres de vinagre.

» O peru fica mais macio e úmido se for descongelado na geladeira, lentamente. O descongelamento rápido faz com que o peru perca muito do seu liquido.

» Enquanto assa, o peru deve ser regado constantemente com óleo ou manteiga.

» O pato é uma ave muito gordurosa. Para retirar esse excesso natural, perfure a ave com um garfo e leve-a ao forno bem quente por uns 20 minutos, até que a gordura do pato escorra. Jogue fora essa gordura prepare o pato conforme a receita escolhida.

Para virar uma ave que está sendo assada, use duas colheres de pau em vez de garfos. Assim se evita furar a pele, o que provocaria uma perda do suco e conseqüentemente ressecamento da carne.

» Descongele uma galinha imergindo-a em água fria com bastante sal. A salmoura remove o sangue, e a carne do peito fica branquinha.

» O frango vai ficar mais saboroso se você usar tenazes para virá-lo, no fogo. Se usar vai furar a carne, perdendo o suco.

» Para obter um peru mais saboroso, injete 250 gr de margarina derretida com uma seringa. Injete no peru cru, na região do peito e nas coxas, em seis ou oito pontos.

» Esquente o peru de ontem numa panela com 1/4 de xícara de leite. Certifique-se de usar fogo baixo, e vire a carne, para aquecer igualmente ambos os lados. Não deixe o leite ferver.

» Para virar uma ave que está sendo assada, use duas colheres de pau em vez de garfos. Assim se evita furar a pele, o que provocaria uma perda do suco e conseqüentemente ressecamento da carne.



A ARTE DE FLAMBAR



Flambar é muito fácil, não é necessário nenhuma habilidade profissional. Para flambar você vai precisar de:

- Um fogareiro
- Uma frigideira de cobre ou alumínio, de cabo comprido
- Uma colher de aço
- Uma bebida de alto teor alcoólico

Para flambar na mesa, a frigideira deve ser trazida com o alimento já pronto e bem quente. A quantidade da bebida, indicada na receita, deverá ser colocada com uma colher e aos poucos na frigideira. Para acender a bebida, mantenha a frigideira levemente inclinada de modo que a chama possa subir.

Quando se flamba na cozinha, deixe a frigideira no fogo, põe-se a bebida, e com a frigideira um pouco inclinada sobre a chama, para que essa suba.

Flambando em fogão eléctrico, mantenha a frigideira com a comida bem quente no fogo e coloque a bebida numa concha, aqueça-a na chama de uma vela, e também mantenha-a inclinada para que a chama suba. Derrame a bebida ardente sobre o prato e sirva a seguir.

Se você for usar palitos de fósforos longos, poderá acender o fogo diretamente na frigideira, basta derramar o líquido e acender, mas, de modo algum use palitos de fósforos curtos, pois você poderá sofrer queimaduras.

Nunca acrescente mais bebida quando a chama estiver ardendo, nem deixe a garrafa aberta perto da chama, pois isso poderá provocar uma explosão.

Ao flambar deixe que a chama se apague lentamente e por si só. Pois a bebida deve queimar por completo, deixando somente o aroma especial que torna mais refinado o sabor do prato a servir.

Bebidas utilizadas para flambar:

Rum, gim, wisky, conhaque, aguardente de frutas. Para pratos doces recomenda-se licores de baixo teor alcoólico, que devem ser aquecidos antes de serem acesos.

Como uma bela surpresa para os convidados, você pode também, flambar o prato na cozinha e levá-lo a mesa em chamas, em um ambiente com pouca luz.