Pesquisar este blog

1.13.2012

Desvendando a Pizza de Pepperoni

Desvendando a Pizza de Pepperoni





Abrimos hoje no blog um especial onde vamos desvendar as receitas pelo mundo, mostrando como surgiu os principais ingredientes das receitas. Hoje vamos começar contando a historia e como ela é feita e como seus ingredientes são fabricados. Vamos falar hoje da Pizza de Pepperoni uma das mais vendidas em todo os Estados Unidos....

Para chegarmos ao seu finalmente vamos contar primeiramente a historia da Pizza siga abaixo:




Faz muito tempo que o homem saboreia a pizza. Como todo prato antigo, é difícil especificar sua origem, ainda mais se pensarmos que ela não é nada mais do que uma evolução do pão.

Desde que foi descoberta a fermentação da massa de trigo e o forno, graças ao talento dos egípcios, há mais ou menos seis mil anos, começou-se a enriquecer os pães de forma achatada com diversos ingredientes, como azeitonas, ervas aromáticas e outros.

Segundo anotações do poeta Virgílio, os gregos e romanos faziam pães semelhantes. Ele mesmo registrou a receita do moretum, uma massa não fermentada, assada, recheada com vinagre a azeite, coberta com fatias de alho e cebola crua. Se essa mesma massa fosse fermentada, Virgílio teria então a fórmula básica de uma pizza simples.

Em Nápoles, na Idade Média, acreditava-se em duas coisas: no fim do mundo, que seria no ano 1000 DC, e nos valores nutritivos do lagano, massa de espessura muito fina, assada e cortada em tiras, que ao final era cozida com verduras.

Embora tratasse do antecessor do talharim, parece que as variações sobre o lagano originaram o conceito de picea, e não muito tempo depois apareceria, pela primeira vez, na romântica Nápoles, a palavra pizza. Na verdade, no Sul da Itália até hoje a idéia de pizza abrange também as massas fritas e recheadas.

A verdadeira personalidade da pizza, porém, só surgiu depois que a Europa co-nheceu o tomate, levado para lá pelos Americanos, descobrindo suas ricas aplicações na culinária. Finalmente, no século XVII, Nápoles começa a produzir sua pizza, atiçando a imaginação e a criatividade dos padeiros que enriqueciam o prato usando azeite, alho, muzzarela, anchova e os pequenos peixes cicinielli. Alguns "artistas" da culinária começavam até mesmo a dobrar suas massas recheadas, inventando assim e célebre calzone.

Em 1830 foi aberta a primeira pizzaria Napolitana, chamada Port Alba, que em pouco tempo se transformou no ponto de encontro de pintores, poetas e escritores famosos da época. Um deles foi Alexandre Dumas que chegou mencionar em suas obras as variações de pizzas mais populares da segunda metade do século XIX.

O autor de Os Três Mosqueteiros, chegou mesmo a anotar a receita de uma pizza feita com banha, toucinho derretido, queijo, cicinelli e tomate.

Outro caso curioso acorreu em 1889, quando o Rei Umberto I e a Rainha Margherita passaram o verão em Nápoles no palácio Capodimonte. A rainha já havia ouvido falar muito no prato que se tornara típico daquela cidade.

Os comentários na corte eram todos excitantes, mas ela mesma nunca havia provado uma pizza. Foi, então, chamado ao palácio um conceituado pizzaiolo, Don Raffaelo Esposito.

Ele e sua mulher foram apresentados ao casal real, conduzidos à cozinha e imediatamente passaram a preparar sua especialidade.

Ao final Don Raffaelo ofereceu aos reis vários tipos de pizza, mas a que mais agradou a rainha foi uma que irradiava as três cores nacionais da Itália verde, branco e vermelho, ressaltadas pela muzzarela, pelo tomate e pelo basilicão.

Negociante esperto, Don Raffaelo batizou-a de Pizza Alla Margherita, o que lhe rendeu muitos lucros em seu restaurante e notoriedade histórica na culinária Italiana..Juntamente com a Pizza Napolitana a Pizza Alla Margherita, fez Nápoles conquistar a Itália, e logo, a Itália conquistar o mundo, através do meio mais agradável - o paladar.


O PEPPERONI




O pepperoni constitui uma variedade ítalo-americana apimentada do salame seco, feita de carne de porco e a carne bovina, incluindo algumas vezes toucinho. Os pepperoni são descendente dos salames apimentados italianos, tais como o picante napolitano do salsiccia, um sausage de carne de porco seco picante de Nápoles. Os pepperoni são usados freqüentemente como cobertura da pizza em pizzarias do estilo americano. É a cobertura mais popular das pizzas na América do Norte, presente ao menos em 30% de todas as pizzas.





A palavra "pepperoni" deriva de peperoni, o plural italiano de peperone. No entanto, em italiano peperone designa o pimentão. Enquanto que para designar pepperoni se usa salame ou salamino piccante. A pizza de "peperoni" requisitada na Itália é freqüentemente uma surpresa não bem vinda para turistas. A equivalente à pizza de pepperoni é em Itália designada por "pizza alla diavola".





É também um sabor popular de batata palha em alguns países.

Conforme as normas nacionais brasileiras, entende-se por Pepperoni, o produto cárneo industrializado, elaborado de carnes suínas ou de carnes suínas e bovinas, toucinho, adicionado de ingredientes, com granulometria média entre 3 e 6 mm, embutido em envoltórios naturais ou artificiais, apimentado, curado,fermentado, maturado, dessecado por tempo indicado pelo processo de fabricação, defumado ou não.


A RECEITA DA MASSA 






Massa de Pizza 

4 xícaras (chá) de farinha de trigo

8 a 10 colheres (sopa) de azeite de oliva ou óleo vegetal

1 ovo batido

45 g de fermento biológico

250 ml de cerveja

sal a gosto





Esquente a cerveja (+ ou - a 36ºC). Junte o fermento á cerveja e deixe até que o fermento se dissolva completamente. Reserve. Coloque a farinha em uma tigela grande, junte o sal e misture bem. Abra um buraco no meio da farinha e despeje a mistura da cerveja com o fermento; cubra com a farinha. Deixe descansar por alguns minutos. Depois, adicione o ovo e o azeite. Misture bem, até que forme uma massa bem homogênea. Quando a massa começar a soltar da tigela, tire-a de dentro e passe a amassá-la em cima de uma superfície lisa. A massa deve ficar bem lisa e homogênea. Unte uma tigela grande com óleo ou azeite, coloque a massa e cubra com com um pano úmido para não secar. Coloque a tigela dentro de um saco plástico e feche-o completamente. Deixe descansar dentro do forno frio e desligado, por 4 a 6 horas. Separe uma quantidade suficiente de massa para um disco de pizza e faça uma bolinha. Polvilhe um pouco de farinha de trigo em uma superfície lisa para abrir a massa, comece a abri-Ia usando um rolo de massas; polvilhe com farinha sempre que necessário, durante a abertura da massa. Com a Espátula de Pizza Prochef coloque o disco de massa no forno sobre a Pedra Prochef já muito quente até começar a subir bolhas, retirando imediatamente; não deixe dourar, assim a massa fica selada e impede que a umidade do molho e do recheio penetre fazendo com que a massa fique mole. Cubra a massa com o recheio e molho de sua preferência e leve novamente ao forno até tostar.

Tempo de preparo: 40 min

Rendimento: 8 fatias


A RECEITA DE PIZZA DE PEPPERONI






Ingredientes:

* Massa de pizza 
* 2 colheres de Molho de tomate
* 400 gramas de queijo Muzzarela bovina ou de búfala
* 1 Cebola fatiada
* 1 Pimentão fatiado
* Orégano a gosto
* 6 azeitonas verdes
* 300gr de peperoni 






Modo de Preparo:

Com o bolo de massa à mão, esticar com o rolo até obter o tamanho desejado

Espalhar o molho de tomate sobre a superfície

Distribuir o queijo muzzarella

Distribuir a cebola fatiada

Distribuir o pimentão fatiado

Colocar orégano a gosto

Levar ao forno: a lenha 2 minutos, a gás 12-15m.

Após retirar do fogo, colocar as azeitonas verdes ou fatiadas sobre a superfície.

Nenhum comentário: