Pesquisar este blog

2.01.2012

Trufas de Chocolate

Trufas de Chocolate






Rendimento: 30 trufas



1 xícara de chá de creme de leite fresco

275 g de chocolate amargo cortado em pedacinhos

3 colheres de sopa de manteiga gelada, cortada em pedaços

3 colheres de sopa de conhaque (ou uísque ou licor)

Cacau em pó para polvilhar






Modo de fazer



1. Coloque o creme de leite em uma panela e leve ao fogo médio. Quando ferver, retire do fogo e adicione os pedacinhos de chocolate de uma só vez. Mexa até derreter, depois adicione a manteiga e o conhaque.

2. Passe para uma tigela e deixe esfriar em temperatura ambiente. Depois de frio, cubra a mistura com filme plástico e leve á geladeira por 4 horas, ou de um dia para o outro.



3. Forre uma chapa de forno com papel-manteiga. Usando uma concha pequena de sorvete ou uma colher de sopa, pegue porções da mistura e enrole formando 30 bolas. Antes de pegar cada porção, mergulhe a concha em água fria pata evitar que grude. Vá colocando as bolas na chapa de forno forrada.




4. Peneire uma camada espessa de cacau em pó sobre um prato raso. Passe as trufas sobre o cacau, depois role-as entre as palmas das mãos (passe cacau nas mãos para as trufas não grudarem).

5. Leve as trufas para gelar na chapa de forno, sem cobrir, até ficarem firmes. Guarde na geladeira por até 10 dias ou no freezer por até 2 meses.






Variações:


Se quiser, recubra as trufas com chocolate (neste caso, não passe pelo cacau em pó). Primeiro, congele as trufas por 1 hora. Depois, derreta em banho-maria 400 g de chocolate meio amargo para cobertura picado. Para obter resultados perfeitos, tempere o chocolate. Usando um garfo, mergulhe as trufas no chocolate derretido e bata o garfo na borda da tigela para escorrer o excesso. Se o chocolate começar a engrossar, aqueça novamente para amolecer. Coloque as trufas na chapa de forno forrada com papel-manteiga. Leve para gelar até endurecer.




Outra idéia: depois de passar as trufas no cacau em pó, passe-as também sobre pistache picado bem fino.

Acquacotta - Sopa de água cozida esta receita italiana muito saborosa

Acquacotta
Sopa de água cozida





É uma sopa da região venatória em volta de Grosseto. Esta região é famosa pelo seu Festival do Javali e pelos seus cowboys - vaqueiros a cavalo que se diz terem derrotado Buffalo Bill num rodeo.

1/4 de chávena (0,6 dl) de azeite extravirgem

500 g de cebolas em rodelas

2 aipos finamente picados

2 cenouras finamente picadas





500 g de tomates

12 fatias muito finas de pão duro, de textura grosseira

6 chávenas (1,5 l) de água

3 ovos

Sal e pimenta acabada de moer





Aqueça o azeite numa caçarola grande e salteie as cebolas em lume moderado até ficarem translúcidas. Junte o aipo e as cenouras. Passe os tomates por um passe-vite colocado sobre a caçarola. Deixe a mistura cozer em lume brando durante cerca de 30 minutos.

Entretanto, aloure as fatias de pão no forno a 190°C. Coloque-as no fundo de uma terrina. Junte a água à mistura do tomate e deixe ferver suavemente durante 5 minutos.





Bata os ovos numa tigela, junte-lhes sal e pimenta e deite-os sobre as fatias de pão. Deite por cima a sopa e aguarde 5 minutos até o pão absorver os sabores. Sirva quente, polvilhada com salsa picada, se desejar.

Conheça este bolo especial Plum Cake

Plum-Cake





Ingredientes para forma grande:


Farinha: 250 g


Manteiga: 250 g


Açúcar. 250 g


Fruta cristalizada: 250 g


Possas de corinto: 125 g






Passas sultanas: 125 g


Ovos: 4


Levedura em pó: 2 colherinhas (8 g)


Rum: 1 cálice


Manteiga para untar a forma






Pôr as passas de molho no rum durante uma ou duas horas. Picar finamente a fruta cristalizada. Untar com manteiga a forma e forrá-la com papel cortado à medida, que também se unta e enfarinha. Deitar a manteiga na batedeira eléctrica de bater ovos e bater, primeiro sozinha e depois com o açúcar, até ficar muito espumosa. Juntar um a um os ovos, batendo muito entre cada um. 




Quando todos os ovos estão incorporados, misturar os frutos com cuidado para não irem ao fundo (convém envolvê-los ligeiramente em farinha). Deitar a massa na forma e dar uns pequenos golpes para que se estenda bem. Não se deve encher mais do que 3/4 partes. Cozer em forno previamente aquecido a 180° C durante uma hora. 



Deve subir muito, rebentar à superfície e tostar a abertura feita. Para saber se está cozido, espetar um palito no centro e até ao fundo o qual deve sair limpo. Desenformar quando morno e cortar no dia seguinte. Conserva-se muito bem durante vários dias envolto em papel de prata.