Pesquisar este blog

12.18.2012

CARDAPIO NATALINO 2012



CARDAPIO DE NATAL SUGESTÃO DESTE ANO









Canoinhas de Natal

(6 pessoas)



3 batatas grandes cortadas ao meio

500g de peru cortado

1 cebola picada

2 tomates picados

1 copo de requeijão cremoso (250g)

1 xícara de queijo parmesão ralado



Coloque as batatas para assar. Enquanto isso, faça o recheio. Refogue a carne de peru com azeite de oliva. Acrescente a cebola e o tomate. Deixe cozinhar um pouco.

Quando a carne estiver cozida coloque o requeijão. Misture bem e acrescente o queijo ralado. Retire as batatas do forno quando estiverem cozidas e raspe um pouco do miolo. Adicione este miolo ao molho e misture bem.

Coloque o recheio nas batatas, cubra com mais queijo ralado e leve ao forno para gratinar.






Salada Natalina

Ingredientes

1 quilo de camarões graúdos

1 colher de sobremesa de ervas finas

100 gramas de damascos cortados em 4

100 gramas de nozes em pedaços

1 alho-poró cortado em rodelas

1 colher de sopa de manteiga

100 gramas de creme de leite fresco (nata)

50 gramas de maionese

óleo de olíva para temperar

2 colheres de sopa de aceto balsâmico ou vinagre de vinho para temperar

Modo de fazer

Refogue o alho-poró junto com a manteiga. Tempere os camarões com as ervas e o sal, acrescente-o e refogue por mais 2 minutos. Em uma saladeira grande misture bem todos os ingredientes, verifique os temperos. Sirva gelada acompanhada de alfaces mimosas.






Salada Natalina II

Rende 8 porções

1 kg de frango defumado cortado em cubinhos de 1 cm

1/2 xícara de caldo de galinha

2 colheres (sopa) de maionese

1 colher (chá) de suco de limão

Sal e pimenta-do-reino a gosto

1 maçã verde sem sementes e cortada em pedaços de 1 cm

1/2 xícara de tâmaras cortadas em 4

1/2 xícara de nozes tostadas no forno por uns 8 minutos, virando 2 vezes

Folhas de alface

1 laranja descascada e cortada em cubos

Em uma vasilha, coloque o caldo de galinha, a maionese, o suco de limão e tempere a gosto com o sal e a pimenta. Mexa bem. Adicione o frango, as maçãs, as tâmaras e as nozes. Misture com cuidado. Na hora de servir arrume em uma travessa forrada com as folhas de alface e enfeite com os cubos de laranja. Sirva a salada gelada.






Pavê de Frango Natalício



Ingredientes



1/2 kg de peito de frango

2 tomates

1/2 cebola

Alho

Sal

Cheiro verde



Modo de fazer



Temperar e fritar o frango.

Bater os vegetais no liquidificador, com um pouco de água e passar na peneira.

Acrescentar o frango ao molho e levar ao fogo para cozinhar. Depois desfiar.



Em outra panela, colocar:



2 colheres de manteiga

1 cebola ralada

1 colher de salsa picadinha

1 lata de milho verde e sal



Fazer um refogado e reservar.



Molho branco



3 xícaras de chá de leite

3 colheres de sopa de maisena

1 gema

1 lata de creme de leite

1 colher de sopa de parmesão

Sal

300 g de mussarela



Levar ao fogo os 3 primeiros ingredientes até engrossar e juntar em seguida o creme de leite e o parmesão.



Arrumação no pirex:



1ª camada - creme;

2ª camada - frango cozido no molho de tomate; 3ª camada - refogado de milho verde;

4ª camada - mussarela.



Fazer camadas até terminar. Levar ao forno para gratinar.








Arroz de Natal

Ingredientes:

. 4 xíc.(chá) de arroz pronto

. 1 pimentão vermelho picadinho

. 1 pimentão verde picadinho

. 2 colheres (sopa) de manteiga

. 50 g de passas aferventadas

. 1 colher (sopa) de cebola ralada

Preparo:

. Coloque a manteiga em uma panela aberta, acrescente a cebola e deixe amaciar.

. Passe os pimentões por água fervente rapidamente e junte à cebola.

. Vá acrescentando arroz, misturando bem, e junte as passas.

. Sirva enformado ou da maneira tradicional.






Arroz De Natal II



Ingredientes

1/2 xícara (chá) de uvas passas brancas

1 xícara (chá) de champanha

3 colheres (sopa) de manteiga

1 dente de alho amassado

1 cebola ralada

1 1/2 xícara de arroz lavado e escorrido

1 colher (sobremesa) de sal

1/2 xícara de amêndoas sem pele

1/2 xícara de queijo parmesão ralado

1/2 xícara de queijo tipo suíço ralado

1 colher (sopa) de salsa picada



Modo de preparo

1. Coloque as passas de molho no champanha para hidratar. Reserve.

2. Aqueça 1 1/2 colher (sopa) de manteiga e doure aí o alho e a cebola. Junte o arroz e refogue demoradamente. Acrescente o sal e 2 1/2 xícaras de água fervente. Misture bem. Assim que atingir a fervura, abaixe o fogo, tampe a panela e cozinhe o arroz até que esteja "al dente" (macio, mas resistente à mordida) e a água tenha secado.

3. Enquanto isso, escorra as passas (reserve o champanha) e pique as amêndoas em lascas. Aqueça 1 colher (sopa) de manteiga e doure aí as amêndoas e as passas.

4. Misture o arroz cozido, a manteiga restante, as amêndoas, as passas, os dois tipos de queijo (reserve um pouco da mistura de queijo) e a salsa.

5. Coloque numa travessa refratária untada com manteiga, regue com o champanha, salpique com a mistura de queijo reservada, deixe esfriar e congele.



Rendimento: 6 porções



DICAS

- Congelamento: embale a travessa onde e tá o arroz com filme plástico, etiquete congele.

- Descongelamento: descongele o arroz na geladeira de um dia para o outro. Leve ao forno preaquecido em temperatura média (180°C) por 15 minutos para aquecer. Sirva quente, acompanhando o peru ou o lombo de porco.

Substitua as uvas passas por 1 xícara de salsão cortado em cubinhos.



Arroz Natalino III

3 xícaras de chá de arroz

2 tabletes de caldo de galinha

1/2 xícara de chá de uvas passas

1 copinho de creme de leite

3 ovos

1 colher de sopa cheia de manteiga

2 cenouras cortadas em quadradinhos

queijo parmesão ralado

Numa panela, ferver 1 1/2 litro de água e dissolver nela os tabletes de caldo de galinha. Juntar o arroz, a cenoura e cozinhar em fogo brando.

Quando estiver pronto, acrescentar o creme de leite e as uvas passas e enformar.

Bater ligeiramente os ovos e derramar por cima. Cobrir com manteiga derretida e queijo ralado.

Levar ao forno para gratinar.

Desenformar e enfeitar.






Farofa de Banana-Passa



• Ingredientes



200 de cebola picada

3 dentes de alho socados

300 g de manteiga

150 g de banana-passa

1 kg de farinha de mandioca

100 ml de óleo de soja

Sal



• Modo de Preparo



Refogar a cebola picada com óleo suficiente até que fique quase preta (cuidado que o limiar entre o dourado escuro e o queimado é bem pequeno).

Depois que atingir a cor, acrescente o alho e a manteiga e aqueça um pouco mais.

Acrescente a farinha e mexa até ficar tostada.

No final, acrescente as bananas cortadas em pedaços.






Farofa de Castanhas-do-Pará e Passas

2 colheres (sopa) de manteiga - 2 colheres (sopa) de óleo - miúdos de ave, picados - 1 cebola média, ralada - pimenta a gosto - 1 colher (sopa) de sal -1/2 xícara de castanhas-do-pará, picadas - 1 xícara de farinha de rosca.

Frite os miúdos da ave na mistura de manteiga e óleo, junte a cebola, a pimenta, o sal, as passas e as castanhas. Mexa algumas vezes até fritar a cebola. Por último misture a farinha.






Frango de Natal

Não sei se todo mundo é como eu: gosto mais daquela farofa úmida, com castanhas, ameixas, passas e miúdos, do que do peru propriamente dito. E foi isso que me inspirou a fazer esse frango de natal

Ingredientes

2 frangos graúdos, inteiros, com os miúdos

1 cebola graúda picada

Cheiro verde

2 folhas de louro

4 xícaras de farinha de mandioca torrada

2 e 1/2 xícara de farinha de milho

100 g de manteiga

150 g de ameixa preta

150 g de passas sem caroço

150 g de amêndoas torradas

1 copo de vinho do Porto ou similar

500 g de castanhas

Maneira de fazer

1 Tire a pele dos frangos e corte-os separando as coxas e o peito com osso. Tempere com sal e pimenta.

2 Cozinhe as moelas para amolecer; tempere os fígados e moelas com 1 colher de sopa de cebola bem picada, sal, pimenta, louro e uma parte do Porto. Refogue em um pouco de manteiga e reserve.

3 Retire os caroços da ameixa preta e coloque macerando junto com as passas no restante do vinho do Porto. Cozinhe as castanhas e descasque ainda quentes.

4 Numa panela grande, refogue o restante da cebola na metade da manteiga e doure os pedaços de frango. Junte cheiro-verde, louro, um pouco d’água e tampe a panela, deixando em fogo brando. O objetivo é cozinhar bem o frango e formar um bom molho. Retire primeiro o peito do frango, depois as coxas. Retire a carne das duas aves, em pedaços, sem desfiar, reservando os peitos inteiros.

5 Numa vasilha grande, coloque a farinha de milho, esfarelando bem com a mão, e a de mandioca; misture bem e tempere com sal. Derreta a manteiga numa panelinha, despeje nas farinhas e também misture bem. Regue com o molho (caldo) do frango, reservando uma parte, e misture bem. Junte os pedaços de frango, os miúdos, o cheiro-verde picado, ameixas, passas, metade das castanhas e as amêndoas. Misture tudo e corrija o tempero.

6 Coloque a mistura numa panela para cozimento no vapor, ou cuscuzeira, e deixe cerca de 15 minutos para aquecer e umedecer mais. Enforme em uma forma grande; desenforme num prato redondo bonito e decore com castanhas inteiras, amêndoas e, em volta, as fatias de peito de frango, regadas com o restante do molho.




Rosbife de Natal

Serve 10 pessoas

Para o rosbife

3 kg de contrafilé

Sal e pimenta-do-reino a gosto

4 colheres (sopa) de manteiga

Para o molho

1 colher (sopa)

de farinha de trigo

2 colheres (sopa) de manteiga

4 colheres (sopa) de vinagre de vinho branco

2 gemas

1 colher (sopa) de curry (caril)

1 colher (sopa) de água fria

1 colher (sopa) de extrato de tomate

1 xícara de creme de leite fresco, de lata ou caixinha, azedado com 1 colher (sopa) de suco de limão

Prepare o rosbife

Retire a gordura do contrafilé. Esfregue toda a superfície com sal e pimenta-do-reino a gosto. Aqueça a manteiga, em fogo alto, em uma panela grande para caber a carne. Frite-a, virando-a algumas vezes, até que doure de todos os lados.

Prepare o molho

Em uma frigideira, misture o curry, a farinha e a manteiga. Cozinhe, mexendo por 2 minutos. Em uma vasilha, bata um pouco as gemas com o vinagre. Retire a frigideira do fogo, junte a água fria e acrescente as gemas. Leve ao fogo lento outra vez e mexa até que engrosse. Retire do fogo. Junte o extrato de tomate e o creme de leite azedo. Verifique o sal. Corte o rosbife em fatias e sirva com o molho por cima.




Paleta de Cordeiro
Ao forno com farofa



2 paletas de cordeiro de 1,5 kg cada

15 g de alecrim

10 g de tomilho

5 dentes de alho picados fino

80 g de sal grosso

750 ml de vinho branco seco

Pimenta-do-reino moída na hora

Caldo de legumes

Glace de caldo de paleta

Salsinha

Alecrim

Farofa



Numa assadeira, coloque as paletas, as ervas, o alho picado, o sal grosso, a pimenta e o vinho branco. Distribua todos os temperos de maneira uniforme. Tampe e leve ao forno quente (200°C) por vinte minutos. Retire, cubra as paletas com água e leve ao forno por mais uma hora ou até que a carne fique macia, virando uma ou duas vezes, para cozinhar por igual.



Quando estiver macia, retire a paleta do caldo de cozimento e coloque-a em outra assadeira. Regue com 200 ml de caldo de legumes e pincele com o glace. Volte ao forno quente e deixe até dourar bem. Coloque cada paleta sobre uma tábua, salpique salsinha picada e finalize com um ramo de alecrim e uma porção de farofa.



Pernil de Javali com Molho de Alecrim com Farofa de Banana-Passa



• Ingredientes



1.3 kg de pernil de javali limpo

70 g de alho

2 talos de aipo

200 de cenoura

250 g de cebola

2 maços de alecrim fresco

350 ml de vinho tinto seco

50 de manteiga sem sal

60 de sal refinado

6 g de pimenta-do-reino branca



• Modo de Preparo



Temperar o pernil inteiro com pimenta, sal, alho, metade do alecrim e vinho.

Deixar na geladeira marinando, virando a cada 6 horas, por 2 dias.

Corte em cubos a cebola, o aipo e a cenoura.

Refogue a cenoura, a cebola e, logo depois, o aipo. Em seguida, ponha o pernil de javali e doure-o em todos os lados.

Adicione a marinada que ficou no fundo do recipiente onde o pernil estava marinando.

Tampe a panela e vire a peça de posição a cada 20 minutos, cerca de 6 vezes, durante 2 horas. Retire o pernil e fatie.

Coe o molho, acrescente o restante das folhas de alecrim picadas, deixe reduzir um pouco e acerte o sal.



Pernil com Molho de Morangos

(6 pessoas)



6 medalhões de pernil de porco

1 cebola picada

1 copo de vinho branco

1 copo de caldo de legumes

1 bandejinha de morangos



Aqueça uma frigideira grande e frite os medalhões de pernil de porco. Retire-os da frigideira, coloque-os em uma travessa e reserve, mantendo-os aquecidos. Na mesma frigideira, derreta a manteiga e frite a cebola, até dourar. Junte o vinho branco e o caldo de legumes e deixe apurar por 5 minutos, em fogo baixo. Acrescente os morangos limpos e lavados (reservando alguns para decorar), tampe a panela e cozinhe por 3 minutos.

Coloque o molho por cima dos medalhões e sirva.




Pernil da Ceia de Natal



1 pernil suíno, 1 copo de caldo de carne (dissolva 1 tablete de caldo de carne em 1 copo de água quente), 1 copo de vinho tinto, 1 copo de suco de laranja, 1/2 copo de café preto (passado, bem forte e sem açúcar ou adoçante), 1/2 copo de molho de soja, 6 cebolas (picadas), 6 tomates (lavados e picados), 3 colheres (de sopa) de farinha de trigo, suco de 1 limão.

1 – Arrume o pernil em uma fôrma grande e tempere-o como suco de limão, sal e pimenta. Depois passe metade do molho de soja em todo o pernil. Deixe-o descansar na geladeira por 30 minutos.

2 – Enquanto isso, leve as cebolas para uma frigideira grande com um pouco de óleo. Mexa bem e espere as cebolas se desmancharem; elas precisam ficar bem douradas.

3 – Leve o pernil para o forno preaquecido por, em média, 2 horas. Durante o cozimento acrescente um pouco de água em cima do pernil para não deixar secar a carne.

4 – Quando a cebola estiver bem dourada, mas não queimada, coloque a farinha de trigo. Misture bem. Aí é a hora de entrar o tomate. Misture. Deixe refogar por 5 minutos.

5 – Agora é a vez dos líquidos. O café, o restante do molho de soja, o caldo, o suco de laranja e o vinho tinto. Misture bem e deixe ferver por, em média, 1 hora. O molho vai ficar escuro. Quanto mais tempo de fogo, melhor. Se precisar, acrescente um pouco de água ou de caldo para deixar o molho mais líquido, conforme o seu gosto.



Dica

Retire o pernil da forma e arrume-o em um prato grande enfeitado com fios de ovos e cerejas. Essa é uma boa receita para o Ano Novo. Na hora da ceia, aqueça o molho e sirva-o junto com o pernil.










Charlotte Russe Especial para o Natal

Ingredientes

• 10 gemas • 4 claras • 1/2 litro de creme de leite fresco • 12 colheres de sopa (cheias) de açúcar • 1 litro de leite • 1 cálice pequeno de Grand Marnier • 1 cálice pequeno de kirsch • 12 folhas de gelatina branca • 1 folha de gelatina vermelha • 100 g de amêndoas torradas sem as películas e raladas (ou castanhas-do-pará raladas) • 1 fava de baunilha • 300 g de geléia de damasco (aproximadamente) • biscoitos champanhe com açúcar fino ou palitos franceses

Maneira de fazer

1ª Etapa: Ferva o leite com a baunilha. Corte as folhas de gelatina em pedacinhos e ponha de molho, por aproximadamente uma hora, em três quartos de xícara de água. Bata as gemas na batedeira até dobrarem de volume e perderem o cheiro característico. Sempre batendo, adicione aos poucos o açúcar. Quando obtiver um creme perfeito (como gemada), junte devagar, porém misturando energicamente, o leite bem quente. Leve ao fogo brando e mexa sem parar com uma colher de pau até desaparecer a espuma e formar um creme levemente espesso. Retire o creme do fogo antes de ferver, a fim de não talhar. Deixe amornar e acrescente, misturando bem, a gelatina, previamente dissolvida em banho-maria. Depois de frio, leve à geladeira

2ª Etapa: Quando o creme começar a gelar, retire da geladeira, adicione os licores, bata energicamente até voltar ao natural e, depois, apenas misturando bem, acrescente o creme de leite bem gelado, a amêndoa e, por último, as claras em neve.

3ª Etapa: Forre o fundo de uma fôrma alta e lisa com uma rodela de papel-alumínio ou celofane. Unte totalmente a fôrma com geléia e coloque os biscoitos ao redor, uns bem rentes aos outros (se preferir no fundo também) e com a parte açucarada voltada para a fôrma. Com muito cuidado, deite o creme da charlotte, leve à geladeira e só desenforme no dia seguinte. Acompanhe com molho zabaione.






Bomba Gelada Natalina

Esta sobremesa também fica deliciosa com sorvete de chocolate em vez de sorvete de creme.

10 a 12 porções

1/3 de xícara de chá/ 60 g de passas brancas

1/3 de xícara de chá/ 60 g de passas escuras

1/3 de xícara de chá/ 60 g de ameixas pretas picadas

3 colheres de sopa/ 30 g de cerejas vermelhas cristalizadas picadas

3 colheres de sopa/ 30 g de cerejas verdes cristalizadas picadas

30 g de cascas cristalizadas de laranja e limão

1/4 de xícara de chá/ 60 ml de brandy

1 litro de sorvete de creme amolecido

1/2 xícara de chá/ 125 ml de creme de leite

1/2 xícara de chá/ 60 g de amêndoas fatiadas tostadas

1/2 de xícara de chá/ 30 g de chocolate meio amargo picado

1 Misture bem as passas, a ameixa, as cerejas, as cascas de limão e de laranja e o brandy em uma tigela. Tampe e deixe descansar por uma noite.

2 Coloque o sorvete e o creme em uma tigela grande, junte a mistura de frutas, as amêndoas e os pedacinhos de chocolate. Mexa bem.

3 Forre um recipiente côncavo que possa ir ao freezercom filme de PVC e coloque o sorvete com as frutas dentro dele. Tampe e congele até a hora de utilizar.

4 Para servir, coloque o recipiente sobre um pouco de água quente e vire a bomba em uma travessa. Sirva imediatamente.






Pudim Inglês de Natal

Tempo de Preparação: 40 minutos

Tempo de Cozedura: 6 horas

Grau de Dificuldade: fácil

Para 8 pessoas

3 ovos

125 g de açúcar mascavado

125 g de farinha

160 g de pão branco esfarelado

250 g de banha de vaca

125 g de corintos

125 g de sultaninas

250 g de passas de uva

25 g de amêndoas trituradas

50 g de frutas cristalizadas, aos cubos

7 g de mistura de especiarias

1 pitada de noz-moscada

1 pitada de sal

50 ml de conhaque

25 ml de Guinness (cerveja preta)

Cascas cristalizadas de laranja e limão

Raspas de 1 limão

Molho de conhaque:

20 ml de conhaque

250 ml de leite

90 g de açúcar

4 gemas

Se o pudim é, de fato, uma venerável instituição britânica, deu também rapidamente entrada na cozinha continental européia, onde manteve a denominação inglesa. Em França, conheceu algumas variantes ortográficas: a Comtesse de Ségur escrevia pouding e pronunciava muito provavelmente pudingue. Foram feitas tentativas infrutíferas para aproximar este termo do Francês boudin (um tipo de enchido branco ou de sangue), sob pretexto de que designava originalmente uma tripa recheada com carne e, por analogia, o pudim cozido dentro dum pano.

Os Ingleses, conscientes da tradição, preparam o pudim de Natal obrigatório - originalmente uma receita da cozinha campestre - com dois ou três meses de antecedência. Para tornar o pudim mais fofo, utiliza-se banha de vaca, uma gordura muito tenra que deve ser cuidadosamente misturada com os outros ingredientes, sem ser esmagada.

O pão utilizado para a massa não deve ser demasiado fresco nem demasiado velho. Não utilizar pão levedado, pois contém muitos ovos e manteiga; utilizar de preferência pão branco ou pão integral.

As grandes quantidades de fruta cristalizada e passas de uva são um elemento importante do pudim, pelo que não se deve poupar no que diz respeito a estes ingredientes. Alguns pasteleiros ainda enriquecem o pudim com ameixas ou cenouras. Contudo, o segredo do pudim consiste na breve cozedura a que deve ser sujeito, pois nem o açúcar nem os frutos secos devem caramelizar. Quanto ao molho de conhaque, este (ou rum, se preferir) só deve ser adicionado no último momento, para não perder o seu aroma.

1. Misturar, na bancada, a farinha, os corintos, as sultaninas, as passas de uva, o pão branco esfarelado, a banha de vaca picada, as frutas cristalizadas, o sal, as raspas de limão, a noz-moscada, a mistura de especiarias e as amêndoas trituradas.

2. Abrir um buraco no meio desta mistura e deitar os ovos batidos, o açúcar, o conhaque e a cerveja Guinness. Misturar bem todos os ingredientes até obter uma massa lisa.

1 Deitara massa de pudim numa forma untada com manteiga. Cobrir com papel vegetal, colocar por cima um pano e dar um nó por baixo do rebordo. Cozer o pudim durante 4 horas numa panela a vapor, retirar e guardar num local fresco. Antes de servir, cozer novamente durante 2 horas na panela a vapor.

4. Para o molho de conhaque, ferver o leite. Bater as gemas com o açúcar até obter uma massa cremosa. Verter um quarto do leite sobre a massa. Deitar tudo novamente para dentro do tacho do leite e levar ao lume até ao molho engrossar e colar à colher. Não deixar levantar fervura. Passar por um passador e acrescentar o conhaque. Conservar o molho quente. Desenformar o pudim ainda quente num prato e acompanhar com o molho de conhaque servido numa molheira.






Sobremesa Cremosa de Pão-de-Ló (trifle)

6 colheres de sopa de farinha de trigo

1/2 colher de chá de fermento em pó

2 claras

açúcar

6 gemas

essência de baunilha

1/2 xícara de geléia de framboesa ou de amora

1/4 de xícara de vinho licoroso

1/2 xícara de castanhas-do-pará picadas fino

2 xícaras do leite

1 xícara de creme de leite, batido em chantilly

cerejas cristalizadas (facultativo)

amêndoas cortadas em lascas, torradas (facultativo)

1 Unte e forre com papel para lanche uma forma. Numa xícara misture a farinha de trigo com o fermento, mexendo. Numa tigela pequena, com a batedeira em velocidade alta, bata as claras em neve até formarem picos moles; adicione 3 colheres de sopa de açúcar aos poucos, batendo. Numa outra tigela pequena, com as mesmas pás da batedeira e em velocidade alta, bata 2 gemas com 1/4 de xícara de açúcar e 1/4 de colher de chá de essência de baunilha, até que fiquem grossas.

2 Ligue o forno (190°C). Junte a mistura de farinha de trigo à mistura de gemas, aos poucos, mexendo delicadamente.

3 Acrescente as claras em neve, sempre mexendo delicadamente, até que estejam bem misturadas. Espalhe a massa numa camada uniforme na forma.

4 Asse por 15 minutos Deixe esfriar por 10 minutos dentro da forma apoiada numa grade, retire da forma e deixe esfriar sobre a grade.

5 Corte o bolo ao meio, horizontalmente, espalhe por cima da parte inferior a geléia e coloque a parte superior de volta.

6 Corte o bolo em bocados e coloque-os numa tigela de vidro ou louça, funda, com capacidade para 1 1/2 litro.

7 Respingue por cima o vinho licoroso e salpique com as castanhas picadas, reservando porém 2 colheres de sopa para enfeitar.

8 Numa panela, coloque o leite, 4 gemas e 3 colheres de sopa de açúcar; leve ao fogo baixo, mexendo até ficar grosso. Retire do fogo e junte 1/2 colher de chá de essência de baunilha.

9 Despeje o creme de baunilha sobre os pedaços de bolo na tigela, cubra bem e leve à geladeira por 2 horas. Salpique as 2 colheres de sopa das castanhas reservadas sobre a superfície do doce.

10 Coloque o creme de leite em chantilly dentro do saco de confeitar, com o bico de pitanga, e decore a superfície. Enfeite se quiser, com as cerejas e as amêndoas em lascas.

Prepare de manhã cedo ou com 1 dia de antecedência

Dá 8 porções


















































12.08.2012

Beijupira, o Rei dos Peixes

BEIJUPIRÁ O REI DOS PEIXES 




Diz a lenda que quem pesca um beijupirá deve hastear uma bandeira branca ou vermelha, como sinal de reverência. Afinal, é uma honra e tanto fisgar o animal conhecido como “rei dos peixes”. O apelido surgiu muitos anos atrás dado pelos pescadores nordestinos ao perceber que o beijupirá não nada em cardume – segue solitário, poucas vezes em dupla e outras infiltrado em outras espécies.
Famoso e cobiçado no nordeste (especialmente no litoral pernambucano), onde é mais visto devido as águas quentes da região, o beijupirá é encontrado em ilhas, próximos a costões, lajes, parcéis, em mar aberto e estruturas isoladas.
Durante o outono e o inverno, porém, ele alcança grandes distâncias. No Brasil, o peixe oceânico percorre desde o Amapá até o Rio Grande do Sul, sem pontos específicos, o que o faz muito difícil de ser encontrado.






Anos atrás, porém, um pescador que buscava cações cação em sua rede boiada, se surpreendeu ao encontrar alguns beijupirás nela malhados. Eram espécimes jovens, pois costumam ficar protegidos ao redor de bóias de marcação e de objetos à deriva.
Pronto, um ponto, ao menos, havia sido identificado, com várias incidências anos depois. A região norte de Ubatuba, no litoral paulista, é rota de passagem do rei dos peixes.
Quem sabe disso, nessa época do ano fica ligado. A pescaria do beijupirá é uma tarefa árdua, complicada. Exige paciência. Não à toa, foram preciso quatro madrugadas seguidas para achar o peixe.

                                                        FOIE GRAS DE BEIJUPIRÁ




Por ocasião do evento Mesa Tendências (promovido pela revista Prazeres da Mesa), apresentaram-se Raphael Despirite (rest. Marcel/SP) e André Saburó (rest. Quina do Futuro/PE) e trouxeram uma grande novidade ao mundo gastronômico.





Saburó relatou que, certa vez, recebendo a visita de Celso Freire (rest. Guega/PR), abriram juntos um beijupirá. Ao abrir sua barriga, encontraram lá um fígado enorme, amarelado, ao qual Celso imediatamente comentou assemelhar-se a um fígado gordo (ou, no francês, foie-gras).

Também conhecido por “rei do mar”, o beijupirá é um peixe de pesca difícil, pois não nada em bando, eventualmente vagueando em dupla ou infiltrado em outros cardumes. A boa notícia é que já existe, em Pernambuco, sua produção em cativeiro. Pois foi de lá que vieram os três exemplares para a aula da dupla de jovens chefs.


O beijupirá é um peixe grande, de pele grossa, cabeça mais achatada do que alongada, e traz no dorso 5 terríveis espinhos. Nunca tinha visto o peixe inteiro, e fiquei com vergonha de perguntar, confessando minha ignorância. A pergunta, porém, tornou-se inevitável à medida que o trabalho de extração do fígado começou. A cavidade abdominal estava quase que completamente tomada por uma peça inteiriça e firme, levemente amarelada, com uma manta branca cobrindo-a parcialmente, e comprimento aproximado de 1/3 do peixe original: voi-lá, era o foie-gras de beijupirá!!!






Uma peça já havia sido antecipadamente enviada para análise na UNICAMP, de onde foram tiradas as seguintes observações: 

[1] o sabor é semelhante ao do fígado de peixe-sapo; 
[2] é caloricamente idêntico ao foie-gras tradicional (448 cal pro pato contra 448,6 cal para o peixe);
[3] possui menos sódio; 
[4] tem maior concentração de ferro; 
[5] rico em Ômega-3.

É claro que o produto está longe do que se pode chamar de alimento saudável, mas em todos os quesitos técnicos bate o foie-gras de pato/ganso, com a vantagem de ser produzido naturalmente pela alimentação normal de um peixe glutão (que come compulsiva e exageradamente).



Fontes: http://johncunhamarcelo.blogspot.com.br e http://chitchatbabel.wordpress.com

11.04.2012

REGIÕES DA FRANÇA E ALGUNS DE SEUS PRATOS

REGIÕES DA FRANÇA E ALGUNS DE SEUS PRATOS

Poderíamos também afirmar que a gastronomia francesa faz parte do património nacional. A gastronomia é, com efeito, uma das maiores referências de França no mundo. Delicias como o foie gras, as quiches, oscrepes ou o camembert são produtos franceses que se expandiram por todo o mundo.

Cada região lhe oferecerá sua especialidade, sua cozinha caseira ou vanguardista, ligeira ou muito tradicional, com azeite de Provença ou com nata de Normandia, o que é certo é que não enganará seu paladar.

Em qualquer região, a França tem muito para oferecer veja em um resumo rápido abaixo:







ALSÁCIA - LORENA

A Alsácia e a Lorena possuem pratos característicos, testemunho de uma tradição de festas e de banquetes.
Estas duas regiões possuem uma gastronomia muito diversificada, os exemplos mais conhecidos são a "Choucroute" (couve, batatas, bacon) e a "Quiche Lorraine" (tarte de queijo, bacon e fiambre).
Relativamente aos pratos doces, abundam as tartas de maçãs, de ameixas e amoras, a "Brioche" alsaciana e o "Kougelhopf" (biscoito alsaciano em forma de coroa).


AQUITÂNIA

De Béarn au País Basco, das Landes a Bordéus, Aquitânia é uma autêntica festa da mesa, orgulhosa das suas tradições e dos produtos da sua terra. O sabor é o rei de uma arte de viver. O "foie gras", o magret de pato, a entrecôte à bordalesa, a "garbure" (sopa espessa de couve), a pularda Enrique IV (a história conta que este monarca queria que todos os franceses comessem este prato todos os domingos), o fiambre de Bayona e ocaviar (ovos de esturjão) de Gironde são produtos característicos de uma das melhores cozinhas de França, sem esquecer os vinhos de Bordéus e de Bergerac, vinhos com Denominação de Origem de grande qualidade. Seus maravilhosos numerosos licores de noz, de ameixa, de framboesas acompanham suas sobremesas.
No Périgord cultivam-se os produtos mais variados. Três deles são símbolos desta região : as nozes, osmorangos e o tabaco.

AUVERGNE

Esta região é conhecida sobretudo por suas abundantes receitas caseiras, sua charcutaria e os seus queijos: Saint Nectaire, Fourme d'Ambert, Bleu d'Auvergne. No entanto, com a colaboração de alguns cozinheiros, suas receitas transformaram-se em pratos mais refinados, demonstrando que pode-se misturar criatividade e tradição.
Entre os mais conhecidos podem-se encontrar "la potée" (porco, cenouras, batatas, couve, cebola), o galo ao vinho e os "tripoux" (novilha, bacon, cebola, vinho).
Não se pode esquecer sua pastelaria : os "millards" (pastel de cerejas), os "pompes" (pasteis de maçãs), a "fouasse" (bolo de leite), os "cornets" de Murat (sobremesa com nata), as tartes de nata, e os doces de frutas.


BRETANHA

Se é amante do mar, a Bretaña é o teu destino. Degustará os melhores ostras e mariscos, assim como acotriade (sopa de pescado) e de sobremesa as famosas crepes embora não deixa de comer também asgalettes, as famosas crepes saladas e o pastel chamado "far".


BORGONHA

A fama da Borgonha vem de longe: os seus vinhos e sua gastronomia datam da época galo-romana. A prova disto são as normas culinárias conservadas no Museu Arqueológico de Dijon.
Entre as famosas receitas borgonhesas destacam os caracóis, a novilha borgonhesa e o assado de novilho.
Também associa-se a Borgonha com a mostarda de Dijon, forte ou aromatizada, para acompanhar vários pratos.


VAL DE LOIRE

A região de Berry oferece produtos típicos: lentilhas verdes, o queijo de cabra "crotin de Chavignol" ou "la mique" (sopa de verduras com porco). A "Tarte Tatin", uma tarte cozida ao invés e caramelizada, que encontra-se em toda a França e que tem o nome de suas criadoras: as irmãs Caroline e Stéphaine, hosteleiras do povo de Lamotte-Beuvron. Preparando uma tarte de maçãs, esta caiu e puseram-na de novo na forma más ao invés.


CHAMPANHA-ARDENAS

Para os amantes da caça, a região de Champagne-Ardenne é famosa pelas suas especialidades. Não se pode esquecer "l'andouillette" de Troyes, especialidade típica da cidade, o fiambre das Ardennes, e os biscoitos de Reims. Não se pode passar por esta região sem degustar a bebida que a fez mundialmente famosa: o Champagne e suas bolhas frescas, elegantes e mágicas. A outra jóia de Champagne-Ardenne é seu diamante cinzenta: a trufa.


CÓRSEGA

O menu tradicional estaria composto de embutidos, pescados e mariscos, e como sobremesa um "brocain" (doce com leite de ovelha ou de cabra). Outros produtos típicos são a farina de castanhas, o mel, ou o Cédrat(um cítrico) ou o licor de mirto (feito com frutos e com flores).


LANGUEDOC-ROUSSILLON

A cozinha do Languedoc está enfeitada com azeite e ervas aromáticas (tomilho, rosmaninho,...) que perfumam seus pratos de caracóis de caça, ou de ave acompanhados de saborosas verduras: beringelas, tomates, curgetes, pimentos.
Os pratos do mar merecem uma menção especial: ostras e mexilhões de Bouzigues, "bourride sétoise" (prato de sapo), "tielles" de polvo (massa de pão, polvo, tomates, cebolas, especiarias), e "brandade" de Nîmes (bacalhão picado com azeite, leite e alho).
Como sobremesa, não se poderá resistir a uma "crème brulée", riquíssimas natas.


MIDI-PYRÉNÉES

Em Toulouse, o prato mais importante é sem dúvida o "Cassoulet" (composto de feijões, perna de cordeiro, de toucinho...)
O ganso e o pato saboreiam-se em "foie gras" ou "confit". Entre as especialidades de Toulouse encontram-se o pato "à l'albigeoise" e os espargos do Tarnais.
Na montanha, as terras de Aveyron e dos Pirenéus oferecem também uma gastronomia de carácter com os "tripoux de Naucelles" (vinho branco, fiambre e alho), a charcutaria de Entraygues ou o "alicuit".
Relativamente aos queijos, a região de Aubrac dá-nos o incomparável "Laguiole" (ao qual costuma-se incorporar ao puré de batatas, alho para fazer o "aligot") e Millau oferece-nos o Roquefort.
O vinho ocupa um papel importante nestas regiões. Com efeito, os vinhos de Cahors e de Bergerac, já famosos na época romana oferecem vinhos com Denominação de Origem de grande qualidade.


NORD PAS-DE-CALAIS - PICARDIA

No Norte sabem apreciar os méritos de uma mesa generosa para oferecer uma grande variedade de pratos ricos e saborosos.
A cozinha flamenca oferece numerosas sopas como a sopa de pescada do "Touquet". Como entradas figura o "Potjevleesch" (terrina de ternera, cerdo, coelho e frango), a "flamiche aux maroilles" (tarte de alho francês) ou "l'andouille" (especie de embutido). Entre os pratos principais encontram-se o coelho com ameixas, o "hochepot" (sopa de novilha, de cordeiro, de toucinho e de verduras), a "ficelle" picarda (crepe de fiambre com molho "bechamel" e cogumelos), pratos típicos compostos de pato, coelho, enguia e lúcio.

NORMANDIA

Esta região possui muitos tesouros gastronómicos: queijos como "le Pont l'Evêque" ou "le Livarot", o caramelo de Isigny, licores como o "Calvados" e a cidra, ou as maçãs com as quais fazem-se o famoso "Trou normand" (licor, maçãs, menta, sal e água) que se bebe durante a comida para facilitar a digestão.


PAYS DE LA LOIRE

Aqui pode-se saborear ostras e mariscos, as famosas "rillettes" (paté caseiro) acompanhadas de um bomvinho da região de Anjou, e por fim a sobremesa: "brioche vendéenne", um pastel típico.


POITOU-CHARENTES

A gastronomia do Poitou-Charentes tem como protagonistas os sabores do mar.
O menu típico poderia ser: uma dúzia de ostras de Marennes-Oléron com pão de centeio untado demanteiga d'Echiré, depois um tortilha de caracóis ("cagouilles"), uma peça de cordeiro e por fim um pouco dequeijo "cabichou".


PROVENÇA-ALPES-COSTA AZUL

Nos mercados da Provença podem-se adquirir todos os produtos da região: azeite, ervas de Provença, figos, morangos de Carpentras, melões de Cavaillon, queijos de cabra, peixes. Saboreiam-se também algumas especialidades deliciosas: a famosa "bouillabaisse" na cidade de Marselha (sopa de pescado), "l'aïoli" (maionese com azeite e alho), a "tapenade" (puré de azeitonas negras misturado com alcaparras, anchovas e atum) ou "a ratatouille" (com verduras), todo acompanhado com um vinho de Côtes de Provence.
As especialidades de Nice são "la pissaladière" (tarte de cebola com molho de anchovas e azeitonas negras), asalada niçoise (tomates, alcachofras, pimentos, ovos duros, azeitonas negras, azeite), "le pistou" (sopa de verduras sazonada com basílico, alho, tomate, azeite).
Não se pode esquecer também os "Calissons", doces da cidade de Aix-en-provence.


RHÔNE-ALPES

O Vale do Rhône é uma região essencial na gastronomia francesa. Das aves de Bresse a sopa de trufas, sem esquecer as fondues, raclettes, o gratin dauphinois (mistura de batatas, ovos e leite), pratos para saborear num chalé de madeira com ambiente de montanha, a riqueza das produções naturais cria uma grande variedade de pratos aos quais ricos vinhedos trazem sua generosa ajuda.
Entre as especialidades de Lyon: o croquete de lucio queimada no forno com manteiga, o salsichão de Lyon, asalsicha quente com amêndoas e pistachos, o polvo com nata, as galetas "pérougiennes" e os "bugnes".
As sobremesas mais famosas são o Nougat de Montelimar (açúcar, mel, ovos, baunilha e amêndoas) e os "Marrons glacés".
Os melhores vinhos desta região são os "Beaujolais" e "Côtes du Rhône".

Entre toda a Gastronomia Francesa alguns pratos tem destaque especial algum deles abaixo para voces conhecerem mais:

COQ AU VIN




Coq au vin antigamente, os bons galos reprodutores eram abatidos para preparar o prato. Como já tinham muitos anos de vida, sua carne necessitava de um longo cozimento para que ficasse macia. Essa variedade de pot-au-feu ganha contornos regionais, ao ser preparada com vinhos específicos de diversas regiões francesas, como Jura, Champanhe ou Gevrey-Chambertin. Obrigatório nos restaurantes da alta cozinha francesa até o final do século 20, o coq au vin era velho conhecido dos camponeses, muito antes que os gastrônomos descobrissem suas virtudes e os chefs os reproduzissem em seus manuais culinários.




BLANQUETE DE VEAU



Blanquette de veau um clássico nos bistrôs e brasseries franceses em todo o mundo. A carne de vitela é lentamente cozida com molho, encorpado ao final com creme de leite batido e gemas de ovo, acompanhada de cogumelos e pequenas cebolas brancas.




ESCARGOTS À BOURGUIGNONNE



Escargots à bourguignonne cada região da França tem um nome especial para o escargot: carnar em Lorraine, cacalau na Provence e cantaleu em Nice. Símbolo do turismo na Borgonha, a espécie dessa região é difícil de reproduzir em cativeiro, o que obriga a coleta nos bosques. O consumo do molusco caiu em desuso durante o século 17, mas voltou à moda com o chef Antonin Carême (1783-1833), que o preparou para o czar Alexandre I. Entre tantas versões, os escargots à bourguignonne são uma entrada clássica, servidos quentes nas conchas e dispostos em recipiente especial - as escargotières - com manteiga, alho e salsinha picada.




POT AU FEU AU FEU O POTE



Pot-au-feu au feu o pote. é bastante consumido cotidianamente em todas as regiões do país, ganhando lugar na literatura internacional, a partir do século 19, como um prato que "fez a França". Pode incluir qualquer tipo de carne (de vaca, de vitela, galinha ou peixe), e foi apelidado de "fundador de impérios" pelo estadista Comte de Mirabeau (1749-1791). Vegetais são componentes obrigatórios, como cenoura, cebola, alho-poró, salsão e nabo.




BOUEUF BOURGUIGNON



Boeuf bourguignon típica da Borgonha, é um dos tantos exemplos de receitas francesas rústicas, que vieram a integrar a cuisine bourgoise, às vezes reelaborada e refinada pela alta cozinha francesa. A carne, de lento cozimento em vinho tinto, é acrescida de bacon, cogumelos e cebolas brancas. Tornou-se especialmente conhecida por meio do grande cozinheiro Auguste Escoffier (1846-1935), que a incluiu no seu livro Ma cuisine, de 1934.




BOUILLABAISSE




Bouillabaisse a expressão quer dizer "a fogo baixo". O mais conhecido ensopado de pescados do Mediterrâneo integra a família do pot-au-feu. Típico de Marselha, sua origem é antiga e incerta. A primeira receita compilada com esse nome apareceu no século 19, e incluía lagostas em seu preparo. A bouillabaisse requer peixes variados, alguns de carne firme, outros menores, para que não se desfaçam no molho. Cebolas, tomates, salsinha e açafrão são obrigatórios.




CROISSANT



Croissant símbolo nacional da França, o pão de nome croissant, em seu formato atual, tem uma história recente. As primeiras referências datam de 1853, em que é definido como "pão em formato de meia-lua". Tradicionalmente servido no café da manhã, espalhou-se pelo mundo e varia imensamente em termos de sabor. O de bom resultado, entretanto, requer bastante manteiga - tanto que pode ser encontrado nas padarias francesas como "croissant au beurre".




MILLE-FEUILLES



mille-feuilles) as mil camadas deste doce tradicional, feito com a mesma massa do croissant, não são um exagero. Uma folha de massa folhada é composta de 729 lâminas comprimidas, e o mil-folhas mais comum leva três delas. O doce geralmente ganha formato retangular, recheio de creme entre suas camadas levíssimas e finalização com açúcar de confeiteiro. Há o de formato oval que, com recheio de creme de amêndoas, é conhecido na França como Napoleon.




ILE FLOTTANTE


flottante île) outra sobremesa leve, servida fria - definida poeticamente como "ilhas" de claras em neve, boiando num mar de creme. Pode ser decorada com lâminas de amêndoas ou delicadas lâminas (zests) de limão.




FOIE GRAS



Foie gras de pato o fígado de ganso, maior do que o tamanho normal devido à superalimentação, pode não agradar aos defensores dos animais, mas é um produto estreitamente associado à alta cozinha francesa. Já era iguaria no Egito, onde os animais eram alimentados com figo, em lugar do milho atual, e parece ter sido difundida pelos judeus por toda a Europa. O de ganso é mais firme e rosado, preferido por chefs como Paul Bocuse.








10.03.2012

ESPECIAL RECEITAS PARA DIABÉTICOS




ESPECIAL RECEITAS PARA DIABÉTICOS

O diabetes não é mais um caso isolado, existe em todo o mundo um grande
índice de portadores desse mal, mas também existem muitos recursos na área médica
que permitem ao paciente conviver amigavelmente com ele. E aquele tabu de que o
diabético não pode comer quase nada também já caiu.
Hoje os profissionais de nutrição, após inúmeras pesquisas, afirmam que o
diabético praticamente pode comer de tudo, desde que tenha um controle de preparo
e quantidade. Assim, as nossas sugestões incluem pratos variados para diferentes
ocasiões.
Aqui, damos sugestões para o diabético controlar suas refeições, sem torná-la,
no entanto, rica em alimentos que aumentam a glicose no sangue. Uma dieta bem
balanceada pode tornar o dia-a-dia muito mais saboroso e sem riscos à saúde.


DICAS PARA AJUDAR A CONTROLAR O DIABETES

Não só o diabético, mas todos que gostariam de manter um hábito alimentar
saudável, devem fazer 6 pequenas refeições ao dia, e a composição da alimentação,
para poder ser equilibrada, deve conter: 40 a 50% de carboidratos (glicídios); 30
a 40% de lipídios; 20% de proteínas.
Não comer sobremesas, mesmo quando dietéticas, após as refeições principais
(almo-ço e jantar). Se forem consumidas nos lanches ao longo do dia em substituição,
e não em adição, ao lanche tradicional, trarão melhores resultados ao controle
glicêmico.
Jamais imaginar que o alimento dietético pode ser consumido à vontade. A maioria
não contém açúcar mas, mesmo assim, não deixa de ser muito calórica.
Alimentos proibidos: carne de porco, creme de leite, queijos amarelos, frituras,
molhos e temperos industrializados, frios e embutidos (salame, salsicha, mortadela,
lingüiça etc.).
Alimentos permitidos sem restrição: água, alho, baunilha, café e chá sem açúcar,
caldo de carne magra (preferivelmente feito em casa), canela, cominho, limão,
louro, orégano, picles, pimenta, sal (se não tiver hipertensão) e vinagre.
As hortaliças podem ser consumidas sem restrições, pois não alteram a glicose no
sangue; portanto é uma solução como petiscos entre as refeições.
A água da fervura dos vegetais é rica em sais minerais; procure utilizá-la em sopas.
O diabético não deve utilizar açúcar, mas os adoçantes naturais e artificiais poderão
ser utilizados como substitutos.
O uso da frutose deve ser evitado pelo diabético, se não houver um controle e
acompanhamento médico. Mas não é considerado prejudicial em pessoas que mantêm controle constante.
Os adoçantes contendo aspartame podem ser consumidos na quantidade
máxima de 80 envelopes/dia.
Alimentos diet são os que apresentam em sua composição redução ou ausência de
açúcares, mas é preciso tomar um certo cuidado pois alguns apresentam frutose em
sua fórmula, que também é considerada açúcar e contém calorias.
O diabético deve sempre consultar um médico e seguir os tratamentos indicados.
O exercício é indicado para as pessoas de um modo geral, inclusive para os
portadores de diabetes. Assim, é conveniente que se torne um hábito, mesmo que
seja em pequena escala. Mas lembre-se: antes de começar um exercício, procure
orientação médica.

SUGESTÕES DE CARDÁPIOS (1.200 CALORIAS DIÁRIAS)


É aconselhável que sejam feitas 6 refeições diárias: café da manhã, lanche, almoço, lanche da tarde,
jantar e lanche da noite.


Sugestão Substituição

Café da manhã

½ copo (requeijão) de leite comum ....................½ porção do grupo 7
½ pão francês ...............................................1 porção do grupo 4
1 fatia de ricota.............................................1 porção do grupo 3
1 colher (chá) de margarina .............................1 porção do grupo 6
Lanche
1 fatia de mamão ..........................................1 porção do grupo 5

Almoço

½ xícara (chá) abobrinha .................................1 porção do grupo 2
½ xícara (chá) de brócolis................................1 porção do grupo 2
2 porções de frango ........................................2 porções do grupo 3
2 colheres (sopa) de arroz ................................1 porção do grupo 4
1 batata média..............................................1 porção do grupo 4
1 fatia de abacaxi ..........................................1 porção do grupo 5

Lanche da tarde

½ copo (requeijão) de leite desnatado .................½ porção do grupo 7
1 maçã .......................................................1 porção do grupo 5

Jantar

1 xícara (chá) de legumes do grupo 2 .................2 porções do grupo 2
2 colheres (sopa) de grão-de-bico ......................1 porção do grupo 4

Lanche da noite

1 fatia de queijo ............................................1 porção do grupo 3
100 g de iogurte desnatado ..............................½ porção do grupo 7


TABELA DE CONTROLE DOS ALIMENTOS


GRUPO 1: Hortaliças que podem ser ingeridas à
vontade:
Acelga
Agrião
Aipo
Alcachofra
Alface
Almeirão
Aspargo
Berinjela
Caruru
Cebolinha
Chicória
Couve-flor
Escarola
Espinafre
Folhas de beterraba
Jiló
Maxixe
Pepino
Pimentão
Rabanete
Repolho
Salsinha
Salsão
Tomate
Hidrato de Carbono: 5 g
Calorias: menos de 20 em 100 g


GRUPO 2: Hortaliças
Abobrinha
Abóbora
Alho-poró
Beterraba
Brócolis
Cenoura
Cebola
Chuchu
Cogumelos
Couve
Ervilha torta
Palmito
Nabo
Quiabo
Vagem
Cada porção equivale a ½ xícara (chá)
Calorias: 35 Proteína: 2 g
Hidrato de carbono: 7 g Gordura: 0


GRUPO 3: Carnes, frios, soja e queijos
Aves em geral .......................... 1 porção pequena
Atum .......................................... ½ colher (sopa)
Camarão fresco .............. 1 pires (chá) (30 a 50 g)
Carne de porco sem gordura ........ 1 fatia pequena
(30 a 50 g)
Carne de vaca sem gordura .......... 1 fatia pequena
Costela sem gordura .................... 1 fatia pequena
Fígado ......................................... 1 fatia pequena
Hambúrguer ................... 1 pequeno de 30 a 50 g
Lagosta .................................... 1 porção pequena
Lingüiça ..............................................1 pequena
Lula ................................................. 1 pires (chá)
Mariscos limpos ............................... 1 pires (chá)
Miolo ..................................................... 1 porção
Miúdos .................................................. 1 porção
Ostra, mexilhão .....................................5 médios
Ovo ..................................................... 1 unidade
Pasta de amendoim ...................... 1 colher (sopa)
Peixe fresco ou em conserva ................... 1 porção
pequena
Hadoque ................................. 1 porção pequena
Presunto ou frios ....................................... 1 fatia
Sardinha fresca .................................... 4 unidades
Sardinha em lata ................................. 2 unidades
Salsicha ................................................... 1 média
Siri ................................................. 1 pires de chá
Soja em grão .................................................25 g
Soja cozida ....................................½ xícara (chá)
Tofu ..............................................................90 g
Vieira .............................................. 1 pires (chá)
Ricota ......................1fatia grande (praticamente
isenta de gordura animal)
Queijo Quark ................... 2 colheres (sopa) rasas
Requeijão ................................... ½ colher (sopa)
Outros queijos ............30 a 50 g (1fatia pequena)
Cada porção equivale a:
Calorias: 82 Proteína: 7 g
Hidrato de carbono: 0 Gordura: 6 g


GRUPO 4: Cereais, biscoitos e pães
Arroz cozido ..............................2 colheres (sopa)
Arroz integral cozido .................2 colheres (sopa)
Aveia crua ..................................2 colheres (sopa)
Aveia cozida ..............................4 colheres (sopa)
Batata ..................................................... 1 média
Biscoito salgado .................................. 2 unidades
Bolacha água e sal, cream craker ......... 2 unidades
Bolacha maisena ou maria .....................1 unidade
Farinhas em geral ......................2 colheres (sopa)
Feijão, ervilha, lentilha ..............4 colheres (sopa)
Fubá ............................................ 1 colher (sopa)
Grão-de-bico .............................2 colheres (sopa)
Feijão branco .............................2 colheres (sopa)
Macarrão cozido ............................ ½ xícara (chá)
Maisena .....................................2 colheres (sopa)
Mandioca .............................. 3 pedaços pequenos
Milho verde ...............................4 colheres (sopa)
Pão francês ou torrado ............................... 1 fatia
Pão de centeio ou torrado ......................... 1 fatia
Pão de fôrma ou torrado ............................ 1 fatia
Pão de hambúrguer ..................................metade
Pão francês ...............................................metade
Pão de glúten ............................................ 1 fatia
Pão sírio ...................................................metade
Cada porção equivale a:
Calorias: 70 Proteína: 2 g
Hidrato de carbono: 15 g Gordura: 0


GRUPO 5: Frutas e sucos
Abacate pequeno ..................................... metade
Abacaxi ........................................ 1 fatia pequena
Ameixa fresca ..................................... 2 pequenas
Ameixa seca ....................................... 2 pequenas
Banana .................................................1 pequena
Caqui .................................................. 1 pequeno
Damasco ................................................2 médios
Figo ........................................................ 1 médio
Framboesa ........................................ 10 unidades
Goiaba .................................................1 pequena
Grapefruit ................................................ metade
Jabuticaba ...................... 1 pires (chá) (30 a 50 g)
Laranja ................................................ 1 unidade
Maracujá ................................................. 1 médio
Melancia .................................................... 1 fatia
Melão ..............................................1 fatia média
Maçã ....................................................1 pequena
Mamão ........................................ 1 fatia pequena
Mamão papaia ......................................... metade
Manga .................................................1 pequena
Morango .............................................10 grandes
Pêra .....................................................1 pequena
Pêssego ................................................... 1 médio
Suco de laranja .........................................200 ml
Tâmara .............................................. 2 unidades
Tangerina .......................................... 2 pequenas
Uva ................................................... 12 unidades
Calorias: 40 Hidrato de carbono: 10 g
Proteínas: 0 Gordura: 0


GRUPO 6: Gorduras
Óleo, banha e azeite ...................... 1 colher (chá)
Manteiga ou margarina .................. 1 colher (chá)
Creme de leite ..............................1 colher (sopa)
Bacon ........................................................ 1 fatia
Azeitona ....................................................... 30 g
Calorias: 45 Gordura: 5 g
Proteínas: 0 Hidrato de Carbono: 0


GRUPO 7: Leite e derivados
Leite tipo B ..............................................250 ml
Leite desnatado ........................................370 ml
Coalhada com soro ...................................250 ml
Iogurte natural ...........................................150 g
Iogurte desnatado .......................................200 g
Leite integral em pó ............................ 3 medidas
Calorias: 150 Proteínas: 8 g
Hidrato de carbono: 12 g Gordura: 8 g


ATENÇÃO
Quando a receita levar adoçante e for ao fogo, utilize
sempre o adoçante indicado para altas temperaturas.

Para facilitar, colocamos aqui uma tabela de equivalência de medidas.












Medidas
¼ de colher .............................................. 1,25 ml
½ colher .................................................. 2,50 ml
1 colher (sopa) ......................................... 5,00 ml
¼ de xícara (chá) ........................................ 60 ml
1/3 de xícara (chá) ........................................ 70 ml
½ xícara (chá) ........................................... 125 ml
2/3 de xícara (chá) ...................................... 150 ml
1 xícara (chá) ............................................ 250 ml
1 xícara (chá) ...........................16 colheres (sopa)
Medidas de xícara (chá)
Açúcar de confeiteiro .................................. 140 g
Açúcar refinado .......................................... 180 g
Amêndoas, nozes, castanha de caju e do-pará140 g
Araruta ....................................................... 150 g
Arroz .......................................................... 210 g
Aveia em flocos ............................................. 80 g
Banha ......................................................... 230 g
Chocolate em barra picado ......................... 160 g
Chocolate em pó ........................................ 120 g
Coco fresco ralado ...................................... 180 g
Coco seco ralado .......................................... 80 g
Creme de leite fresco .................................. 230 g
Farinha de mandioca .................................. 150 g
Farinha de rosca ........................................... 80 g
Farinha de trigo .......................................... 130 g
Fécula de batata ......................................... 150 g
Frutas cristalizadas picadas ......................... 200 g
Fubá ........................................................... 120 g
Gordura ...................................................... 160 g
Maisena ...................................................... 140 g
Manteiga, margarina ou gordura vegetal .... 200 g
Mel ............................................................. 300 g
Óleo ........................................................... 200 g
Polvilho doce ou azedo ............................... 150 g
Parmesão ralado sem apertar ........................ 80 g
Queijo prato ralado .................................... 100 g
Semolina ..................................................... 100 g
Uva passa .................................................... 140 g
Equivalência dos líquidos
1 litro ...........4 copos (250 ml) ou 5 xícaras (chá)
1 xícara (chá) .......................... 20 colheres (sopa)
1 colher (sopa) ................. 2 colheres (sobremesa)
1 colher (chá) ............................ 2 colheres (café)
1 colher (sobremesa) ................... 4 colheres (chá)
Colher (sopa)
Farinha de rosca ...........................................10 g
Creme de leite ...............................14 g ou 12 ml
Água ..............................................12 g ou 10 ml
Farinha de trigo ............................................20 g
Azeite ...........................................................14 g
Manteiga ou margarina .................................20 g
Arroz ............................................................20 g
Açúcar ..........................................................25 g
Açúcar de confeiteiro ....................................10 g
Gordura ........................................................30 g
Tabela de medida – volume seco
1/8 de colher (chá) ......................................0,5 ml
¼ de colher (chá) ..........................................1 ml
½ colher (chá) ..............................................2 ml
3/4 de colher (chá) ........................................4 ml
1 colher (chá) ...............................................5 ml
1 colher (sopa) ............................................15 ml
¼ de xícara (chá) ........................................60 ml
1/3 de xícara (chá) ........................................75 ml
½ xícara (chá) ...........................................125 ml
2/3 de xícara (chá) ......................................150 ml
3/4 de xícara (chá) ......................................175 ml
1 xícara (chá) ............................................250 ml
4 xícaras (chá) ............................................ 1 litro


RECEITAS PARA DIABÉTICOS


FRANGO COZIDO

TEMPO DE PREPARO: 1 E ½ HORA RENDIMENTO: 5 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 508,60 CARBOIDRATOS: 2,50
PROTEÍNAS: 69,30 LIPÍDIOS: 24,60
GRAU DE DIFICULDADE: FÁCIL CUSTO: MÉDIO


1 frango com cerca
de 1,750 g
1 xícara (chá) de
aipo picado
1 xícara (chá) de
cebola picada
¾ de xícara (chá) de
cenoura picada
1 dente de alho
1 folha de louro
½ colher (chá) de
tomilho seco
sal a gosto
12 grãos de pimentado-
reino
3 ramos de salsinha


Coloque o frango numa panela, com o peito virado para
baixo. Junte os demais ingredientes. Ponha água até o
frango ficar quase totalmente coberto. Tampe e leve ao
fogo alto. Quando ferver, diminua para fogo baixo e
deixe cozinhar por 45 minutos. Apague o fogo e deixe-o
na panela até o momento de usar. Coe o caldo e use-o
como consomê ou em qualquer outra receita que leve
caldo.


Frango Assado com
Maçã e Batata

TEMPO DE PREPARO: 2 HORAS RENDIMENTO: 7 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 465,30 CARBOIDRATOS: 22,80
PROTEÍNAS: 45,60 LIPÍDIOS: 21,30
GRAU DE DIFICULDADE: MÉDIO CUSTO: MÉDIO


1 frango de 1,500 g
1 maçã média em
quatro
1 cebola média em
quatro
2 dentes de alho
grandes em quatro
8 batatas médias
com casca
½ xícara (chá) de
margarina light
derretida
1 colher (chá) de
tomilho seco
1 colher (chá) de
páprica
½ colher (chá) de sal


Lave bem o frango, enxugue-o e dobre as asas para trás.
Misture a maçã, a cebola e o alho e recheie a cavidade da
ave. Amarre as coxas e coloque o frango numa assadeira
com o peito para cima. Corte as batatas em rodelas de 1,2
cm sem desgrudá-las e disponha-as ao redor do frango.
Misture os ingredientes restantes e pincele-os sobre o
frango e as batatas. Asse em forno moderado a 190°C, até
que o frango fique cozido e as batatas macias (cerca de
1h45). A cada 30 minutos, pincele o frango e as batatas
com a mistura de margarina.



Frango Grelhado
com Ervas
TEMPO DE PREPARO: 1 E ½ HORA RENDIMENTO: 4 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 468,10 CARBOIDRATOS: 1,50
PROTEÍNAS: 37,90 LIPÍDIOS: 34,50
GRAU DE DIFICULDADE: FÁCIL CUSTO: MÉDIO


4 filés de frango
(cerca de 750 g)
2 colheres (sopa) de
óleo de girassol
¼ de xícara (chá) de
suco de limão
sal e pimenta-doreino
a gosto
1 colher (chá) de
alho picadinho
½ colher (chá) de
coentro seco
1/8 de colher (chá) de
pimenta calabresa
em flocos
1 colher (chá) de
orégano
1 colher (sopa) de
margarina light


Prepare a churrasqueira com fogo médio. Limpe bem os
filés, retirando qualquer gordura. Num pirex retangular,
coloque o óleo, o suco de limão, o sal e a pimenta, o alho,
o coentro, a pimenta calabresa e o orégano; misture bem.
Arrume os filés no pirex, virando-os várias vezes e regandoos
com o tempero. Cubra o pirex com papel-alumínio e
deixe descansar por cerca de 1 hora. Arrume os filés sobre
a grelha e deixe cozinhar por cerca de 3 minutos. Vire-os
e cozinhe por mais 3 minutos. Continue virando os filés
por 10 minutos; transfira-os para uma travessa e pinceleos
com a margarina derretida. Sirva-os acompanhados de
legumes ou milho cozido



Frango com Iogurte
TEMPO DE PREPARO: 1 E ½ HORA RENDIMENTO: 5 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 417,20 CARBOIDRATOS: 11,50
PROTEÍNAS: 53,20 LIPÍDIOS: 17,60
GRAU DE DIFICULDADE: FÁCIL CUSTO: MÉDIO


1 frango cortado nas
juntas
1 cebola média
ralada
2 dentes de alho
amassados
sal e pimenta-doreino
a gosto
1 pimentão verde e 1
vermelho picadinhos
2 iogurtes naturais
desnatados
1 lata de molho de
tomate


Tempere o frango com cebola, alho, sal e pimenta. Coloque
os pedaços, um ao lado do outro, numa fôrma refratária.
Espalhe por cima os pimentões, o iogurte e o molho de
tomate. Cubra com papel-alumínio e leve para assar em
forno preaquecido a 200°C por 20 minutos ou até que
estejam assados. Retire o papel-alumínio e asse por mais
20 minutos.



Frango com Alecrim
TEMPO DE PREPARO: 1 E ½ HORA RENDIMENTO: 6 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 179,04 CARBOIDRATOS: 0,80
PROTEÍNAS: 17,40 LIPÍDIOS: 6,90
GRAU DE DIFICULDADE: FÁCIL CUSTO: MÉDIO


6 sobrecoxas
sal e pimenta-doreino
a gosto
3 colheres (sopa) de
margarina light
2 colheres (chá) de
folhas de alecrim
picadas
2 colheres (sopa) de
cebolinha verde
picada
¼ de xícara (chá) de
vinho branco light
1 xícara (chá) de
caldo de galinha


Salpique as sobrecoxas com sal e pimenta. Coloque 2
colheres de margarina em uma frigideira e leve ao fogo
para derreter. Junte as sobrecoxas, com a pele virada para
baixo, e deixe fritar por cerca de 15 minutos ou até que
dourem. Vire-as e junte o alecrim. Cozinhe por mais 10 a
15 minutos, virando às vezes. Adicione a cebolinha e deixe
cozinhar por mais alguns segundos. Transfira as sobrecoxas
para uma travessa e mantenha-as aquecidas. Enquanto
isso, retire e descarte a gordura que se formou na frigideira.
Junte o vinho e misture bem. Quando o vinho tiver
evaporado quase totalmente, adicione o caldo de galinha e
misture novamente. Deixe cozinhar até que o molho tenha
se reduzido a ¾ de xícara. Acrescente o restante da
margarina e misture até incorporá-la bem. Espalhe o
molho sobre as sobrecoxas e sirva em seguida.


Peru Recheado
com Batata
TEMPO DE PREPARO: 4 HORAS RENDIMENTO: 8 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 512,60 CARBOIDRATOS: 13,00
PROTEÍNAS: 61,50 LIPÍDIOS: 29,40
GRAU DE DIFICULDADE: MÉDIO CUSTO: MÉDIO


1 peru temperado
2 colheres (sopa) de
margarina light

Recheio

3 pimentões (verde,
amarelo e vermelho)
1 cebola
500 g de batata em
cubinhos
200 g de peito de
peru defumado
picadinho


Corte os pimentões em pequenos pedaços. Acrescente a
cebola picadinha, a batata e o peito de peru; misture bem
e utilize.



Lombo com Pimentão
TEMPO DE PREPARO: 1 HORA RENDIMENTO: 4 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 490,80 CARBOIDRATOS: 17,60
PROTEÍNAS: 17,80 LIPÍDIOS: 38,80
GRAU DE DIFICULDADE: MÉDIO CUSTO: MÉDIO


2 pimentões vermelhos
e 2 amarelos
1 kg de cebola
2 dentes grandes de
alho
3 colheres (sopa) de
óleo de canola
1 colher (chá) de
alecrim seco
pimenta-do-reino a
gosto
4 colheres (sopa)
mais 2 colheres
(chá) de vinagre de
maçã
4 bifes de lombo


Corte os pimentões e a cebola em rodelas finas. Desmanche
as rodelas de cebola e amasse o alho. Coloque o óleo de
canola numa frigideira grande e leve-a ao fogo. Quando o
óleo aquecer, junte o pimentão, a cebola, o alho e o alecrim.
Misture bem, abaixe o fogo ao mínimo e deixe cozinhar
por cerca de 15 minutos ou até que o pimentão esteja
tenro; tempere com pimenta. Acrescente as colheres (sopa)
de vinagre, tampe a frigideira e continue cozinhando por
mais 15 minutos. Enquanto isso, aqueça bem uma grelha,
coloque os bifes e deixe por cerca de 7 minutos de cada
lado. Regue cada um com ½ colher (chá) de vinagre e
sirva-as acompanhadas do molho de pimentão com cebola.



Bife de Carneiro com Pinoli
TEMPO DE PREPARO: 1 HORA RENDIMENTO: 2 A 4 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 303,70 CARBOIDRATOS: 15,50
PROTEÍNAS: 35,00 LIPÍDIOS: 11,30
GRAU DE DIFICULDADE: MÉDIO CUSTO: MÉDIO


500 g de carne de
carneiro magra
moída
6 colheres (sopa) de
pinoli
1 colher (chá) de curry
¼ de colher (chá) de
coentro seco
½ colher (chá) de
páprica doce
sal a gosto
1/3 de xícara (chá) de
água gelada
molho chutney


Em uma tigela, junte a carne, o pinoli, o curry, o coentro,
a páprica e o sal. Vá misturando com um garfo enquanto
adiciona água aos poucos até incorporá-la completamente.
Não trabalhe muito a massa. Divida-a em 4 porções iguais.
Bata ligeiramente cada uma delas com a palma da mão
dando-lhe um formato oval. Transfira os bifes para um
prato grande. Cubra e leve ao freezer por 2 horas antes de
grelhá-los. Aqueça a chapa da grelha até ficar bem quente.
Coloque os bifes na chapa e grelhe por 5 minutos de cada
lado. Transfira-os para uma travessa e sirva-os
acompanhados de molho chutney.



Rosbife com Temperos Verdes
TEMPO DE PREPARO: 2 HORAS RENDIMENTO: 8 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 145,70 CARBOIDRATOS: 2,70
PROTEÍNAS: 20,90 LIPÍDIOS: 5,70
GRAU DE DIFICULDADE: MÉDIO CUSTO: MÉDIO


1 kg de filé mignon ou
contrafilé
1 dente de alho
amassado
2 cebolas em rodelas
2 pimentões verdes
em cubinhos
1 colher (sopa) de
salsinha picada
1 colher (sopa) de
manjericão picado
1 colher (sopa) de
hortelã picada
3 colheres (sopa) de
vinho branco light
sal e pimenta-doreino
a gosto
4 colheres (sopa) de
margarina light
3 galhos de brócolis


Lave e enxugue o filé. Coloque-o numa vasilha e tempereo
com o alho, a cebola, os pimentões e os temperos verdes,
o vinho, o sal e a pimenta. Deixe-o marinar por cerca de 1
hora ou mais. Tire o filé do tempero e amarre-o com um
barbante para manter o formato. Derreta a margarina e
junte o filé; quando começar a dourar, vá virando-o para
que asse por igual. Quando estiver corado, acrescente, aos
poucos, a vinha d’alhos. Quando a superfície ficar mais ou
menos dourada (30 minutos), estará no ponto. Retire-o
do fogo, elimine o barbante e corte o rosbife em fatias
finas. Arrume-as numa travessa, regue-as com o molho
formado na panela e decore com os brócolis cozidos em
água e sal ou com cebolinha, pimentão vermelho e alecrim.



Vitela com Alecrim
TEMPO DE PREPARO: 2 HORAS RENDIMENTO: 4 A 6 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 316,90 CARBOIDRATOS: 6,00
PROTEÍNAS: 38,80 LIPÍDIOS: 15,30
GRAU DE DIFICULDADE: FÁCIL CUSTO: MÉDIO


1 vitela com cerca de
1,250 g
sal e pimenta-doreino
a gosto
2 colheres (sopa) de
margarina light
¾ de xícara (chá) de
cenoura em
cubinhos
¾ de xícara (chá)
de cebola picadinha
1 dente de alho
2 raminhos de alecrim
½ xícara (chá) de
vinho branco light
1 xícara (chá) de
tomate picado
2 ramos de salsinha


Salpique a carne com sal e pimenta. Coloque a margarina
numa panela grande o bastante para caber a vitela. Levea
ao fogo para derreter a margarina. Coloque a vitela e vá
virando-a com um garfo até que doure de todos os lados —
cerca de 10 a 15 minutos em fogo médio. Acrescente a
cenoura, a cebola, o alho e o alecrim; mexa. Por último,
junte o vinho, o tomate e a salsinha. Tampe bem e deixe
cozinhar em fogo brando por cerca de 1h15. Vire a carne.
Destampe e cozinhe por mais 15 minutos.



Costeleta com Ervas
TEMPO DE PREPARO: 1 HORA RENDIMENTO: 6 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 383,06 CARBOIDRATOS: 9,80
PROTEÍNAS: 28,90 LIPÍDIOS: 51,00
GRAU DE DIFICULDADE: MÉDIO CUSTO: MÉDIO


4 folhas de louro
12 raminhos de
tomilho fresco
12 costeletas de
porco
sal e pimenta-doreino
a gosto
molho chutney


Esmigalhe as folhas de louro e pique o tomilho. Mistureos
e, com as mãos, esfregue-os por toda a superfície das
costeletas. Arrume-as numa travessa e deixe-as, em
temperatura ambiente, por 1 hora. Disponha as costeletas
sobre a grelha da churrasqueira e asse-as por cerca de 20
minutos, virando-as com freqüência para que dourem por
igual. Arrume-as numa travessa, salpique-as com sal e
pimenta e sirva-as em seguida, ou à temperatura ambiente,
acompanhadas de molho chutney.



Filé no Grill
TEMPO DE PREPARO: 20 MINUTOS RENDIMENTO: 4 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 616,20 CARBOIDRATOS: 5,30
PROTEÍNAS: 33,10 LIPÍDIOS: 51,40
GRAU DE DIFICULDADE: FÁCIL CUSTO: MÉDIO


8 filés mignon (100
g cada)
½ dente de alho
1 pitada de sal
1 colher (café) de
óleo de girassol
50 ml de vinho
branco light
1 pitada de cravo
em pó
1 cebola em rodelas
1 pimentão verde e
1 vermelho picados
4 colheres (sopa) de
suco de limão
1 colher (chá) de
salsinha picada
4 folhas de louro


Lave e enxugue bem os filés. Numa tigela, misture bem o
alho amassado, o sal, o óleo, o vinho, o cravo, a cebola, os
pimentões, o suco de limão e a salsinha. Disponha quatro
filés no grill preaquecido. Cubra-os com a mistura,
espalhando-a bem. Por cima de cada um, coloque os filés
restantes e uma folha de louro. Leve ao fogo por 15
minutos, virando de vez em quando e tendo o cuidado para
que os filés não fiquem ressecados.



Assado de Panela
TEMPO DE PREPARO: 2 HORAS RENDIMENTO: 8 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 575,90 CARBOIDRATOS: 4,40
PROTEÍNAS: 51,60 LIPÍDIOS: 39,10
GRAU DE DIFICULDADE: MÉDIO CUSTO: MÉDIO



1 lagarto
sal e pimenta-doreino
a gosto
3 dentes de alho
amassados
½ xícara (chá) de
azeitona preta
picada
½ xícara (chá) de
maionese light
2 xícaras (chá) de
vinho branco light
¼ de xícara (chá)
de margarina light
2 xícaras (chá) de
água fervente
1 lata de creme de
leite light


Retire o excesso de gordura da carne, tempere-a com sal,
pimenta e alho, esfregando bem na carne. À parte, misture
a azeitona e a maionese. Faça um furo central na carne, no
comprimento, e introduza a mistura. Regue com a metade
do vinho e deixe por 15 minutos. Unte com a margarina
uma panela e leve ao fogo. Quando a margarina estiver
quente, coloque a carne e doure-a de todos os lados.
Adicione a água, tampe a panela e cozinhe por 1h30,
regando a carne algumas vezes com o líquido que se
formar. Se necessário, junte mais água quente. Tire a carne
da panela, corte-a em fatias e reserve. Junte o restante do
vinho ao molho que se formou e cozinhe-o por cerca de 10
minutos para reduzi-lo. Desligue o fogo, junte o creme de
leite e misture bem. Sirva a carne acompanhada do molho.



Carne Assada com
Molho de Ervas
TEMPO DE PREPARO: CERCA DE 2 HORAS RENDIMENTO: 8 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 462,00 CARBOIDRATOS: 3,10
PROTEÍNAS: 50,30 LIPÍDIOS: 27,60
GRAU DE DIFICULDADE: MÉDIO CUSTO: MÉDIO


cerca de 2 kg de
lagarto
2 colheres (chá) de
orégano
2 colheres (chá) de
tomilho
1 colher (chá) de
alecrim
2 talos de salsão
picados
1 colher (sopa) de
salsinha picada
1 colher (sopa) de
cebolinha verde
sal a gosto
2 xícaras (chá) de
água


Retire toda a gordura do lagarto e reserve. Misture o
orégano, o tomilho, o alecrim, o salsão, a salsinha, a cebolinha
e o sal. Esfregue a mistura na carne e deixe-a nesse
tempero por 24 horas. Preaqueça o forno a 180ºC. Numa
assadeira, regue a carne com o molho do tempero, junte a
água, cubra com papel-alumínio e asse por 1h30. Tire-a do
forno e fatie-a. Coe e ponha o molho na molheira. Sirvao
com a carne, acompanhada com panaché de legumes.



Carne ao Forno
TEMPO DE PREPARO: 4 HORAS RENDIMENTO: 18 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 385,00 CARBOIDRATOS: 28,60
PROTEÍNAS: 37,20 LIPÍDIOS: 16,60
GRAU DE DIFICULDADE: MÉDIO CUSTO: MÉDIO


2 colheres (sopa) de
margarina light
2 colheres (sopa) de
óleo de girassol
3 kg de carne em cubos
1 xícara (chá) de
vinho branco light
3 xícaras (chá) de
caldo de carne
1 xícara (chá) de
purê de tomate
1 colher (chá) de sal
½ colher (chá) de
pimenta-do-reino
1,500 g de cenoura
em rodelas de 0,5 cm
750 g de cebola miúda
12 batatas grandes
em rodelas de 0,5 cm


Numa frigideira grande, aqueça metade da margarina e do
óleo em fogo alto. Doure um pouco da carne por vez,
adicionando mais margarina e óleo quando necessário. Vá
transferindo a carne para uma panela grande. Despeje o
vinho na frigideira e mexa para soltar os sedimentos.
Cozinhe por 3 minutos em fogo alto. Adicione o caldo de
carne, o purê, o sal e a pimenta; deixe ferver. Arrume a
cenoura sobre a carne, adicione a cebola e cubra com a
batata. Despeje a mistura de vinho por cima. Tampe e asse
em forno preaquecido por 2 horas. Destampe e deixe por
mais 1h30 a 2 horas, sem mexer.



Hamburgão
TEMPO DE PREPARO: 30 MINUTOS RENDIMENTO: 5 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 206,40 CARBOIDRATOS: 11,60
PROTEÍNAS: 23,50 LIPÍDIOS: 7,30
GRAU DE DIFICULDADE: MÉDIO CUSTO: MÉDIO


500 g de carne
moída
1 cebola grande
ralada
2 dentes de alho
amassados
2 colheres (sopa) de
cheiro-verde picado
sal e pimenta-doreino
a gosto

Molho de tomate

500 g de tomate
maduro
2 cebolas médias
5 dentes de alho
2 folhas de louro
sal e pimenta-doreino
a gosto
1 colher (sopa) de
manjericão picado


Tempere a carne com a cebola, o alho, o cheiro-verde, o sal
e a pimenta. Divida a carne em 5 partes e de cada uma
forme um hambúrguer grande. Coloque-os um ao lado do
outro em um pirex untado com margarina, cubra com
papel-alumínio e leve ao forno preaquecido a 180ºC para
assar por 10 minutos, ou até que estejam no ponto. Retire
o papel-alumínio e deixe no forno por mais 5 a 10 minutos
para dourar. Cubra com o molho de tomate, polvilhe com
o orégano e leve ao forno por mais 5 minutos.

Corte o tomate em pequenos pedaços e coloque-o em uma
panela. Junte a cebola, o alho e o louro, misture bem e
cozinhe em fogo brando por 20 minutos; se necessário vá
adicionando água aos poucos durante o cozimento. Quando
o tomate estiver cozido, retire o louro, coloque a mistura
no liquidificador e bata por alguns minutos. Passe por uma
peneira e leve novamente ao fogo. Tempere com sal e
pimenta e junte o manjericão. Leve ao fogo baixo para
cozinhar por mais 15 a 20 minutos, ou até reduzir e ficar
encorpado.



Badejo com Molho de
Pimentão
TEMPO DE PREPARO: 30 MINUTOS RENDIMENTO: 6 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 107,90 CARBOIDRATOS: 2,00
PROTEÍNAS: 23,40 LIPÍDIOS: 0,70
GRAU DE DIFICULDADE: MÉDIO CUSTO: MÉDIO


½ pimentão em
tirinhas
1 xícara (chá) de
caldo de galinha
1 xícara (chá) de
purê de tomate
30 g de cebolinha
picada
½ folha de louro
1/8 de colher (chá) de
orégano
sal de alho a gosto
páprica a gosto
6 filés de badejo
sal e pimenta-doreino
a gosto


Numa panela, coloque o pimentão e o caldo de galinha;
deixe cozinhar até que o pimentão esteja tenro. Adicione
o purê de tomate, a cebolinha, o louro, o orégano, o sal de
alho e a páprica. Cozinhe por 10 minutos e retire o louro.
Enquanto isso, tempere os filés de peixe com sal e pimenta.
Arrume-os em um pirex e despeje o molho por cima. Leve
ao forno a 190°C e asse por 15 minutos.



Pescadinha Saborosa
TEMPO DE PREPARO: 30 MINUTOS RENDIMENTO: 6 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 220,30 CARBOIDRATOS: 1,50
PROTEÍNAS: 32,20 LIPÍDIOS: 9,50
GRAU DE DIFICULDADE: FÁCIL CUSTO: MÉDIO


6 filés de pescada
sal e pimenta-doreino
a gosto
3 dentes de alho
amassados
suco de 1 limão
1 colher (chá) de
orégano
¾ de xícara (chá) de
maionese light


Tempere os filés com sal e pimenta, alho, limão e orégano;
deixe por 10 minutos. Coloque-os numa panela e leve ao
fogo por 10 minutos, ou até que estejam cozidos. Retire os
filés delicadamente e coloque-os na travessa em que irá
servir. Ao molho da panela, junte a maionese, misture bem
e aqueça, sem que ferva. Retire do fogo, despeje sobre os
filés e sirva com arroz à grega.



Cação com Molho
TEMPO DE PREPARO: 1 E ½ HORA RENDIMENTO: 6 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 564,00 CARBOIDRATOS: 9,10
PROTEÍNAS: 83,30 LIPÍDIOS: 21,60
GRAU DE DIFICULDADE: MÉDIO CUSTO: ALTO


1,500 g de cação em
postas
sal e pimenta-doreino
a gosto
3 colheres (sopa) de
suco de limão
2 colheres (sopa) de
coentro picado
1 kg de camarão
grande
4 colheres (sopa) de
óleo de girassol
2 cebolas grandes
picadas
4 dentes de alho
amassados
6 tomates sem pele e
sem semente em
tiras
2 xícaras (chá) de
água
2 colheres (sopa) de
cebolinha verde
picada


Lave o peixe e tempere com sal, pimenta, 2 colheres de
suco de limão e 1 colher de coentro; reserve. Limpe os
camarões, tire a tripa e deixe a cauda. Tempere-os com sal,
com o restante do suco de limão e do coentro. Deixe nesse
tempero por 20 minutos. Aqueça o óleo e cozinhe por 16
minutos a cebola, o alho e o tomate ou até reduzir o caldo.
Acrescente a água e cozinhe em fogo brando por mais 16
minutos. Junte o peixe, os camarões e cozinhe mais 10
minutos. Acerte os temperos. Deixe no fogo por mais 5
minutos ou até o caldo engrossar. Tire do fogo, polvilhe
com a cebolinha e sirva imediatamente.



Bacalhau Especial
TEMPO DE PREPARO: 1 E ½ HORA RENDIMENTO: 8 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 306,20 CARBOIDRATOS: 6,90
PROTEÍNAS: 19,70 LIPÍDIOS: 22,20
GRAU DE DIFICULDADE: MÉDIO CUSTO: ALTO


1,600 g de bacalhau
4 dentes de alho
amassados
2 cebolas grandes em
rodelas finas
¼ de xícara (chá) de
óleo de girassol
2 pimentões verdes e
2 vermelhos em tiras
4 tomates sem pele e
sem semente picados
1 colher (sopa) de
catchup picante
1 copo (requeijão) de
vinho branco light
sal e pimenta-doreino
a gosto
1 colher (sopa) de
maisena
100 ml de leite
desnatado
50 g de azeitona
preta
50 g de azeitona
verde recheada
2 ovos cozidos em
rodelas
1 colher (sopa) de
salsinha picada


Deixe o bacalhau de molho de véspera, trocando a água
pelo menos 5 vezes. Depois afervente-o, tire a pele e a
espinha e corte-o em pedaços. Reserve. Doure o alho e a
cebola no óleo. Adicione os pimentões e o tomate e
refogue por alguns minutos. Junte o bacalhau, o catchup e
o vinho. Cozinhe até que esteja macio. Acerte o tempero
e, se necessário, acrescente sal e pimenta. Dissolva a
maisena no leite, despeje no bacalhau e mantenha no fogo
até engrossar ligeiramente. Retire do fogo, coloque na
travessa em que irá servir, guarneça com as azeitonas e os
ovos. Salpique com a salsinha e sirva bem quente.



Bacalhau à Provençal
TEMPO DE PREPARO: 1 E ½ HORA RENDIMENTO: 5 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 125,30 CARBOIDRATOS: 10,80
PROTEÍNAS: 3,20 LIPÍDIOS: 7,70
GRAU DE DIFICULDADE: MÉDIO CUSTO: ALTO



600 g de lombo de
bacalhau sem pele e
sem espinha
2 colheres (chá) de óleo
de soja
150 g de cebola picada
2 dentes de alho
picados
550 g de tomate
maduro em cubos
250 g de pimentão
verde em tiras
250 g de pimentão
vermelho em tiras
1 folha de louro
2 colheres (sopa) de
vinho branco light
sal (bem pouco)
10 azeitonas pretas
1 colher (sobremesa)
de salsinha picada


Corte o bacalhau em 5 postas iguais. Coloque-as numa
tigela, cubra com água e deixe de molho por 36 horas,
trocando a água a cada 6 horas. Mantenha-o na geladeira.
Coloque o bacalhau numa assadeira antiaderente e leve-o
ao forno a 180ºC, por 1 hora, até que asse e doure. Enquanto
isso, prepare o molho. Numa panela, coloque o
óleo, a cebola, o alho e deixe dourar. Junte o tomate, os
pimentões, a folha de louro, o vinho e o sal. Misture bem
e cozinhe em fogo médio por 15 minutos, mexendo às
vezes. Junte a azeitona e misture; retire do fogo e polvilhe
com a salsinha. Retire o bacalhau do forno, guarneça
com o molho e sirva em seguida.



Cação com Molho
Cremoso
TEMPO DE PREPARO: 1 E ½ HORA RENDIMENTO: 4 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 263,20 CARBOIDRATOS: 4,30
PROTEÍNAS: 21,00 LIPÍDIOS: 18,00
GRAU DE DIFICULDADE: MÉDIO CUSTO: MÉDIO


4 postas de cação
1 colher (chá) de
suco de limão
sal a gosto
1 colher (sopa) de
óleo de girassol
½ cebola pequena
ralada
2 tomates sem pele e
sem semente batido
1 colher (sopa) de
maisena
1 xícara (chá) de
creme de leite light


Tempere o peixe com sal e suco de limão; reserve. Leve ao
fogo o óleo, junte a cebola e refogue-a por alguns segundos.
Adicione o tomate, tempere com sal e junte 2 xícaras (chá)
de água. Deixe ferver por 10 minutos, adicione as postas
e cozinhe-as em fogo brando por 1 minuto ou até que
fiquem cozidas. Retire-as e coe o molho. Devolva o molho
à panela e junte a maisena dissolvida no creme de leite.
Cozinhe em fogo brando mexendo sempre até obter um
molho cremoso. Despeje-o sobre as postas e sirva-as com
couve-flor e brócolis cozidos em água e sal.



Peixe Recheado com
Farofa
TEMPO DE PREPARO: 1 E ½ HORA RENDIMENTO: 10 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 300,90 CARBOIDRATOS: 20,00
PROTEÍNAS: 13,60 LIPÍDIOS: 18,20
GRAU DE DIFICULDADE: MÉDIO CUSTO: MÉDIO


1 tainha de 3 a 4 kg
sal e pimenta-doreino
a gosto
suco de 1 limão
½ xícara (chá) de
coentro
2 dentes de alho
1 colher (sobremesa)
de cominho
½ xícara (chá) de
óleo
Recheio
200 g de farinha de
rosca integral
1 lata de ervilha
3 ovos cozidos picados
1 cebola grande
ralada
¼ de xícara (chá) de
salsinha picada
2 colheres (sopa) de
cebolinha verde
picada
sal e pimenta-doreino
a gosto


Lave bem o peixe e enxugue-o com papel-toalha. Tempere-
o com sal e pimenta. Bata no liquidificador os demais
ingredientes até formar um purê. Se necessário acrescente
mais suco de limão. Passe o purê por todo o peixe, interna
e externamente. Deixe-o marinar por cerca de 1 hora.
Enquanto isso, coloque numa tigela os ingredientes do
recheio. Misture-os muito bem e tempere com sal e
pimenta. Recheie o peixe com a mistura e costure a
abertura. Coloque o peixe numa assadeira untada com
margarina. Besunte-o com margarina, cubra-o com papelalumínio
e asse em forno preaquecido a 170°C por 35
minutos ou até que esteja macio. Sirva guarnecido com
brócolis cozido e purê de batata.



Salada Primavera
TEMPO DE PREPARO: 20 MINUTOS RENDIMENTO: 4 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 150,10 CARBOIDRATOS: 8,40
PROTEÍNAS: 6,40 LIPÍDIOS: 10,10
GRAU DE DIFICULDADE: FÁCIL CUSTO: BAIXO


1 miolo de alface limpo
½ xícara (chá) de
repolho roxo picado
1 cenoura grande
ralada
1 pimentão verde e 1
amarelo em tirinhas
3 tomates médios
2 rabanetes em
rodelas finas
100 g de queijo fresco
em cubos
Molho
1 colher (sobremesa)
de óleo de canola
1 colher (sobremesa)
de vinagre de maçã
½ colher (sopa) de
manjericão picado


Em uma saladeira arrume as folhas de alface, depois o
repolho, a cenoura, os pimentões, os tomates e por fim o
rabanete. Arrume por cima o queijo. Misture os ingredientes
do molho e regue a salada na hora de servir.



Salada de Iogurte
TEMPO DE PREPARO: 20 MINUTOS RENDIMENTO: 4 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 242,50 CARBOIDRATOS: 15,30
PROTEÍNAS: 3,70 LIPÍDIOS: 18,50
GRAU DE DIFICULDADE: FÁCIL CUSTO: MÉDIO



100 g (cada) de
azeitona verde e
de preta
300 g de cenoura
ralada fina
2 pepinos ralados finos
½ xícara (chá) de
salsinha picada
½ copo de iogurte
desnatado
1 colher (café) de
molho inglês
½ xícara (chá) de
maionese light
sal e pimenta-doreino
a gosto


Tire o caroço das azeitonas e pique-as em pequenos
pedaços. Coloque a cenoura, o pepino e a azeitona numa
saladeira. Junte a salsinha e mexa bem. À parte, misture o
iogurte, o molho inglês e a maionese. Tempere com sal e
pimenta e despeje na saladeira. Misture bem. Prove os
temperos e, se necessário, adicione mais. Leve à geladeira
até a hora de servir.



Salada Colorida
TEMPO DE PREPARO: 35 MINUTOS RENDIMENTO: 6 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 82,50 CARBOIDRATOS: 20,80
PROTEÍNAS: 4,40 LIPÍDIOS: 2,90
GRAU DE DIFICULDADE: FÁCIL CUSTO: MÉDIO


1 maço de brócolis
3 cenouras médias
1 beterraba grande
4 rabanetes
2 maçãs verdes em
cubos
1 colher (sopa) de suco
de limão
1 endívia
Molho
1 colher (sopa) de
cebola ralada
1 colher
(sopa)(cada) de
pimentão verde e
vermelho picadinhos
1 colher (sopa) de óleo
de girassol
1 colher (sopa) de suco
de limão
1 colher (sopa) de
vinagre de maçã


Cozinhe o brócolis em água e sal; reserve. Rale no ralo
grosso a cenoura, a beterraba e o rabanete; coloque-os em
vasilhas separadas e polvilhe sal em cada um. Deixe
descansar por 20 minutos. Regue a maçã com o suco de
limão e reserve. Arrume em uma saladeira grande a
endívia, a cenoura, o brócolis, a beterraba, o rabanete e a
maçã. Em uma tigela pequena coloque os ingredientes do
molho, misture bem e regue a salada.



Salada de Macarrão
TEMPO DE PREPARO: 30 MINUTOS RENDIMENTO: 6 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 403,60 CARBOIDRATOS: 36,70
PROTEÍNAS: 17,40 LIPÍDIOS: 20,80
GRAU DE DIFICULDADE: FÁCIL CUSTO: MÉDIO


2 xícaras (chá) de
macarrão integral
parafuso ou
conchinha
2 xícaras (chá) de
queijo branco
1 xícara (chá) de
palmito picado
1 xícara (chá) de
peito de frango
(cozido em água e
sal) em cubinhos
1 xícara (chá) de
maionese light
sal e pimenta-doreino
a gosto


Leve ao fogo uma panela com 2 litros de água e sal para
ferver. Junte o macarrão e cozinhe-o até ficar al dente;
escorra-o e reserve. Em uma saladeira, coloque o macarrão
já frio, o queijo, o palmito e o frango e misture delicadamente.
Adicione a maionese, torne a misturar e tempere
com sal e pimenta. Sirva como prato único para dias de
verão.



Salada Completa
TEMPO DE PREPARO: 1 HORA RENDIMENTO: 8 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 234,70 CARBOIDRATOS: 25,20
PROTEÍNAS: 4,00 LIPÍDIOS: 13,10
GRAU DE DIFICULDADE: FÁCIL CUSTO: MÉDIO


500 g de batata
cozida em rodelas
200 g de cenoura
cozida em rodelas
200 g de vagem cozida
picada
1 alho-poró picado
1 talo de salsão picado
1 pimentão verde e 1
vermelho picados
½ xícara (chá) de
picles picado
2 maçãs verdes em
cubos
1 xícara (chá) de
tomate-cereja
3 rabanetes em
rodelas
1 colher (sopa) de óleo
de girassol
1 colher (sopa) de suco
de limão
2 colheres (sopa) de
salsinha picada
Molho
1 lata de creme de leite
light sem soro
2 colheres (sopa) de
maionese light
1 colher (chá) de
mostarda
sal e pimenta-doreino
a gosto


Coloque os ingredientes da salada numa saladeira, misture
e leve à geladeira. Prepare o molho batendo o creme de
leite e a maionese numa tigela; junte a mostarda, o sal e a
pimenta. Torne a bater e coloque na geladeira. Antes de
servir, acrescente o molho à salada.



Salada de Frango
TEMPO DE PREPARO: 20 MINUTOS RENDIMENTO: 4 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 353,00 CARBOIDRATOS: 9,40
PROTEÍNAS: 23,20 LIPÍDIOS: 24,80
GRAU DE DIFICULDADE: FÁCIL CUSTO: MÉDIO


400 g de peito de
frango sem pele
2 talos de salsão
2 dentes de alho
sal a gosto
150 g de cenoura
cozida em cubos
150 g de vagem cozida
em pequenos pedaços
1 cebola pequena
cortada fininho
1 colher (sobremesa)
de cheiro-verde picado
1 colher (sopa) de suco
de limão
1 xícara (chá) de
maionese light
pimenta-do-reino
moída na hora



Leve o frango para cozinhar em uma panela com água, sal,
salsão e alho. Quando estiver macio, escorra, espere esfriar
e corte em cubinhos. Em uma saladeira, coloque o frango,
a cenoura, a vagem, a cebola, o cheiro-verde e polvilhe com
a pimenta. Mexa delicadamente, acrescente o suco de
limão, a maionese e torne a mexer. Leve à geladeira até a
hora de servir.



Gelatina Dietética
TEMPO DE PREPARO: 20 MINUTOS RENDIMENTO: 6 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 35,33 CARBOIDRATOS: 1,40
PROTEÍNAS: 3,20 LIPÍDIOS: 13,30
GRAU DE DIFICULDADE: MÉDIO CUSTO: MÉDIO


2 caixas de gelatina
dietética de
morango
1 xícara (chá) de
morango fatiado
1 lata de creme de
leite light


Dissolva a gelatina conforme as instruções da embalagem.
Despeje a metade dela numa fôrma para pudim e leve à
geladeira. Conserve o restante também na geladeira.
Quando a gelatina da fôrma ficar consistente, distribua o
morango em uma camada. Ao restante da gelatina, junte
o creme de leite, bata rapidamente no liquidificador e
despeje sobre os morangos. Leve à geladeira até ficar
firme. Antes de servir, mergulhe a fôrma por alguns
segundos em água quente e desenforme.



Gelado Cítrico
TEMPO DE PREPARO: 1 HORA RENDIMENTO: 4 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 399,60 CARBOIDRATOS: 92,00
PROTEÍNAS: 7,00 LIPÍDIOS: 0,40
GRAU DE DIFICULDADE: FÁCIL CUSTO: MÉDIO


600 ml de champanhe
2 colheres (sopa) de
suco de limão
½ xícara (chá) de
suco de laranja
5 g de adoçante
250 g de sorvete diet
de creme


Misture o champanhe, os sucos e o adoçante e coloque para
congelar em uma travessa rasa. Quando endurecer, despeje
a mistura no liquidificador, juntamente com o sorvete e
bata por alguns minutos. Despeje em uma tigela funda e
leve ao freezer por 5 a 6 horas ou até que endureça.


Bolo de Iogurte
com Laranja
TEMPO DE PREPARO: 1 HORA RENDIMENTO: 8 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 260,60 CARBOIDRATOS: 35,30
PROTEÍNAS: 9,60 LIPÍDIOS: 9,00
GRAU DE DIFICULDADE: MÉDIO CUSTO: MÉDIO


½ xícara (chá) de
margarina light
2 e ½ xícaras (chá)
de adoçante
4 ovos
1 xícara (chá) de
iogurte desnatado
1 e ½ colher (chá) de
raspas de laranja
1 colher (sobremesa)
de essência de
baunilha
3 xícaras (chá) de
farinha de trigo


Coloque na batedeira a margarina (em temperatura
ambiente) e bata até ficar cremosa. Junte o adoçante até
obter um creme esbranquiçado e fofo e depois os ovos,
sem parar de bater. À parte, coloque o iogurte, as raspas
de laranja e a baunilha e misture bem. Na mistura da
batedeira, junte a farinha de trigo alternando com a
mistura de iogurte. Bata bem. Despeje numa fôrma
redonda, com buraco no meio, untada com margarina e
polvilhada com farinha. Leve para assar em forno
preaquecido a 170ºC por 1 hora. Sirva com chantilly sem
açúcar.



Bavaroise de Manga
TEMPO DE PREPARO: 1 HORA RENDIMENTO: 4 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 152,80 CARBOIDRATOS: 8,50
PROTEÍNAS: 7,20 LIPÍDIOS: 10,00
GRAU DE DIFICULDADE: FÁCIL CUSTO: MÉDIO



150 g de polpa de
manga
20 g de gelatina em
pó sem sabor
2 colheres (sopa) de
adoçante
2 gemas batidas
200 g de creme
chantilly sem açúcar
Purê de frutas
200 g de manga ou
de morango, melão,
abacaxi ou goiaba
adoçante a gosto



Bata a manga no processador ou liquidificador. Junte a
gelatina e o adoçante. Leve ao fogo, mexendo sempre, até
aquecer. Retire do fogo, acrescente as gemas e bata por
alguns minutos, até que fique uma mistura homogênea.
Ponha para esfriar em banho-maria com gelo. Junte o
chantilly, misture cuidadosamente e prove. Despeje em
taças individuais untadas e leve ao freezer por 4 horas. Um
pouco antes de servir a bavaroise, bata a manga no liquidificador
e junte o adoçante; misture bem. Sirva a
bavaroise com o purê.



Pudim de Abóbora
com Especiarias
TEMPO DE PREPARO: 45 MINUTOS RENDIMENTO: 8 PORÇÕES
CALORIAS: 60,34 CARBOIDRATOS: 3,64
PROTEÍNAS: 4,58 LIPÍDIOS: 2,87
GRAU DE DIFICULDADE: FÁCIL CUSTO: MÉDIO



2 copos (requeijão)
de leite desnatado
1 e ½ xícara (chá)
de abóbora cozida
2 ovos
1 pitada de nozmoscada
ralada
1 colher (chá) de
raspas de laranja
30 gotas de adoçante
canela em pó



Coloque os ingredientes, menos a canela, no liquidificador
e bata bem. Despeje em uma fôrma para pudim untada e
leve ao forno moderado, preaquecido, por cerca de 1 hora,
até assar. Sirva-o quente ou frio, polvilhado com canela.



Creme de Laranja
TEMPO DE PREPARO: 25 MINUTOS RENDIMENTO: 4 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 54,35 CARBOIDRATOS: 7,80
PROTEÍNAS: 0,54 LIPÍDIOS: 4,53
GRAU DE DIFICULDADE: FÁCIL CUSTO: MÉDIO



2 copos (requeijão)
de suco de laranja
2 colheres (sopa) de
maisena
canela em pau e
cravos-da-índia a
gosto
20 gotas de adoçante


Dissolva a maisena em um pouco do suco de laranja. Junte
o restante do suco, a canela e o cravo e leve ao fogo baixo,
mexendo sempre até formar um mingau liso e grosso.
Junte o adoçante, mexa bem e despeje em taças individuais.
Espere esfriar e leve à geladeira.


Variação:
Depois de o creme cozido, junte um copinho de iogurte desnatado, misture
e despeje em tacinhas.



Rocambole de Cenoura
e Maçã
TEMPO DE PREPARO: 1 HORA E 10 MINUTOS RENDIMENTO: 16 FATIAS
CALORIAS POR PORÇÃO: 126,02 CARBOIDRATOS: 10,62
PROTEÍNAS: 1,79 LIPÍDIOS: 0,24
GRAU DE DIFICULDADE: MÉDIO CUSTO: MÉDIO



1 receita de Bolo de
cenoura e canela
Recheio
2 maçãs médias com
casca raladas
1 e ½ copo (requeijão)
de água
suco de 1 limão
1 colher (café) de
cravo-da-índia
2 envelopes de
aspartame


Asse o bolo de cenoura em assadeira retangular média,
untada e enfarinhada.

Leve ao fogo a maçã com a água, o suco de limão, os cravos
e cozinhe até obter uma compota macia e ligeiramente
apurada. Retire a compota do fogo, adicione o aspartame
e misture bem. Desenforme o bolo morno sobre um
guardanapo úmido, espalhe a compota de maçã de maneira
uniforme sobre o bolo e enrole formando um rocambole.
Deixe esfriar e corte em fatias.



Pudim de Baunilha
TEMPO DE PREPARO: 1 HORA RENDIMENTO: 6 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 98,23 CARBOIDRATOS: 2,80
PROTEÍNAS: 7,70 LIPÍDIOS: 11,20
GRAU DE DIFICULDADE: FÁCIL CUSTO: MÉDIO


2 xícaras (chá) de
leite desnatado
1 colher (sopa) de
adoçante líquido
1 colher (chá) de
essência de baunilha
6 gemas


Aqueça o leite, junte o adoçante e a essência de baunilha.
Misture bem e reserve. Bata as gemas até ficarem
espumantes e esbranquiçadas, junte a mistura reservada e
bata por mais alguns segundos. Unte com óleo forminhas
individuais refratárias, despeje o creme, dividindo-o entre
elas. Asse em banho-maria, com o forno a 180ºC por 40
minutos.



Pudim de Chocolate
TEMPO DE PREPARO: 30 MINUTOS RENDIMENTO: 4 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 179,18 CARBOIDRATOS: 9,05
PROTEÍNAS: 4,55 LIPÍDIOS: 10,07
GRAU DE DIFICULDADE: FÁCIL CUSTO: MÉDIO


3 colheres (sopa) de
maisena
3 colheres (sopa) de
chocolate em pó sem
açúcar
2 copos (requeijão)
de leite desnatado
1 colher (chá) de
baunilha
20 gotas de adoçante



Dissolva a maisena e o chocolate em um pouco de leite.
Junte o leite restante e leve ao fogo, mexendo sempre, até
obter um creme grosso e liso. Junte a baunilha e o
adoçante, mexa bem e despeje em taças individuais. Espere
esfriar e leve à geladeira. Na hora de servir, enfeite-o com
raspas de chocolate sem açúcar e casca de laranja fatiada.



Taças de Limão
TEMPO DE PREPARO: 30 MINUTOS RENDIMENTO: 10 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 24,80 CARBOIDRATOS: 3,60
PROTEÍNAS: 2,60 LIPÍDIOS: 7,60
GRAU DE DIFICULDADE: FÁCIL CUSTO: MÉDIO


1 gelatina dietética
de limão
6 g de gelatina em
pó sem sabor
½ xícara (chá) de
água fervendo
½ xícara (chá) de
suco de limão
3 ovos
10 colheres (chá) de
adoçante em pó
1 lata de creme de
leite light


Dissolva as gelatinas na água fervendo e espere esfriar;
junte o suco de limão, o adoçante e as gemas. Bata no
liquidificador por alguns minutos. Junte o creme de leite e
bata até incorporá-lo. Retire do liquidificador, junte as
claras batidas em ponto de neve firme e mexa
delicadamente. Despeje em taças e leve à geladeira para
endurecer.



Pavê de Morango
TEMPO DE PREPARO: 1 HORA RENDIMENTO: 12 PORÇÕES
CALORIAS POR PORÇÃO: 138,00 PROTEÍNAS: 4,5
CARBOIDRATOS: 15,4 LIPÍDIOS: 6,4
GRAU DE DIFICULDADE: MÉDIO CUSTO: MÉDIO



3 ovos
4 colheres (sopa) de
adoçante
6 colheres (sopa) de
farinha de trigo
1 colher (sopa) de
fermento em pó
Calda
1 xícara (chá) de
água
3 colheres (sopa) de
adoçante
1 canela em pau
50 g de coco ralado
Creme
1 lata de creme de
leite light
500 g de morango
limpo ao meio
2 colheres (sopa) de
adoçante
1 copo (requeijão)
(cada) de leite
desnatado e de água
2 colheres (sopa)
rasas de maisena


Bata as claras em neve; junte as gemas e o adoçante. Junte
a farinha peneirada com o fermento e mexa delicadamente.
Unte uma assadeira média e despeje a massa. Leve para
assar em forno preaquecido a 180ºC por 10 minutos.
Desenforme e corte-o em quadrados. Misture os
ingredientes da calda, passe cada pedaço do bolo na calda
e no coco ralado; reserve. Bata no liquidificador o creme de
leite com a metade do morango e o adoçante; reserve. Em
uma panela, coloque o leite, a água e a maisena, misture
bem e leve ao fogo, mexendo até engrossar. Espere esfriar
e junte ao creme reservado; misture bem. Em uma
compoteira, coloque uma camada de creme, uma de bolo
e uma de morango, até acabar os ingredientes; a última
deverá ser de morango. Leve à geladeira por 2 horas.

A DIFERENÇA ENTRE DIET E LIGHT



Diet ou dietético é o termo usado para alimentos que tiveram algum nutriente eliminado
e é dirigido para um determinado problema de saúde. Assim, dietético pode ser o
alimento que não contém açúcar e é indicado para pessoas como os diabéticos, ou o
alimento sem sódio, indicado para os hipertensos.
Light é o termo usado para alimentos com restrição de gorduras e calorias. No caso
de produtos industrializados, no rótulo já vem especificado qual é a porcentagem
usada.


O material deste conteúdo foi retirado do livro 


RECEITAS PARA
DIABÉTICOS
S A B O R & S A Ú D E
Margarida Valenzi
Receitas aprovadas pela ANAD

Com o intuíto de divulgar e ajudar a todos aqueles que são diabéticos a comer com saude e com muito sabor.